Militares viram costas à sua ministra em protesto no aniversário da GNR

António Pedro Santos / Lusa

A ministra da Administração Interna, Constança Urbano de Sousa (esq.)

Cerca de 30 militares da GNR realizaram, esta quarta-feira, um protesto simbólico contra “os gastos desnecessários com a organização da cerimónia que assinala o 106.º aniversário da corporação”, que decorre na Praça do Império, em Lisboa.

Numa iniciativa conjunta da Associação dos Profissionais da Guarda (APG/GNR) e da Associação Nacional dos Sargentos da Guarda (ANSG), os militares vestidos com camisolas pretas viraram as costas quando o comandante-geral da Guarda Nacional Republicana e a ministra da Administração Interna Constança Urbano de Sousa discursaram, numa ação para protestar contra a atual situação da corporação.

“Numa altura em que falta tudo na GNR, este tipo de cerimónias é excessivo“, disse à agência Lusa o presidente da APG, César Nogueira, sublinhando que são gastos milhares de euros quando é necessário melhorar as condições de serviço e a qualidade de vida dos militares.

Segundo César Nogueira, na GNR “falta tudo”, como meios humanos, veículos, coletes à prova de bala e até mesmo algemas, que tem muitas vezes de ser compradas pelos elementos da corporação.

“Com esta cerimónia, parece que a GNR está bem, mas não está, e nós quisemos assinalar e demonstrar que, de facto, a GNR não está. A realidade da GNR não é, de facto, isto que se viu, este aparato todo. Aquilo que acontece no terreno é o oposto desta cerimónia”, disse aos jornalistas o presidente da associação mais representativa daquela força de segurança, no final da cerimónia.

César Nogueira adiantou que “há várias questões que estão por resolver”, como as promoções, que já deviam ter acontecido no início do ano, e o descongelamento dos índices remuneratórios, “com o Governo a arrastar esta situação para 2020”.

Questionado sobre o motivo pelo qual viraram as costas à ministra da Administração Interna, o presidente da APG afirmou: “nós não virámos as costas à ministra, a ministra é que já nos virou as costas há muito tempo”.

A APG e a ANSG vão também realizar no dia 24 uma manifestação em Lisboa contra o Estatuto Profissional da GNR, que entrou em vigor a 1 de maio.

Para César Nogueira, o estatuto “não veio resolver qualquer problema”, tendo “até agravado alguns deles”.

O presidente da APG afirmou ainda que, entre as principais contestações ao novo estatuto, estão a diminuição dos dias de férias e as promoções por escolha.

// Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. É impressão minha ou nem o cão gosta da Ministra? Eu pessoalmente não desgosto da senhora embora ache que poderia fazer um pouco mais e melhor. Mas não é seguramente das piores deste governo.

RESPONDER

Guardas da Revolução do Irão prometem vingar morte do general Soleimani

O chefe dos Guardas da Revolução, o exército ideológico do Irão, garantiu hoje que a morte do general Qassem Soleimani, alvo de um raide aéreo dos Estados Unidos, será vingada em “todos os seus implicados”. “Senhor …

"O mundo está no momento mais perigoso da história humana", diz Noam Chomsky

O professor norte-americano Noam Chomsky, conhecido como o pai da linguística moderna, advertiu que o mundo está no momento mais perigoso da história da humanidade devido à crise climática, à ameaça de guerra nuclear e …

Portugal com 849 novas infecções por covid-19. Há 20.722 casos activos

Portugal registou 849 novos casos de covid-19 nas últimas 24 horas, mantendo-se a tendência de subida verificada nos dias anteriores. Mas o número de pacientes recuperados também não era tão alto desde Julho. O boletim da …

A Grândola Vila Morena abafou "a maior marcha alguma vez vista" do Chega

Com a Praça do Giraldo, em Évora, dividida por barreiras anti-motim, os participantes da concentração "Pela Liberdade" receberam os apoiantes do Chega de André Ventura ao som de "Grândola Vila Morena" e empunhando cravos vermelhos …

Pandemia assola Irão. EUA com mais 888 mortos. 19 países europeus bateram recorde de casos

Naquele que é o número mais elevado de casos diários desde abril, a Alemanha registou 2.297 novos contágios, 19 países europeus já ultrapassaram o recorde de casos do pico da pandemia. O Irão ultrapassou as …

Rangel "é um turista do carago". SMS atestam que Vieira usou Benfica em "benefício pessoal"

Luís Filipe Vieira é um dos acusados da Operação Lex, com o Ministério Público (MP) a alegar que o presidente do Benfica utilizou o clube em "benefício pessoal" para obter uma cunha do juiz Rui Rangel. O …

Farmácias em risco de não ter vacinas da gripe para tantos pedidos

As farmácias privadas receiam não ter doses suficientes de vacina contra a gripe para dar resposta a todos os pedidos. As encomendas da vacina já sãocinco vezes mais do que as registadas em 2019. A preocupação …

É responsabilidade a mais. Médicos não querem integrar Brigadas Rápidas dos lares

Está a ser difícil contratar médicos para as Brigadas de Intervenção Rápida dos lares que foram anunciadas pelo Governo. Mesmo a receberem acima da tabela de pagamentos, os médicos receiam a falta de condições e …

Restrições a turistas suavizadas. Finlândia tenta salvar a Lapónia (e a época de inverno)

A Finlândia, que vê o turismo estrangeiro em perigo na Lapónia, permite a partir de hoje a entrada de turistas de cerca de vinte países sem terem de fazer quarentena. As medidas surgem numa altura em …

"Foi uma vergonha". PS em choque com saída de Jamila e com o poder de Temido

A saída de Jamila Madeira do cargo de secretária de Estado Adjunta e da Saúde, a pedido da ministra Marta Temido, deixou alguns socialistas "arrepiados" e há um desconforto interno com a situação. É mais …