MH370. Investigador diz que foi usado um avião chamariz durante “desaparecimento forjado”

(cv)

Andre Milne acredita que foi usada uma aeronave chamariz para enganar e causar a impressão de que os Estados Unidos foram responsáveis pelo sequestro do voo MH370 da Malaysia Airlines.

O investigador voluntário Andre Milne afirma que havia dois aviões a rasgar o céu: um que sobrevoou as Maldivas e aterrou no mar de Andaman e o verdadeiro MH370, que voou supostamente para o norte do Camboja, de acordo com as explicações das testemunhas nos dois locais.

No dia 8 de março de 2014, dia do desaparecimento do MH370, os moradores da ilha de Kudahuvadhoo, nas Maldivas, relataram ter visto e ouvido um “Jumbo Jet a voar a baixa altitude” sobre as suas casas, avança o Haveeru Daily.

Estas declarações levantaram rumores de que o avião poderia estar a voar em direção a Diego Garcia, uma ilha onde se situa a base militar norte-americana, no sul das Maldivas.

A testemunha Raja Dalelah Raja Latife já havia relatado ter visto um avião parcialmente submerso no oceano ao largo das ilhas Andaman, durante um voo para Kuala Lumpur naquele mesmo dia. Milne afirma que este facto foi confirmado por satélites militares russos, apesar de não ter sido apresentada qualquer prova nesse sentido.

“A hipótese de que o MH370 foi levado para Diego Garcia é exatamente o que os sequestradores queriam que as pessoas acreditassem. Os aviões voaram muito baixo sobre os atóis das Maldivas para serem vistos por testemunhas credíveis com o único objetivo de criar uma falsa ilusão de que os Estados foram os responsáveis“, sublinhou.

O investigador acrescenta que isto significa que há dois locais viáveis para investigação – a baía de Bengala, onde o avião chamariz supostamente caiu, e o local no Camboja identificado por outro perito, Daniel Boyer. Ambos os investigadores acreditam que o verdadeiro MH370 aterrou na selva.

“Depois da análise comparativa das declarações das testemunhas e dos dados dos primeiros 84 minutos do desaparecimento do MH370, tornou-se evidente que uma aeronave totalmente independente foi usada durante o desaparecimento forjado do avião”, afirmou Milne, acrescentando que o relatório oficial do MH370 da Força Aérea Real da Malásia tem dados discrepantes.

“É impossível que a aeronave desaparecida seja identificada em dois locais totalmente diferentes no mesmo período de tempo. A única conclusão lógica é que um avião chamariz foi usado durante o desaparecimento forjado do MH370″, remata o investigador.

O MH370 desapareceu a 8 de março de 2014, na rota de Kuala Lumpur para Pequim com 239 pessoas a bordo. Após vários anos de tentativas infrutíferas de localizar os restos do avião, o Governo da Malásia concluiu a busca em maio do ano passado, admitindo não saber o que aconteceu com a aeronave.

PARTILHAR

17 COMENTÁRIOS

      • Iury: Também iam muitas pessoas a bordo que convinha que desaparecessem e não se soubesse o que andavam a fazer. Pesquise quem lá viajava.

        Esta teoria que foram levados para Diego Garcia já é sabida logo quase desde o início do desaparecimento, nada de novo aqui…

  1. A história tem muitos contornos indefinidos.
    Quando há um acidente, os destroços aparecem, mais cedo ou mais tarde. (recordam o jumbo da Air France?)
    Certamente haiva algo (ou alguém?) naquele avião demasiado interessante/importante para fazê-lo desaparecer sem deixar rasto, literalmente.

  2. Foram raptados pelos nazis do polo sul para renovação de sangue germânico com chineses. Assim vão ser aceites na nova ronda tecnológica.

  3. Isto é tudo treta e estes comentadores são uma cambada de lerdos que não percebem nada do espaço. O que se passou, ou como diria o Luís Filipe Vieira, o que passou-se foi que uma nave espacial alienígena veio à Terra sacar os gajos para fazer experiências. Estas estão a ter lugar no lado obscuro da Lua. Por que razão acham que os Chineses andam lá a inspecionar? Até porque toda a gente sabe que os Chineses vieram do espaço a bordo da nave USS Enterprise guiada pelo Spock, aquele gajo das orelhas bicudas. E o pior é que o Trump também é um ET mas de outra espécie. Agora andam ao molho aqui na Terra mas isto vem de outros tempos e outras paragens. Abram os olhos! E de preferência deem um jeito nas orelhas para ficarem bicudas e vão compreender melhor a realidade. Venham daí os brasileiros comentar esta!

RESPONDER

Utilizadores russos do Reddit terão divulgado documentos comprometedores sobre o Brexit

A rede social Reddit anunciou ter concluído que utilizadores russos estiveram na origem da divulgação de documentos confidenciais do governo britânico sobre as negociações comerciais do Brexit. O Reddit anunciou, num comunicado citado pela Associated Press, …

Concorrência quer novas regras para fidelizações nas telecomunicações

A Autoridade da Concorrência (AdC) quer mudanças nas regras impostas pelas operadoras de telecomunicações nos contratos de fidelização. Segundo um relatório da AdC, ao qual o Jornal de Negócios teve acesso e que será esta segunda-feira …

Se Trump fosse julgado perante um júri, seria condenado "em três minutos"

Caso o processo de impeachment avance, e Trump seja apresentado perante um júri, Jerry Nadler acredita que o presidente norte-americano seria considerado culpado "em três minutos". O presidente da comissão de Justiça da Câmara dos Representantes, …

Sangue, lágrimas e crianças escoltadas na primeira despromoção da história do Cruzeiro

O Cruzeiro desceu de divisão pela primeira vez na sua história. O último jogo do campeonato, que selou a despromoção, ficou marcado por episódios violentos entre adeptos e polícia. O cenário vivido no 'Mineirão', este domingo, …

Movimento "Convergência" prepara moção para convenção do Bloco (mas rejeita cisão)

Largas dezenas de elementos do Bloco de Esquerda (BE) estiveram reunidos para preparar uma moção para apresentar na próxima convenção do partido, mas rejeitam estar a criar uma nova tendência ou a preparar uma cisão. João …

Empresário lesou Fisco em 60 milhões, mas não tem de devolver nada

Um empresário do setor do ouro condenado a sete anos de prisão por fraude fiscal agravada não terá de devolver nenhuma parte dos 60 milhões de euros de prejuízo que deu ao Estado por não …

Maioria das pistolas Glock roubadas da PSP pode ter estado sempre com a polícia

Luís Gaiba defende que a contagem do armamento não estava atualizada e que, por isso, a maioria das armas alegadamente desaparecidas pode nunca ter saído da posse da polícia. O agente Luís Gaiba, suspeito do roubo …

Rússia banida dos Jogos Olímpicos e Mundiais por quatro anos

A Rússia foi banida, esta segunda-feira, de Jogos Olímpicos e Mundiais por quatro anos, na sequência de uma decisão, tomada por unanimidade, do comité da AMA que avalia o cumprimento dos regulamentos. A Rússia foi excluída dos …

Governo chinês bane compras públicas de computadores e software estrangeiros

O Governo chinês ordenou que todos os escritórios governamentais e instituições públicas removam computadores e software estrangeiros, ao longo dos próximos três anos, depois da decisão de Washington de banir aquisição de equipamentos da Huawei. A …

Arbitragem, relvado e azar. Sérgio Conceição explica deslize com o Belenenses

Desde a arbitragem ao relvado e de o azar à falta de discernimento, Sérgio Conceição explicou o empate contra o emblema de Belém. A equipa de arbitragem foi a principal visada. O FC Porto não foi …