Missas do Santuário de Fátima em 2013 com mais 160 mil fiéis do que em 2012

hugo.esteves / Flickr

-

Mais 160 mil fiéis participaram no ano passado nas missas oficiais celebradas no Santuário de Fátima, num total de 3,489 milhões de pessoas, quando em 2012 esse número foi de 3,328 milhões de peregrinos, anunciou hoje a instituição.

Dados disponibilizados no decurso de mais um encontro de hoteleiros e responsáveis de casas religiosas que acolhem peregrinos, no Santuário de Fátima, indicam, por outro lado, que se registou um decréscimo de fiéis noutro tipo de celebrações oficiais, como a procissão das velas ou a recitação do terço.

Nestas celebrações, num total de 1.641 em 2012, estiveram 2,696 milhões de pessoas, enquanto o ano passado o santuário registou 2,357 milhões de fiéis em 1.643 cerimónias, o que representa um decréscimo de cerca de 338 mil peregrinos.

Já as missas oficiais totalizaram 2.539 em 2013, menos dez do que no ano anterior.

Quanto às peregrinações organizadas – as que são comunicadas aos serviços da instituição -, em 2013 houve 4.309 grupos, nacionais e estrangeiros (em 2012 foram 4.254), num total de 567.964 peregrinos (mais 52.064 fiéis que no ano anterior, aumento que se deve aos nacionais).

Os espanhóis continuam a ser os estrangeiros que mais visitam o santuário em peregrinações organizadas, seguidos pelos italianos, polacos e brasileiros, confirmando-se a tendência verificada nos últimos anos no maior santuário mariano do país.

De Espanha, o templo contabilizou em 2013 – ano em que houve peregrinações de 86 países estrangeiros – cerca de 31 mil fiéis, o dobro, por exemplo, de Itália.

A informação hoje disponibilizada revela, também, que o número de pessoas que se confessa no santuário continua a decrescer desde 2009, registando o ano passado o valor mais baixo: 115.112 penitentes.

O reitor do Santuário de Fátima, padre Carlos Cabecinhas, reconheceu existir “uma diminuição dos peregrinos estrangeiros”, destacando os de Espanha e Itália, e referindo que se trata de países que estão a atravessar, como Portugal, dificuldades financeiras.

“Mas tivemos um aumento – que superou essa quebra – de peregrinos portugueses”, realçou.

À Lusa, o reitor considerou que a peregrinação está em “permanente mutação”, sendo que o acolhimento aos peregrinos obriga a instituição a estar sempre atenta “às alterações que se vão produzindo”, de forma a adequá-lo “às reais necessidades”.

A este propósito lembrou: “Durante muitos anos, a afluência de peregrinos a Fátima verificava-se nos dias 12 e 13 de maio a outubro, tendo como grande picos os meses de maio, agosto e outubro”.

“Maio continua a ser a grande peregrinação, mas atualmente o 10 de junho congrega habitualmente mais peregrinos que outubro ou agosto”, notou o sacerdote, admitindo que “durante muitos anos, o Santuário de Fátima vivia um tempo de seis meses de funcionamento pleno, a que se seguiam mais seis meses ‘a meio gás’.

Segundo o sacerdote, “hoje a situação mudou significativamente”.

“A afluência fica muito condicionada pelo facto de os dias 12 e 13 de maio e outubro ocorrerem ao fim de semana ou em dias laborais. Além disso, os domingos tornaram-se dias de grande ou moderada afluência, o que antes não acontecia”, declarou, salientando que esta situação levou o santuário de Fátima a rever o seu programa.

Nesse sentido, Carlos Cabecinhas informou que foi delineado “um programa base que se mantém durante todo o ano, porque durante todo o ano” há peregrinos que procuram o templo, justificou, garantindo: “Qualquer peregrino que venha ao Santuário neste período do ano não fica dececionado por não poder participar nas celebrações ou encontrar os serviços encerrados”.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Protestos em Hong Kong. LeBron acusado de apoiar regime chinês

A super estrela do basquetebol LeBron James juntou-se à polémica entre a NBA e a China, após apelidar de “mal-informado” o treinador dos Houston Rockets, Daryl Morey, que expressou apoio aos manifestantes em Hong Kong …

Acordo para o Brexit está "prestes a ficar fechado"

A chanceler alemã, Angela Merkel, e o Presidente francês, Emmanuel Macron, disseram esta quarta-feira que um acordo para o Brexit está em finalização e poderá ser apresentado quinta-feira para aprovação no Conselho Europeu. "Quero acreditar que …

Em Chernobyl, estão a desaparecer "as memórias que as pessoas deixaram para trás"

Chernobyl é, atualmente, a maior atração internacional da Ucrânia e o novo presidente, Volodymyr Zelenski, já apresentou um projeto para trazer ainda mais turistas. No entanto, estão a desaparecer "as memórias que as pessoas deixaram …

Huawei afirma que a tecnologia 6G vai estar disponível daqui a 10 anos

O CEO da Huawei, Ren Zhengfei, assinalou, durante uma entrevista à CNBC, que a sua empresa está a trabalhar em redes móveis 6G, que estarão completamente desenvolvidas daqui a 10 anos.   "Trabalhámos em 5G e 6G …

Nazismo e comunismo classificados em pé de igualdade pelo Parlamento Europeu

No passado dia 19 de setembro, a União Europeia colocou comunismo e nazismo em pé de igualdade, depois de aprovar no Parlamento Europeu uma resolução condenando ambos os regimes por terem cometido "genocídios e deportações …

Conselho da Europa teme que polícia de Malta tenha “recusado provas” no caso da jornalista assassinada

Daphne Galizia era jornalista, acompanhava casos de corrupção no país e foi assassinada há dois anos. Pieter Omtzigt, relator do Conselho da Europa responsável pelo caso, diz que a abordagem da polícia e dos …

Itália quer mudar sede da final da Liga dos Campeões

A Itália quer que a final da Liga dos Campeões deste ano, marcada para o Estádio Olímpico Atatürk Olympic, mude de sede. Os últimos dias não têm sido fáceis para a UEFA. Depois dos incidentes racistas …

CNN coloca broa portuguesa entre os 50 melhores pães do mundo

A propósito das celebrações do Dia Mundial do Pão, que se celebra esta quarta-feira, a CNN fez uma lista com os 50 melhores pães do mundo e um deles é a broa portuguesa. A broa conhecida …

CP lança nova campanha: Lisboa-Porto por cinco euros e mais descontos até 80%

Há 10.300 bilhetes a custos muito reduzidos, anunciou a CP – Comboios de Portugal esta terça-feira. A nova campanha garante viagens nos comboios de longo curso Alfa Pendular e Intercidades “com 80% de desconto”, abrangendo …

"Níveis recorde". Glaciares suíços perderam 10% do seu volume nos últimos cinco anos

Os glaciares suíços perderam 10% do volume nos últimos cinco anos, a maior redução em cem anos, alertou esta terça-feira a Academia Suíça das Ciências. A Academia baseia-se nas medições feitas pelos peritos do painel intergovernamental …