Mais de metade dos britânicos querem novo referendo sobre o Brexit

Tom Evans / Crown Copyright

Theresa May, primeira-ministra britânica

Theresa May, primeira-ministra britânica

Uma nova sondagem divulgada na véspera do arranque das negociações formais, em Bruxelas, mostra que mais de metade dos britânicos gostava de um novo referendo sobre a saída do país da União Europeia.

Segundo o semanário Expresso, que cita os dados de uma sondagem do Survation, 53% dos britânicos querem um novo referendo sobre a saída do Reino Unido da União Europeia, contra 47% dos inquiridos que, por sua vez, se opõem a uma nova consulta.

Segundo os dados da mesma sondagem, realizada para o jornal The Daily Mail, apenas 35% concordam com a postura da primeira-ministra, que há uns tempos referiu que “um não acordo é melhor que um mau acordo”.

Além disso, cerca de 69% dos inquiridos são contra a saída do país da União Aduaneira, um dos principais focos das negociações, que Theresa May pretende usar como “alavanca”, escreve o semanário.

Numa outra sondagem divulgada este fim-de-semana pelo YouGov, 64% dos ingleses que apoiam o Partido Trabalhista, de Jeremy Corbyn, dizem preferir trocas comerciais sem restrições em detrimento de mais controlos no setor da imigração, contra 19% dos inquiridos que apoiam antes a postura da chefe do Governo, escreve o Expresso.

35% desses eleitores disseram que votaram há duas semanas, numas eleições em que May foi a grande derrotada, por causa da saída da União Europeia, com 47% a dizerem que querem um “Brexit suave”, contra 4% que preferem antes um “Brexit duro”.

Por sua vez, entre os que votam no Partido Conservador, 60% põem os limites à imigração à frente das trocas comerciais, contra 27% que favorecem a outra abordagem.

Arranque das negociações formais em Bruxelas

Esta segunda-feira, o ministro britânico para o Brexit, David Davis, reuniu-se hoje, em Bruxelas, com o negociador-chefe da União Europeia, Michel Barnier, para dar início às discussões formais sobre a separação.

“Iniciamos esta negociação num tom positivo e construtivo, determinados a construir uma parceria forte e especial com os nossos aliados da UE”, disse. “Há mais a unir-nos que a dividir-nos”, afirmou ainda.

Barnier disse por seu turno que as negociações devem “resolver primeiro as incertezas causadas pelo Brexit – para os cidadãos, mas também para os beneficiários das políticas europeias e para as fronteiras, em particular na Irlanda”.

Em paralelo, e enfraquecida pelo revés eleitoral nas legislativas do passado dia 8, May prossegue as negociações com os unionistas norte-irlandeses (DUP) para assegurar o seu apoio na votação parlamentar que legitime o novo governo.

A primeira etapa das negociações consiste em garantir acordo sobre os três dossiês eleitos como prioridade pelos 27 Estados-membros: o destino dos cidadãos europeus no Reino Unido, a questão da fronteira irlandesa e a “regulamentação financeira”, o pagamento por Londres de todos os compromissos financeiros já assumidos na UE.

O acordo que vier a ser alcançado entre o Reino Unido e os outros 27 Estados-membros tem de ser aprovado pelo PE para entrar em vigor.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Harry Potter ganha novo (e estranho) capítulo

Harry Potter e o retrato daquilo que parecia ser um grande monte de cinzas é o título do mais recente pedaço da história protagonizada pelo famoso feiticeiro. Mas não foi J.K. Rowling que o escreveu. Os autores …

Rússia pode cortar a Internet mundial, avisa General britânico

É uma nova ameaça à "nossa forma de vida" e à segurança e economia mundiais. O alerta é do chefe do Estado-Maior-General das Forças Armadas do Reino Unido, Stuart Peach, que teme que a Rússia …

Tribunal mantém pena de 30 anos para mulher que alega ter sofrido aborto espontâneo

Um tribunal de El Salvador confirmou a sentença de 30 anos de prisão a uma mulher acusada de homicídio agravado devido à morte do seu recém-nascido. Teodora Vásquez garante que se tratou de um aborto …

WikiLeaks é agora um meio de comunicação social

Um tribunal britânico considerou, em sentença, que o portal de divulgação de informação WikiLeaks é, agora, uma "organização de meios de comunicação". Um tribunal britânico, que avalia casos sobre liberdade de informação, classificou o WikiLeaks como …

Arquiteto Manuel Aires Mateus vence Prémio Pessoa 2017

Esta sexta-feira, o arquiteto Manuel Aires Mateus foi distinguido com o Prémio Pessoa, uma das mais importantes distinções em Portugal. O arquiteto Manuel Aires Mateus é o vencedor do Prémio Pessoa, anunciado esta sexta-feira pelo presidente …

Investigação australiana recomenda fim do celibato na Igreja Católica

Esta sexta-feira, uma investigação australiana sobre abuso sexual de crianças recomendou à Igreja Católica que levante a exigência de celibato ao clero. A Comissão Real da Austrália, que corresponde à procuradoria-geral da república, divulgou esta sexta-feira …

Carrilho absolvido do crime de violência doméstica por falta de provas

O ex-ministro da Cultura Manuel Maria Carrilho foi absolvido do crime de violência doméstica contra a ex-mulher Bárbara Guimarães. A juíza do processo considera que não há provas suficientes para uma condenação. Manuel Maria Carrilho era …

Ex-dirigente da Cerci da Guarda usa instituição para faturar

O ex-vice-presidente da Cercig, a cooperativa de solidariedade social da Guarda com estatuto de utilidade pública, foi acusado de crime de participação económica em negócio, punível com 5 anos de prisão. De acordo com o Ministério …

Pensões, subsídios e abono de família aumentam já em Janeiro

As prestações sociais pagas pela Segurança Social vão subir já a partir de Janeiro de 2018, fruto do aumento previsto de 1,8% para o chamado Indexante dos Apoios Sociais (IAS). O IAS é o referencial usado …

Lince-ibérico esteve à venda (com urgência) no OLX

Um anúncio no OLX vendia "urgentemente" um lince-ibérico pelo valor negociável de 1500 euros. O Ministério Público já está a investigar o caso. O Ministério Público está a investigar uma possível venda online de um lince-ibérico, …