MIT desenvolve mão robótica insuflável (que devolve o tato aos amputados)

Apesar de haver membros biónicos altamente articulados, concebidos para detetar os sinais musculares residuais e imitar roboticamente os seus movimentos pretendidos, a destreza de alta tecnologia tem um custo muito alto.

Recentemente, engenheiros do Massachusetts Institute of Technology (MIT) e da Universidade Jiao Tong, na China, desenvolveram uma neuroprótese macia, leve e de baixo custo.

De acordo com o comunicado do MIT, o novo dispositivo é também surpreendentemente durável, recuperando rapidamente após ter sido atingido com um martelo ou atropelado por um automóvel.

Com apenas meio quilo, os componentes da mão inteligente totalizam um custo de cerca de 500 dólares (aproximadamente, 426 euros) – uma pequena parte do peso e do custo do material associado a membros inteligentes mais rígidos.

A mão insuflável é feita de um elastómero chamado EcoFlex que poderá dotar os amputados de alguma sensibilidade outrora perdida graças ao sistema de feedback tátil.

“Isto ainda não é um produto, mas o desempenho já é semelhante ou superior às neuropróteses existentes, o que nos entusiasma. Há um enorme potencial para tornar esta prótese macia de muito baixo custo acessível a famílias de baixos rendimentos que sofreram de amputação”, reagiu Xuanhe Zhao, professor de engenharia mecânica e de engenharia civil e ambiental no MIT.

Ao contrário de outras, esta neuroprótese não utiliza motores elétricos. Em vez disso, conta com um sistema pneumático que incha e dobra os dedos em forma de balão.

Desta forma, a mão consegue assumir várias posições e pegas, permitindo ao amputado executar ações como acariciar um gato ou pegar num gelado. Para percecionar o que o utilizador pretende gesticular, utiliza um software que descodifica a eletromiografia que o cérebro emite para um dos membros.

Durante os testes, dois voluntários demoraram cerca de 15 minutos a perceber o funcionamento da neuroprótese.

Depois disso, foram convidados a realizar um conjunto de testes para demonstrar a força e destreza manual, com tarefas que incluíam virar páginas, escrever com uma caneta, levantar bolas pesadas e apanhar objetos frágeis, como morangos e pão.

Os voluntários repetiram os mesmos testes utilizando uma mão biónica mais rígida e comercialmente disponível. A equipa descobriu que a nova prótese insuflável era tão boa – ou até melhor -, em comparação com a sua contraparte rígida.

O artigo científico foi publicado na Nature Biomedical Engineering no mês passado.

  Liliana Malainho, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

"Falta de respeito". Patrões abandonam Concertação Social e pedem audiência a Marcelo

As quatro confederações patronais suspenderam, esta sexta-feira, a sua participação nas reuniões da Concertação Social e decidiram solicitar uma audiência ao Presidente da República, perante a "desconsideração do Governo pelos parceiros sociais" na discussão sobre …

Parlamento aprova diplomas para alargar gratuitidade das creches e "direito ao esquecimento"

O Parlamento aprovou, esta sexta-feira, um projeto-lei para o alargamento da gratuitidade das creches e de soluções equiparadas e ainda um diploma que consagra o "direito ao esquecimento". A Assembleia da República aprovou um projeto-lei do …

Costa está muito empenhado num acordo pelo OE, mas não "a qualquer preço"

O primeiro-ministro disse, esta sexta-feira, que o Governo vai fazer tudo ao seu alcance para chegar a um acordo sobre o Orçamento do Estado para 2022 (OE2022), mas advertiu que "um acordo não se obtém …

Evergrande escapa por um triz ao default e garante o pagamento de juros de 71.7 milhões de euros

A gigante imobiliária chinesa conseguiu cumprir com o pagamento dos juros no limiar do fim da extensão do prazo. No entanto, persistem os receios sobre a possibilidade da crise na China contagiar a economia mundial. A …

Pessoas a andar na rua em Viena, Áustria

Em caso de apagão geral, Áustria é o primeiro país europeu a ter um Plano B(lackout)

E se houvesse um apagão que afetasse todo o continente europeu? O cenário é o argumento que o Ministério da Defesa austríaco tem usado para enviar um aviso à população desde o início deste mês. A …

Só um terço das empresas em Portugal têm gestores com um curso superior

O estudo da Fundação Francisco Manuel dos Santos refere que este valor é negativo para o país já que a formação superior dos gestores está associada à produtividade e há maior probabilidade da empresa começar …

Governo avança com desconto de 10 cêntimos por litro nos combustíveis para as famílias

O Governo vai criar um desconto de dez cêntimos por litro nos combustíveis para todas as famílias, até 50 litros por mês. Uma medida que estará em vigor entre novembro deste ano e março do …

Inês Sousa Real, porta-voz do PAN

PAN já enviou memorando de entendimento ao Governo

O partido Pessoas–Animais–Natureza enviou ao Governo, esta sexta-feira, o memorando de entendimento com cerca de 60 propostas, no âmbito do Orçamento do Estado para 2022 (OE2022). "O PAN fez chegar ao Governo um memorando do qual …

Alterações ao Orçamento de 2021 custaram, afinal, muito mais do que o estimado pelo Governo

Apenas duas das 291 medidas adicionadas representaram um impacto anual de 88 milhões de euros, com o Governo a calcular, durante a especialidade, que a totalidade custaria 3,2 milhões de euros. As alterações feitas ao Orçamento …

Entre a pandemia e os preços da energia, Marcelo alerta que chumbo do OE criaria "mais um problema"

O Presidente da República reiterou, esta sexta-feira, que deseja evitar uma crise política criada por um eventual chumbo do Orçamento de Estado, porque "só juntaria um problema" à pandemia e à subida dos preços dos …