Ministra da Educação da Roménia demitida após comentários sobre jovem assassinada

Robert Ghement / EPA

A ministra da Educação da Roménia, Ecaterina Andronescu

A ministra da Educação da Roménia, Ecaterina Andronescu, foi demitida esta sexta-feira na sequência do polémico comentário que fez acerca de uma adolescente romena que foi violada e assassinada após ser sequestrada.

“Na minha casa aprendi a não entrar no carro de um estranho”, disse Andronescu na quinta-feira durante um programa de televisão dedicado a este caso.

O desaparecimento e homicídio da menor de 15 anos no dia 24 de julho está a suscitar no país uma vaga de indignação devido à lenta resposta da polícia aos telefonemas da adolescente em que pedia auxílio, antes de ser morta.

A primeira-ministra da Roménia, Viorica Dancila, explicou na sua conta do Facebook os motivos do afastamento da ministra. “É uma atitude que demonstra falta de responsabilidade, que não reflete a posição do Governo e que não pretendo que seja associada com o executivo que dirijo”, referiu Dancila, considerando “profundamente equivocadas” as palavras da ex-ministra.

“São afirmações que demonstram falta de entendimento do caso e a forma como devemos proteger as crianças dos sequestros, agressões, abusos e tráficos de pessoas”, acrescentou a primeira-ministra. O ministro da Cultura, Daniel Breaz, foi designado interinamente ministro da Educação.

A menor conseguiu contactar em várias ocasiões o número de emergências 112 enquanto estava retida na casa do homem que a violou e que confessou o assassínio.

As informações pouco precisas emitidas pela vítima e a falta de preparação técnica e de coordenação entre vários departamentos implicou que a polícia demorasse 19 horas a entrar na casa onde a vítima se encontrava, e após o seu primeiro pedido de socorro.

A vaga de indignação popular face à resposta tardia das autoridades motivou esta semana a demissão do ministro do Interior, Nicolae Moga, e do chefe do Serviço de Telecomunicações Especiais do qual depende o 112.

Na casa do suspeito pelo assassínio, situada na cidade de Caracal, os agentes prenderam um homem de 66 anos que confessou ter matado a menor e outra jovem de 18 anos desaparecida em abril da região, também quando pedia boleia.

No apartamento a polícia encontrou objetos com vestígios de ADN da menor e ossos calcinados cuja identidade ainda não foi confirmada.

  // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Pessoas a explorar o mapa 3D mais detalhado do Universo com realidade virtual

Google Earth do Espaço. Já é possível navegar pelo mapa mais detalhado do Universo

Investigadores da Escola Politécnica de Lausanne (EPFL), na Suíça, lançaram este mês um software de código aberto que permite visitas virtuais ao Espaço. O Virtual Reality Universe Project (VIRUP) utiliza o maior conjunto de dados do …

Otamendi e Vertonghen disputam a bola com Lewandowski

Benfica 0-4 Bayern | Primeiro a ilusão, depois o rolo bávaro

A ilusão durou 70 minutos. Ao longo de toda a partida, o Bayern foi melhor, criou inúmeros lances de golo, viu dois anulados, acertou no ferro, Vlachodimos fez defesas importantes, mas o Benfica deu luta, …

China quer punir pais de crianças mal-educadas

O regime chinês está a analisar um projeto de lei que prevê que os pais possam ser punidos se os seus filhos exibirem um mau comportamento ou cometerem crimes. De acordo com a agência Reuters, o …

Rui Moreira com Francisco Rodrigues dos Santos e Carlos Moedas

Rui Moreira promete manter a "identidade do Porto" e concluir os projetos que a pandemia atrasou

O presidente da Câmara Municipal do Porto tomou posse, esta quarta-feira, e comprometeu-se a "tudo fazer" para manter a identidade do Porto e a concluir os projetos que a pandemia atrasou. "Quero concluir os projetos que …

Já há um medicamento para tratar a covid-19 em casa (e vários países assinaram acordos de compra)

Países asiáticos já estão na luta pelo novo comprimido antiviral, cujo uso ainda nem sequer foi autorizado, contra a covid-19. Países da região asiática estão já a fazer encomendas da mais recente arma contra a covid-19: …

A Facebook vai implementar uma nova estratégia e o nome vai ser das primeiras coisas a mudar

As últimas semanas têm sido tumultuosas para a empresa de Mark Zuckerberg, que se viu confrontada com os testemunhos de antigos trabalhadores no Senado norte-americano. As notícias da última semana que resultaram do testemunho, no Senado …

Cadetes da Escola Naval investigados por alegados comportamentos abusivos

A Marinha está a investigar uma denúncia sobre alegados comportamentos abusivos entre cadetes da Escola Naval. "A Marinha informa que hoje, 19 de outubro, teve conhecimento de uma denúncia sobre alegados comportamentos abusivos praticados entre cadetes …

Índia. "Montanha de lixo" que garante sobrevivência de pobres será substituída por estação de tratamento

As "montanhas de lixo" das cidades da Índia em breve serão substituídas por estações de tratamento de detritos. A maior de todas — equivalente a um prédio de 18 andares — garante a sobrevivência de …

Candidatura de Nuno Melo acusa direção de não facultar cadernos eleitorais e de sanear senadores

A candidatura de Nuno Melo à liderança do CDS-PP acusou, esta quarta-feira, os opositores de não facultarem os cadernos eleitorais nem possibilitarem a fiscalização da eleição de delegados ao congresso, apontando também a substituição de …

Bolsonaro acusado de nove crimes pela comissão de inquérito sobre gestão da pandemia

O relatório apresentado, esta quarta-feira, na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Senado brasileiro pede o indiciamento do Presidente por nove crimes durante a pandemia de covid-19. No texto, com mais de 1200 páginas, pede-se que …