Ministério Público abre inquérito a caso das viagens à China

O Ministério Público (MP) abriu uma investigação relacionada com o pagamento a dirigentes do Ministério da Saúde de viagens e estada na China por uma empresa parceira da multinacional chinesa Huawei, indica uma nota da Procuradoria-Geral da República (PGR).

“Relativamente às notícias vindas a público no último fim-de-semana, a PGR procedeu à recolha de elementos e decidiu enviá-los ao Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Lisboa com vista a investigação”, precisa a PGR.

O semanário Expresso avançou no sábado que uma associada da multinacional chinesa (a operadora NOS) pagou os custos das viagens de avião e da estada na China a seis funcionários do Ministério da Saúde e das Finanças em 2015.

O caso levou o Ministério da Saúde a pedir a intervenção da Inspeção-Geral das Atividades em Saúde (IGAS) para averiguar os factos relacionados com o pagamento das viagens e estada àqueles funcionários do seu Ministério.

Também a Autoridade Tributária (AT) abriu um inquérito interno para apurar as circunstâncias que envolveram um funcionário daquele organismo.

Além da investigação agora iniciada pelo DIAP de Lisboa a estas viagens pagas a funcionários do Estado (Saúde e Finanças), a PGR adianta que está a “recolher elementos” sobre as notícias surgidas nas últimas horas do pagamento a quadros do Estado de viagens e estada nos EUA pela empresa tecnológica norte-americana Oracle.

O Observador noticiou na segunda-feira que cinco funcionários do Estado, de estruturas que dependem dos Ministérios da Segurança Social, das Finanças, do Ministério da Saúde e do da Administração Interna viajaram para São Francisco, com estada na cidade entre 28 de setembro e 2 de outubro de 2014.

A PGR abriu também um inquérito, que corre termos no DIAP de Lisboa, depois de notícias surgidas no final de julho que revelaram que deputados e responsáveis do poder local tinham viajado para a China a convite a expensas da Huawei.

Este inquérito, segundo a PGR, encontra-se em “investigação, não tem arguidos constituídos e está em segredo de justiça”.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Herdeiros e casais têm até hoje para pedir alteração no Adicional ao IMI

Os casais e os beneficiários de heranças indivisas têm até esta terça-feira para entregar no Portal das Finanças o pedido de alteração à forma como foram tributados no Adicional ao Imposto Municipal sobre os Imóveis …

Tribunal de Contas trava medicamento "essencial" no Hospital de Guimarães

O Tribunal de Contas (TdC) recusou o visto a um contrato, no valor de 2,9 milhões de euros, celebrado pelo Hospital de Guimarães para aquisição de um medicamento considerado “essencial” para a prestação de cuidados …

Francisco Rodrigues dos Santos não se quer eternizar "na cadeira de presidente do CDS"

"À medida que as pessoas se vão eternizando nos lugares, começam a confundir o interesse público com o interesse particular". Por isso, Francisco Rodrigues dos Santos não se quer eternizar no CDS-PP. Em entrevista à TVI, …

Menos 115 deputados. Itália realiza referendo para reduzir Parlamento

A Itália organiza em 29 de março um referendo sobre a alteração da Constituição e a redução do número de deputados, uma data esta proposta pelo Governo de coligação entre o Movimento Cinco Estrelas (M5S) …

Flamengo chega a acordo com o Inter por Gabigol

Flamengo e Inter de Milão já chegaram a acordo para a transferência definitiva de Gabigol, jogador que esteve durante a última temporada na equipa brasileira por empréstimo. Segundo o portal brasileiro Globo Esporte, os dirigentes do …

Espanha quer "assaltar" o lugar de Centeno no Eurogrupo

Nadia Calviño, a número dois do Governo Espanhol, assume-se como favorita para assumir a presidência do Eurogrupo, caso o ministro das Finanças português, Mário Centeno, decida não entrar na corrida. A notícia é avançada esta terça-feira …

Dívidas de hospital de Lisboa travam compra de dois medicamentos para cancro

As dívidas do Centro Hospitalar Universitário de Lisboa Norte, que inclui os hospitais de Santa Maria e Pulido Valente, levaram o Tribunal de Contas (TdC) a chumbar a compra de dois medicamentos para um cancro …

Em 15 dias, foram transferidos 73 milhões da Sonangol para uma empresa de Isabel dos Santos

Em 15 dias, foram transferidos 73 milhões das contas da petrolífera estatal Sonangol no private banking do Eurobic, em Lisboa, para uma empresa de Isabel dos Santos, avança o Correio da Manhã esta terça-feira. …

Livro de John Bolton pode prolongar julgamento de Donald Trump

  Ao segundo dia de defesa dos advogados da Casa Branca no julgamento do impeachment de Donald Trump, caiu uma "bomba" no Senado. O livro escrito por John Bolton, ex-conselheiro de segurança nacional do Presidente dos …

Afinal, Bruno Fernandes pode rumar ao Barcelona (e fazer escala no Valência)

Afinal, o futuro do internacional português Bruno Fernandes pode passar por Espanha e não por Inglaterra, onde foi dado como quase certo. O negócio envolve dois emblemas espanhóis e o avançado ex-Benfica Rodrigo Moreno. De …