MH370. Especialista questiona o facto de o copiloto ter ligado o telemóvel durante o voo

(cv)

O MH370 desapareceu a 8 de março de 2014 e o seu desaparecimento continua a ser um mistério. No entanto, o copiloto ligou o telemóvel antes de o avião desaparecer do radar, um movimento descrito como “muito incomum” por um especialista.

O copiloto ligou o telemóvel momentos antes de o avião da Malaysia Airlines desaparecer dos radares. Este movimento é descrito por vários especialistas como “muito incomum“, especialmente no mundo da aviação. Para muitos especialistas, poderia ser o indicador de que algo de “desagradável” estava a acontecer.

Fariq Abdul Hamid, copiloto do avião, era conhecido por quebrar as regras da aviação. Segundo o Straits Times, Hamid desligou o seu telemóvel antes da descolagem, mas ligou o aparelho novamente a meio do voo. O sinal foi captado por uma estação terrestre na Ilha de Penang, noroeste da Malásia.

É bastante incomum para a tripulação ter os telemóveis ligados quando estão em altitude, e para um dos tripulantes ter o telemóvel ligado e tentar transmitir uma mensagem poderia sugerir algo desagradável”, explica o advogado de aviação James Healy-Pratt ao Express.

Segundo os meios de comunicação, Hamid tinha usado o telemóvel, pela última, para enviar uma mensagem na aplicação WhatsApp, pouco antes de embarcar no Boeing 777 para um voo de seis horas rumo a Pequim.

A maioria das companhias aéreas pede aos passageiros e à tripulação que desliguem os seus aparelhos tecnológicos durante o voo. No entanto, alguns pilotos mantêm os telemóveis ligados, quer intencionalmente quer por engano.

“Se o telemóvel foi ligado repentinamente a meio do voo, essa ação sugere que estava a acontecer algo desagradável. Mas não é incomum haver telemóveis ligados por engano”, adianta uma especialista em aviação e ex-piloto da British Airways, Alastair Rosenschein.

A publicação refere ainda que uma fonte adiantou que o copiloto tentou realizar uma chamada telefónica, sugerindo assim que Hamid poderia estar a fazer um “pedido desesperado” de ajuda. “A torre de telecomunicações estabeleceu a chamada que o copiloto estava a tentar realizar. A razão pela qual a chamada foi cortada não é conhecida, uma vez que o avião estava a afastar-se rapidamente da torre e não tinha entrado na zona da próxima [torre]”, cita o jornal.

O ex-ministro dos Transportes da Malásia, Hishammuddin Hussein, disse que as autoridades malaias não podiam confirmar se Hamid tinha tentado fazer uma chamada, embora tenha sugerido ser improvável. “A menos que possamos ter verificações, não podemos comentar. Se tivesse acontecido, saberíamos antes”, afirmou o governante.

A aeronave do voo MH370 desapareceu no dia 8 de março de 2014, na rota de Kuala Lumpur para Pequim, com 239 pessoas a bordo. Após vários anos de tentativas infrutíferas de localizar os restos do avião, o Governo da Malásia concluiu a busca em maio do ano passado.

PARTILHAR

RESPONDER

Entre Rui Rio e Luís Montenegro, há quem vote no regresso de Passos Coelho

O presidente do PSD, Rui Rio, e o antigo líder parlamentar Luís Montenegro voltam hoje a disputar eleições directas, numa inédita segunda volta em que podem votar 40.604 militantes com as quotas em dia. Nos …

Vírus detetado na China pode já ter infetado mais de mil pessoas

O número de pessoas infetadas com um vírus que matou duas pessoas na China ultrapassa provavelmente o milhar de casos e é muito superior àquele avançado pelas autoridades locais, segundo investigadores britânicos. Num artigo publicado, esta …

Joacine Katar Moreira não vai renunciar ao cargo de deputada

O IX Congresso para eleger os novos órgãos do Livre começa, este sábado, em Lisboa. A única deputada do partido na Assembleia da República já disse que não vai renunciar ao cargo. À chegada ao IX …

Cabeceamentos no futebol podem ser proibidos ou limitados. O problema é o risco de demência

A Federação escocesa de futebol prepara-se para proibir os cabeceamentos nos escalões com menores de 12 anos.  Em Inglaterra, fala-se em limitar este gesto futebolístico que foi associado a doenças neuro-degenerativas em vários estudos científicos. …

Fenómeno cerebral desvenda enigma sobre as casas do Neolítico

O comportamento humano está influenciado por aspetos inconscientes. Um deles é um fenómeno da perceção conhecido entre psicólogos como a negligência espacial cerebral. Este fenómeno refere-se à observação de que as pessoas saudáveis preferem o seu …

Justiça do Mónaco investiga José Eduardo dos Santos e Isabel dos Santos

As autoridades do Mónaco estarão a investigar a empresária angolana, assim como o seu pai e o seu marido, pelo crime de branqueamento de capitais. De acordo com o semanário Expresso, as autoridades judiciais do Mónaco …

Depressão Glória atinge Portugal continental com vento forte

A depressão Glória está a caminho. Segundo o Instituto Português do Mar e Atmosfera, no domingo, esperam-se rajadas de vento que podem atingir os 110 quilómetros por hora nas terras altas. A depressão Glória vai passar …

Governo não renova PPP do Hospital de Loures

O Estado não vai renovar a atual parceria público-privada (PPP) do Hospital Beatriz Ângelo, em Loures, que é gerido pelo grupo Luz Saúde, anunciou a Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo …

Cientistas podem ter descoberto por que Beethoven ficou surdo

Ludwig van Beethoven começou a notar dificuldades de audição em 1798, com 28 anos. Com 44 ou 45, estava totalmente surdo. Aos 56 anos, o músico morreu e, até hoje, ainda não se sabe …

Tochas em Alvalade. Liga pede reunião de urgência ao MAI

O presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) solicitou, esta sexta-feira, uma reunião de urgência ao ministro da Administração Interna, na sequência dos incidentes no encontro entre Sporting e Benfica. "A Liga Portugal lamenta profundamente …