Ministros da OMC alcançam acordo histórico em Bali

foto: WTO / Studio Casagrande

foto: WTO / Studio Casagrande

A Organização Mundial do Comércio (OMC) anunciou hoje ter sido alcançado, na reunião ministerial na ilha indonésia de Bali, um acordo de facilitação do comércio mundial, o primeiro da sua história.

“Aprovado”, declarou o ministro do Comércio indonésio, Gita Wirjawan, que presidiu à conferência ministerial, diante dos delegados dos 159 países-membros no encerramento do encontro, após difíceis negociações que se estenderam até às primeiras horas de  hoje.

“Bali marca um novo amanhecer para a OMC”, acrescentou Wirjawan no final da reunião, da qual saiu o acordo.

O acordo, o primeiro de cariz global alcançado no seio da OMC desde a sua fundação em 1995, foi resultado de mais de quatro dias de intensas negociações, e ainda precisa de aprovação formal na OMC, que deverá acontecer em meados de 2015.

O “pacote de Bali”, um acordo de facilitação do comércio global através da redução de barreiras comerciais – menos ambicioso do que o previsto na Ronda de Doha – envolve, além do tópico da agricultura, um pacote de ajudas a países em desenvolvimento.

Pela primeira vez na nossa história, a OMC realmente cumpriu“, afirmou o secretário-geral da organização, o brasileiro Roberto Azevedo, no encerramento da sessão ministerial em Bali, que se estendeu mais um dia do que o previsto.

“As decisões que tomamos aqui constituem um importante ‘trampolim’ para a conclusão da Ronda de Doha”, acrescentou Roberto Azevedo, na reunião, em que se destacou o “importante passo” no âmbito do amplo processo de liberalização do comércio mundial,  lançado em 2001, na capital do Qatar, e estancado desde 2008.

“Solicitamos ao Comité de Negociações Comerciais que prepare, nos próximos 12 meses, um programa de trabalho claramente definido sobre as restantes questões do Programa de Doha para o Desenvolvimento”, refere o projecto aprovado na conferência  ministerial, citado pela agência noticiosa EFE.

Os defensores do acordo qualificam-no de “histórico“, enquanto grupos anti-globalização o criticam por entender que beneficia sobretudo as grandes corporações.

O acordo, além de restaurar a confiança no sistema multilateral do comércio, tem potencial, segundo economistas, para dar um ‘impulso’ à economia mundial na ordem de um bilião de dólares norte-americanos.

ZAP/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

É agora possível os robôs mexerem-se sozinhos, graças a novos polímeros de alta energia

Através do uso de novos polímeros que armazenam mais energia e são depois aquecidos, investigadores da Universidade de Stanford conseguiram colocar manequins a mexer os braços sozinhos. Era ver robots a mexer os braços sozinhos, pelo …

"Poço do Inferno". Espeleólogos encontram serpentes, mas não demónios

No deserto da província de Al-Mahra, no leste do país, um buraco redondo e escuro de 30 metros de largura serve de entrada para uma caverna de cerca de 112 metros. Uma maravilha natural que …

Vitória SC 1-3 Benfica | “Águia” passa tranquila em Guimarães e continua a voar no topo

Naquele que era apontado como o mais duro teste à sua liderança até ao momento, o Benfica passou com relativa tranquilidade em Guimarães. Frente a um Vitória que tentou discutir o jogo de igual para igual …

Fazer umas calças de ganga exige 10 mil litros de água. Dez marcas estão a criar jeans sustentáveis

As calças de ganga são das peças de vestuário com piores impactos para o ambiente, mas há marcas que estão a apostar na sustentabilidade como um factor atractivo para os consumidores. Estão sempre na moda e …

"Guerra das matrículas" faz escalar tensão entre Sérvia e Kosovo

Esta semana, a fronteira entre o norte do Kosovo e a Sérvia esteve bloqueada por protestos de elementos da etnia sérvia, que não aceitam a decisão do governo kosovar, de etnia albanesa, de proibir a …

Num golpe de "fake it until you make it", Hong Kong vai a eleições a saber o vencedor

Hong Kong prepara-se para as primeiras eleições legislativas após as mudanças no sistema eleitoral implementadas pela China para garantir a vitória dos seus aliados. Aos olhares mais desatentos, as eleições em Hong Kong são mais um …

Stefano Pioli propõe regra de basquetebol que contribui para um "futebol de ataque"

O treinador do Milan, Stefano Pioli, propõe uma alteração nas regras do futebol que promete revolucionar o desporto rei. De forma semelhante ao basquetebol, uma vez dentro do meio campo adversário, as equipas não poderiam voltar …

Um dos maiores sites de dados sobre a covid-19 na Austrália é, afinal, gerido por adolescentes

Aproveitando o momento em que passaram a integrar as estatísticas que os próprios fazem chegar diariamente à população australiana, o grupo de três jovens revelou a sua identidade para surpresa de muitos dos seus seguidores. …

Mais cinco mortes e 713 casos confirmados em Portugal

Portugal registou, este sábado, mais cinco mortes e 713 casos confirmados de covid-19, de acordo com o mais recente boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). Este sábado registaram-se mais cinco mortes e 713 novos casos …

Dirigente da Huawei detida no Canadá pode voltar à China após acordo com EUA

A justiça dos EUA aceitou hoje o acordo entre o Departamento da Justiça e a Huawei, que vai permitir à filha do fundador e diretora financeira do conglomerado chinês de telecomunicações regressar à China. Uma juíza …