Mirror condenado a indemnização recorde por escutas ilegais

O grupo editorial britânico Mirror foi esta quinta-feira condenado a pagar mais de um milhão de libras em indemnizações por danos morais a oito figuras públicas, cujos telefones foram colocados sob escuta por jornais daquele grupo.

O antigo jogador de futebol Paul Gascoigne vai receber 188,2 mil libras (262,8 mil euros), enquanto a atriz britânica Sadie Frost terá direito a 260,2 mil libras (cerca de 366 mil euros), segundo uma decisão do Supremo Tribunal de Londres.

No total, o grupo editorial Mirror (MGN), que publica entre outros títulos o Daily Mirror e o Sunday Mirror, irá pagar cerca de 1,2 milhões de libras (1,6 milhões de euros) em indemnizações, um montante “sem precedentes”, segundo qualificaram os advogados das vítimas.

O grupo editorial, que aceitou o princípio de compensar as vítimas, afirmou que vai ponderar um possível recurso para contestar o montante.

A empresa revelou ainda que conta com um montante suplementar, cerca de quatro milhões de libras (5,6 milhões de euros), para cobrir possíveis novas condenações por invasão da vida privada.

Em termos globais, o fundo do grupo MGN ascende a 16 milhões de libras (cerca de 22 milhões de euros).

Um dos advogados das vítimas, James Heath, indicou que está a preparar “a coordenação de um grande número de queixas adicionais contra o grupo MGN”.

Wipsenade / Wikimedia

O caso de hacking do voice-mail de Milly Dowler, de 13 anos, raptada e assassinada em 2002, levou ao encerramento do News of the World

O caso de hacking do voice-mail de Milly Dowler, de 13 anos, raptada e assassinada em 2002, levou ao encerramento do News of the World

Em fevereiro passado, os responsáveis do grupo editorial britânico apresentaram publicamente desculpas por terem intercetado as comunicações telefónicas, nomeadamente as mensagens, de diversas celebridades a partir dos anos 2000.

A imprensa tabloide britânica foi afetada nos últimos anos por alguns escândalos envolvendo escutas ilegais.

Um dos casos mais mediáticos de escutas ilegais na Grã-Bretanha envolveu Milly Dowler, uma rapariga britânica de 13 anos raptada e assassinada em 2002.

O caso, divulgado no verão de 2011, acabou por ditar o encerramento do jornal News of the World, propriedade do magnata dos media Rupert Murdoch.

Enquanto Milly estava desaparecida, o News of the World acedeu ilegalmente ao voice-mail da adolescente.

Murdoch acabaria por indemnizar a família de Milly Dowler com dois milhões de libras (2,8 milhões de euros) após um acordo amigável.

Andy Coulson, ex-chefe de redação do jornal britânico e antigo conselheiro de comunicação do primeiro-ministro David Cameron, foi condenado no ano passado a 18 meses de prisão por este caso. Coulson está atualmente a ser julgado por acusações de perjúrio por um tribunal escocês.

O jornal News of the World também foi acusado de ter intercetado mensagens de membros da família real britânica, de políticos, futebolistas, atores e músicos.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Portugal produz menos lixo do que a média da OCDE (mas é o 3.º que menos recicla)

Portugal produz menos lixo do que a média da OCDE, mas é o 3.º que menos recicla, revelaram dados recentes da organização internacional. Em 2017, cada português produzir quase 500 quilogramas de lixo, valor inferior …

Novas demissões na Agência de Informações Financeiras do Vaticano

Um membro da entidade de regulação financeira do Estado do Vaticano, Marc Odendall, demitiu-se na sequência de buscas realizadas pela polícia e que originaram na suspensão do organismo do sistema de comunicações global. Marc Odendall, banqueiro …

Governo e Liga de clubes discutem redução do IVA para espetáculos desportivos

Secretário de Estado do Desporto afirma querer ouvir as reivindicações do organismo, mas sem se comprometer. O secretário de Estado da Juventude e do Desporto anunciou ontem que vai reunir-se com representantes da Liga Portuguesa de …

Tufão obriga a retirada de cerca de cinco mil pessoas do norte das Filipinas

Cerca de cinco mil pessoas foram retiradas do norte das Filipinas devido à aproximação do tufão Kalamaegi, que deverá tocar terra na província de Cagayan nas próximas horas, disseram esta terça-feira as autoridades locais. "Estamos preparados …

Acabaram-se as trotinetas no Algarve. Duraram 10 meses

A vereadora considera, no entanto, que a experiência foi “positiva”, já que permitiu recolher dados de mobilidade, nomeadamente, da utilização destas soluções em pequenos trajetos, ao mesmo tempo que colocou a questão na agenda pública. Sophie …

EasyJet diz que será a primeira a alcançar a neutralidade carbónica na aviação

A companhia aérea britânica easyJet afirmou esta terça-feira que será a primeira no mundo a alcançar a neutralidade carbónica através das compensações. Num comunicado publicado no seu site oficial, a companhia low cost anuncia ainda um …

Número de pré-avisos de greve até outubro é o mais alto dos últimos quatro anos

O número de pré-avisos de greve até outubro foi o mais alto dos últimos quatro anos, totalizando 781, segundo dados da Direção Geral do Emprego e das Relações do Trabalho (DGERT). Entre janeiro e outubro deste …

Na Índia, já há "bares de oxigénio" para quem quiser respirar ar puro

A Índia é um dos países mais contaminado do mundo. Desde o final de outubro, a poluição alcançou um nível crítico devido à queimada de restolhos nos campos. Agora, há uma solução arrojada para que os …

Depois do Papão Harrison, o novo exame foi "duro" (e muitos jovens médicos já pensam em emigrar)

Foram quatro horas de exame, com 150 perguntas, na temida Prova Nacional de Acesso para a Formação Especializada em Medicina e muitos dos jovens médicos não conseguiram concluí-la. Os que temem não conseguir aceder à …

Situação trágica. "Veneza está a desaparecer"

A situação em Veneza é trágica, com 85% da cidade italiana inundada depois das piores cheias dos últimos anos. Mas estas inundações são apenas um alerta para o que pode vir a seguir, já que …