Miguel Sousa Tavares investiu 2 milhões no GES, mas diz que não sabia

CV Youtube

Miguel Sousa Tavares investiu cerca de 2 milhões de euros no Grupo Espírito Santo, mas diz que nunca “soube” disso, nem “nunca autorizou”. São dados divulgados pelo semanário Sol que noticia que o escritor tentou “esconder o investimento no GES”.

O Sol teve acesso a documentos do Banco de Portugal, com as listas dos clientes que investiram no GES, e onde surge o nome de Miguel Sousa Tavares que, entre 2012 e 2013, terá investido um total de 2 milhões de euros em participações do Fundo ES Liquidez.

“Nunca investi nem dois milhões de euros, nem dois euros sequer, em qualquer produto ou empresa do universo BES ou GES. Admitindo que os tivesse para investir, jamais investi, ou permiti que fosse investido em meu nome, quaisquer aplicações em produtos associados aos bancos de que fui ou sou cliente”, garante, contudo, Miguel Sousa Tavares, depois de o Sol lhe ter mostrado os documentos.

Nessas listas divulgadas pelo semanário constará que Miguel Sousa Tavares, que tem relações familiares com Ricardo Salgado, o ex-presidente do BES, investiu 80.384 euros em Dezembro de 2012, mais 181.257 euros em Março de 2013, outros 868 mil euros três meses depois, ainda mais 875 mil volvidos outros três meses e, finalmente, 90.954 euros em Dezembro de 2013.

O escritor garante, contudo, que não tinha qualquer conhecimento sobre o Fundo ES Liquidez e que, quando se deparava com a referência a ele nos seus extractos bancários, lhe diziam que “a designação [ES] não tinha nada a ver com produtos ou empresas do grupo, que eram assim designadas por se tratarem de carteiras de gestão montadas pelo banco e nada mais”, cita o Sol.

Miguel Sousa Tavares também assegura que deu sempre indicações aos gestores das suas contas para “jamais comprarem produtos do próprio banco ou de empresas a ele associadas”.

Há cerca de duas semanas, o Sol já tinha noticiado que Miguel Sousa Tavares tinha investido somas elevadas no GES, dados então também desmentidos pelo escritor.

ZAP

PARTILHAR

16 COMENTÁRIOS

  1. “…Admitindo que os tivesse para investir, jamais investi, ou permiti que fosse investido em meu nome,…” Não será “…jamais investiria ou permitiria que…” ?Afinal, não se percebe se os milhões são dele ou não. Lá vai o Carlos Alexandre investigar a proveniência dos euritos ( poucos ) do Miguel.

  2. Lá diz o velho ditado, nunca cuspas para o ar …
    Para um senhor comentador que gosta de vender moralidade, ficou muito há quem da mesma, a ser verdade o que está escrito no jornal.
    Sr. Miguel Sousa Tavares, para se ser sério não basta dizer, tem que se ser.

    • Nunca “se_fie” em postas de pescada sobretudo as que não vêm do ar! Porque essas são de palavras e palavras leva-as o vento.

  3. Tanta malta por aí a fingir de pobre e com tantos milhões no banco! Não haverá por aí uns apoiantes do Syriza que me emprestem ao menos uns 20 ou 30 mil euritos apenas que logo pago quando os gregos pagarem também!.

  4. Aqui há os que expõem opiniões e depois há estes dois precedentes por aí de dedo em riste, por certo de barrete enfiado e adornados, para se diferenciarem, de breloque um e fitinhas outro.

    • …Não será antes a mania que sabe o que julga saber que os outros sabem nada sabendo? Ou simplesmente que a sua “inteligência” não é quantificável quanto muito aferível?
      Outro assunto: Não será um dos arvorados de “consciência” qdo vota?

  5. Nas entrelinhas, de forma secundária para a notícia, no terceiro parágrafo, surge, quase sem querer, a informação importante: “Nessas listas divulgadas pelo semanário constará que Miguel Sousa Tavares, que tem relações familiares com Ricardo Salgado…”. Todos do mesmo grupo, todos amigos, primos, compadres uns dos outros, encontrando-se quase às escondidas nos bailes de debutantes, em praias seleccionadas, casinos e marinas, nas herdades e quintas uns dos outros, casando entre si, casando filhos e filhas, formando a clique subterrânea que, pela calada, manda aqui no redil. E nós, os tosquiados, vamos escrevendo comentários na internet…

  6. Pois é, fala fala fala dos outros com toda a razão mas afinal se calhar não há diferença, partindo do principio que é verdade a acusação!

  7. Lá diz o velho ditado, Quem muito quer nada tem.
    Mais tarde são sempre os outros a ter a culpa, cada um deve viver com o que tem e que ganha honestamente, dinheiro que é ganho do nada ou a custa de outros acaba sempre com problemas.
    Não percebendo nada de acções ou finanças aqui temos os mercados de burlões a funcionar, invisto e mais tarde recolho sem mexer um dedo, como? e quem paga mais tarde ? apenas acho estranho o mundo dos bancos e dos mercados que fazem dinheiro do nada sem trabalhar para o merecer, mas lá está não sou financeiro.

  8. Até que enfim que este ilustre comentarista se revelou um abutre atras de alto rendimento, que tanto censurava. Um iletrado financeiro , enganado pelo parceiro. Coitado, não sabia !!!!

RESPONDER

Turismo recupera no verão à boleia dos residentes

Apesar das tendências de retoma, os números de 2021 ficam aquém dos de 2019. O setor do alojamento turístico registou 1,6 milhões de hóspedes e 4,5 milhões de dormidas em julho, aumentos de 59,6% e 71,9%, …

Escola japonesa verifica a roupa interior dos alunos - e quem não cumprir as regras é punido

Uma escola japonesa ficou no centro de uma polémica depois de ter vindo a público que obrigava os seus alunos a mostrar a roupa íntima. O diretor já fez um pedido de desculpas. Os alunos do …

José Eduardo dos Santos regressa a Luanda após dois anos em Barcelona

O ex-Presidente de Angola, José Eduardo dos Santos, regressa esta terça-feira à tarde a Luanda, depois de estar desde 2019 a viver em Barcelona, Espanha, confirmou à agência Lusa fonte do Executivo. Segundo a mesma fonte, …

Recusou lutar contra israelita nos Jogos Olímpicos: judoca suspenso até 2031

Fethi Nourine rejeitou defrontar um judoca israelita em Tóquio. Está proibido de voltar aos combates durante os próximos 10 anos. 26 de Julho de 2021. O foco dos portugueses nos Jogos Olímpicos, no judo, estava em …

"Não é altura para conjeturas nem debates internos", avisa direção de Rio

"Não é a altura para conjeturas, nem para debates internos sobre o futuro do PSD", afirmou a comissão permanente do PSD esta segunda-feira, num comunicado aos militantes sobre as eleições autárquicas. De acordo com o Público, …

Khalid, a "amostra de Cantona", expulso depois de ser substituído

Avançado do Le Havre protagonizou um momento pouco visto no futebol atual. Foi encontrar-se com um adepto, ao sair do relvado. O momento invulgar foi este: L’embrouille de Boutaïb avec un supporter du HAC 🙃 pic.twitter.com/WOEKLGA5Ew — Petit …

A fazer contas com o regresso às aulas? Saiba como conseguir poupar algum dinheiro

A pandemia trouxe uma crise económica que deixou as famílias em situações financeiras ainda mais difíceis. O ZAP deixa algumas dicas sobre como poupar algum dinheiro com o regresso às aulas Todos sabemos que o regresso …

EuroVolley: Portugal perdeu mas a surpresa "irrespirável" foi a França

Selecção lusa esteve muito perto de marcar presença nos quartos-de-final, pela primeira vez. França, campeã olímpica no mês passado, não passou dos oitavos, num último parcial que terminou com... 34-32. Portugal não vai estar entre as …

Parlamento gastou 124 mil euros na prevenção da covid-19

O Parlamento gastou 124.370,59 euros em 2020 na prevenção da covid-19, segundo o relatório e conta de gerência da Assembleia da República, que será votado em plenário na próxima sexta-feira. Segundo avançou o Público, que cita …

Mais 1.058 infeções, seis mortes e menos doentes internados nas últimas 24 horas

Portugal registou nas últimas 24 horas mais 1.058 casos de infeção pelo coronavírus SARS-CoV-2, seis mortes atribuídas à covid-19 e uma redução significativa nos internamentos em enfermaria. De acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral da …