Mirandela ameaça portajar estrada municipal “alternativa à A4”

PSD / Flickr

ANtónio Branco, presidente da Câmara Municipal de Mirandela

ANtónio Branco, presidente da Câmara Municipal de Mirandela

O presidente da Câmara de Mirandela, António Branco, ameaçou esta segunda-feira portajar a principal estrada do concelho se forem introduzidas portagens na A4, para mostrar que não há alternativa a esta autoestrada na rede viária nacional.

O autarca reconhece que não sabe se o município tem competência para isso, mas reiterou que está disposto a colocar portagens na antiga nacional 15 e pergunta: “porque é que o Governo pode por portagens na A4 e eu não. O conceito é o mesmo”.

A posição do autarca social-democrata surge depois de o primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, ter confirmado, na sexta-feira, em Bragança, que a Autoestrada Transmontana, que dá continuidade à A4, entre Vila Real e Bragança, vai ter portagens.

O problema é que neste concelho transmontano, entre o Romeu e Mirandela, a única estrada que poderia permitir evitar potagens é agora municipal e António Branco garantiu à Lusa que não está disposto “a ser alternativa”, nem que para isso tenha que adotar o conceito do Governo e introduzir portagens.

O autarca refere-se à antiga nacional 15, que liga Bragança ao Porto, paralela primeiro ao IP4 e agora à A4.

O troço de 15 quilómetros entre o Romeu e Mirandela foi municipalizado em 2006, segundo adiantou o autarca, vincando que teve de pagar metade, 1,5 milhões de euros, do investimento para reabilitar a estrada.

“Vou ficar agora eu a servir de alternativa? E quem faz a manutenção disto?”, questionou.

O autarca social-democrata já o tinha feito e volta agora a ameaçar fazer o mesmo que o Governo e portajar a estrada, mas com uma salvaguarda para as gentes da região, nem que tenha que dar um aparelho (Via Verde) a cada residente.

Já “tudo que seja carro público, que pague”, continuou.

O autarca vincou que a situação do seu concelho é ilustrativa de que os transmontanos não têm alternativa à autoestrada que foi construída sobre o antigo IP4.

A antiga nacional 15 serviu para desviar o trânsito por quase dois anos durante a construção da autoestrada, cujas consequências ainda são visíveis no concelho.

“As entradas de Mirandela estão destruídas”, contou, referindo-se ao pavimento por onde durante a obra passaram camiões e “mais carros do que em 25 anos”.

Quem vai pagar é a autarquia e “ainda por cima, os fundos comunitários não disponibilizam dinheiro para estes fins”, afirmou, referindo-se às restrições do novo quadro comunitário a financiamentos de infraestruturas.

António Branco fala também de outros custos de que o concelho não foi ressarcido, nomeadamente para Turismo, quando o rio Tua e o seu espelho de água, que são o principal atrativo da cidade, estiveram vazios “durante quase três meses” para a construção de uma das pontes da A4.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Veneno de caracol marinho usado para criar insulina híbrida promissora no tratamento da diabetes

Cientistas criaram uma versão minimalista e híbrida de insulina, a partir da hormona humana e de um caracol marinho, que pode vir a melhorar o tratamento da diabetes, divulgou a universidade norte-americana de Ciências da …

Sequelas da covid-19 em doentes mais graves ainda estão por compreender

O acompanhamento depois da alta para doentes que estiveram internados com covid-19 é um dos grandes desafios do sistema de saúde para compreender que sequelas, por enquanto desconhecidas, a doença poderá deixar. “Só daqui a seis …

Criança nasce com duas bocas nos EUA. É o 35.º caso registado desde 1900

A menina, nascida nos Estados Unidos, foi operada ao seis meses para remover a cavidade oral secundária, que incluía dentes, língua e um lábio. Uma bebé nasceu nos Estados Unidos com duas bocas, devido a uma …

Funcionários do Facebook em "greve virtual" face à recusa de Zuckerberg em agir contra Trump

Os funcionários do Facebook estão insatisfeitos com a decisão do fundador da rede social de manter uma postura neutra perante as recentes publicações do Presidente dos Estados Unidos. De acordo com o jornal The Guardian, os …

Inteligência Artificial recria "verdadeiro" rosto de Napoleão Bonaparte

Recorrendo a uma técnica de Inteligência Artificial, um artista holandês criou um retrato em alta definição do imperador francês Napoleão Bonaparte. O fotógrafo freelancer holandês Bas Uterwijk, cujo pseudónimo é Gandbrood, recorreu a uma rede neuronal …

"Apito" da covid-19. Novo teste deteta novo coronavírus em apenas um minuto

Uma equipa de cientistas da Universidade Ben-Gurion, em Israel, desenvolveu um novo dispositivo que é capaz de detetar a presença do novo coronavírus no organismo humano em apenas um minuto. O novo teste, desenvolvido pelos investigadores …

"We Call it Alentejo". Novo filme promocional destaca as maravilhas alentejanas

A gastronomia e vinhos, as pequenas aldeias, a sustentabilidade e a natureza são atributos do Alentejo evidenciados no mais recente filme promocional do território, lançado pela agência regional de promoção turística para chamar visitantes estrangeiros. Com …

Curandeiro convocou cerca de 100 pessoas para se abraçarem contra a "farsa" da pandemia

Josep Pàmies, um agricultor espanhol defensor das terapias alternativas, convocou cerca de 100 pessoas a abraçarem-se a beijarem-se contra a "farsa" da pandemia. No sábado, cerca de uma centena de pessoas juntaram-se em Balanguer, na província …

Rússia anuncia início de ensaios clínicos de uma vacina contra a covid-19

A Rússia vai começar os ensaios clínicos de uma vacina contra a covid-19 em 50 soldados que se ofereceram para participar nos testes, anunciou esta terça-feira o Ministério da Defesa. "Para verificar a segurança e eficácia …

Montenegro tem uma carta na manga para promover o turismo

Para incentivar o turismo, Montenegro tem a intenção de usar a carta da segurança sanitária para convencer os turistas estrangeiros a visitar o país. No dia 25 de maio, Montenegro declarou-se um "país livre de coronavírus" …