Minneapolis sob fogo por George Floyd. Manifestantes incendiaram esquadra

Manifestantes indignados com a morte de George Floyd, um afro-americano que morreu sob custódia policial, invadiram uma esquadra da polícia em Minneapolis e incendiaram o local, disseram as forças de segurança.

Um porta-voz da polícia desta cidade, no estado norte-americano de Minnesota, confirmou que a terceira esquadra, situada perto do local onde George Floyd morreu, foi evacuada “no interesse da segurança do pessoal”. O incidente deu-se pouco depois das 22h00 desta quinta-feira (05h00 de hoje em Lisboa).

Num vídeo divulgado online, um grupo de pessoas entra no edifício, fazendo disparar os alarmes de incêndio e os aspersores usados no combate às chamas.

A cidade registou ainda três dezenas de incêndios noutros locais e o saque de várias lojas, a maioria perto do local onde o afro-americano morreu. Num centro comercial em frente à terceira esquadra, as montras de quase todas as lojas foram estilhaçadas, com manifestantes a atirarem manequins de uma loja saqueada para dentro de um automóvel em chamas, em cenas de violência que se multiplicaram noutras partes da cidade.

Dezenas de empresas em Minneapolis entaiparam as montras na quinta-feira, num esforço para evitar pilhagens, com a cadeia de lojas Target a anunciar o encerramento temporário de duas dúzias de estabelecimentos na zona. As autoridades da localidade encerraram a maioria dos transportes no domingo passado, por razões de segurança.

Craig Lassig / EPA

Protestos em Minneapolis, no estado norte-americano do Minnesota, pela morte de George Floyd

Os protestos contra a morte de George Floyd, que entraram no terceiro dia consecutivo, alastraram-se também a St. Paul, capital do estado do Minnesota, com a polícia a tentar impedir o saque de lojas e os bombeiros a serem chamados para combater incêndios.

Na quinta-feira à noite, em St. Paul, nuvens de fumo pairavam no ar, enquanto a polícia, armada com bastões e máscaras de gás, vigiava os manifestantes na maior rua comercial da cidade. As forças de segurança tentaram impedir manifestantes de saquear um armazém Target, havendo registo de muitas montras partidas.

No Twitter, a Guarda Nacional do Minnesota anunciou que mobilizou 500 soldados para St. Paul, Minneapolis e comunidades próximas para “proteger a vida, preservar a propriedade e o direito a protestos pacíficos”.

Os protestos espalharam-se também a outras zonas do país. Em Nova Iorque, apesar da pandemia de covid-19, manifestantes organizaram concentrações públicas na quinta-feira, em alguns casos com confrontos policiais. Em Denver, manifestantes bloquearam o trânsito no centro da cidade.

O Presidente norte-americano, Donald Trump, já reagiu a estes incidentes violentos na sua conta do Twitter. “Não consigo ver isto acontecer a uma cidade americana tão boa, Minneapolis. Uma falta total de liderança. Ou o autarca muito fraco da esquerda radical, Jacob Frey, faz alguma coisa e devolve o controlo à cidade, ou envio a Guarda Nacional e tratam do assunto”.

Estes bandidos estão a desonrar a memória de George Floyd e eu não vou deixar que isso aconteça. Acabei de falar com o governador Tim Waltz e disse-lhe que pode contar com os militares. Assim que aconteça qualquer dificuldade, nós assumimos o controlo. Quando as pilhagens começarem, os tiros começam. Obrigada!”, escreveu.

Entretanto, o Twitter assinalou esta mensagem do Presidente como apologia à violência, sendo o mais recente capítulo da guerra entre o chefe de Estado e a rede social de Jack Dorsey.

Segundo o Observador, numa conferência de imprensa, Frey respondeu ao Presidente, dizendo que não tem tempo para “tweetar lixo”. “Fraqueza é apontar o dedo a outra pessoa durante uma crise. Donald Trump nada sabe sobre a força de Minneapolis. Somos fortes, e podem ter a certeza que vamos ultrapassar isto”, acrescentou.

George Floyd, um afro-americano de 46 anos, morreu, na noite de segunda-feira, em Minneapolis, após uma intervenção policial violenta, cujas imagens se tornaram virais.

Floyd foi detido por suspeita de ter tentado pagar com uma nota falsa de 20 dólares num supermercado. Num vídeo filmado por transeuntes e divulgado nas redes sociais, é possível ver um dos agentes pressionar o pescoço de Floyd com o joelho durante vários minutos.

A polícia alegou que o homem resistiu à prisão, mas novas imagens captadas pelas câmaras do restaurante em frente ao qual ocorreu a detenção mostraram Floyd a ser conduzido para a viatura policial, de mãos algemadas nas costas e sem oferecer resistência.

Os quatro polícias envolvidos foram despedidos e as autoridades locais e federais estão a investigar o incidente, mas ainda não houve acusações.

Na quinta-feira, a alta comissária da ONU para os Direitos Humanos, Michele Bachelet, condenou o caso, apelando às autoridades para adotarem “medidas sérias” para pôr termo a estas mortes de afro-americanos.

“Esta foi a última de uma longa série de mortes de afro-americanos não armados cometidas por polícias norte-americanos e autojusticeiros (…). As autoridades norte-americanas devem tomar medidas sérias para pôr termo a estas mortes e assegurar que seja feita justiça quando ocorrem”, indicou Bachelet em comunicado.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Que pena , não estarem lá dentro os policias ,que provocaram esta morte !!!
    Que pena não estar lá o o big tramp….
    Acabava-se tudo duma vez , se cometeu crime deve ser condenado !! Mas morto em publico ??? Estamos
    no Paquistão outro pais parecido ??? Não !!!! Eu sei que há muitos agentes tanto lá como cá , que são
    racistas . Todos nós sabemos . Mas este /estes policias , devem ser todos descendentes de antigas/actuais
    famílias com ligações ao KKK , só pode . Esse país está em vias de perdição !!
    Goste-se ou não de todas as pessoas diferentes de nós , ninguém tem direito a matar outro sem ser
    julgado . Também não gosto de muita coisa , …. e não é por isso que acho bem !!
    Cuidem-se

RESPONDER

Os polegares dos neandertais adaptaram-se a ferramentas com pega

Os polegares dos neandertais adaptaram-se para segurar melhor ferramentas com pega, da mesma forma como utilizamos atualmente um martelo, revela uma nova investigação da Universidade de Kent, no Reino Unido. A mesma investigação sugere ainda …

Sporting 2-1 Moreirense | JackPote rende pontos ao “leão”

O “Leão” soma e segue na liderança do campeonato, depois de vencer o Moreirense por 2-1, graças a um bis Pedro Gonçalves. Neste sábado, na recepção ao Moreirense, num embate relativo à oitava jornada, sofreu, mas conseguiu …

Raro crustáceo parasita descoberto na boca de um tubarão em exibição num museu

Uma equipa de cientistas descobriu uma espécie extremamente rara de Cymothoidae na boca de um espécime de tubarão capturado no Mar da China Oriental e agora em exibição num museu. Os Cymothoidae são uma família de isópodes …

Série da Netflix faz disparar venda de jogos de xadrez nos Estados Unidos

A série "The Queen’s Gambit", da plataforma de streaming Netflix, que retrata a ascensão de uma jovem jogadora de xadrez na década de 1950, fez disparar as vendas deste jogo de tabuleiro nos Estados Unidos. …

Novo comité central do PCP eleito com 98,5%

O novo comité central do PCP foi este domingo eleito no XXI congresso nacional dos comunistas, em Loures, com 98,5% dos votos. Dos 611 delegados, 602 votaram a favor, seis abstiveram-se e três votaram contra na …

Elefante salvo de um poço profundo na Índia. Resgate durou 14 horas

Uma equipa de 50 pessoas ajudou a salvar um elefante que tinha caído num poço profundo em Dharmapuri, no sul da Índia. Moradores locais atiraram folhas de bananeira para o animal comer antes de ser …

Santa Clara 0-1 Porto | Magia de Díaz resolve jogo pobre

Missão cumprida. O Porto viajou até aos Açores para defrontar o Santa Clara e leva na bagagem os três pontos. Mas não o conseguiu com brilhantismo, longe disso. A eficácia foi a palavra de ordem, num …

Raro pinguim totalmente branco encontrado nas Ilhas Galápagos

Um raro pinguim com o corpo totalmente "pintado" de branco foi encontrado no arquipélago das Galápagos, no Equador. Em comunicado, o Parque Nacional das Galápagos detalha que o raro espécime foi encontrado enquanto um guia fazia …

A China tem 8 milhões de cegos, mas apenas 200 cães-guia. Há uma razão

A China tem 8 milhões de cegos, mas apenas 200 cães-guia. As cidades populosas, as vias não adaptadas, as poucas escolas de treino e a própria população são entraves à existência destes companheiros (e verdadeiros …

Governo das Ilhas Salomão quer banir o Facebook para preservar a União Nacional

O Governo das lhas Salomão quer banir temporariamente a rede social Facebook numa tentativa de combater o cyberbullying e a difamação, alegando que a plataforma está a "minar" a União Nacional. A decisão, que já …