Matemática é o calcanhar de Aquiles: mais de metade dos alunos do 9.º ano chumbou

ustock

Os resultados das provas finais do 9.º ano mostraram que a Português a média subiu para 66%, mas a Matemática é o calcanhar de Aquiles dos alunos, tendo descido para uma média negativa de 47%.

Mais de metade dos alunos do 9.º ano de escolaridade obteve nota negativa no exame de Matemática, enquanto a Português cerca de 87% alcançou uma classificação igual ou superior a 50%, indicou esta sexta-feira o Ministério da Educação.

“Na prova de Português observa-se que cerca de 87% dos alunos obtiveram uma classificação igual ou superior a 50%, sendo que, na prova de Matemática cerca de 48% dos alunos obtiveram classificação igual ou superior a 50%”, refere uma nota do Ministério da Educação sobre as notas finais dos exames do 9º ano de escolaridade.

Dos 94.524 alunos que realizaram o exame de Matemática, 49.173 obteve uma nota negativa, sendo a média das classificações finais de 47%, segundo o ministério tutelado por Tiago Brandão Rodrigues.

Já a prova de Português foi feita por 93.940 alunos, dos quais 12.372 obteve uma nota negativa, ficando a média das classificações nesta disciplina a 66%.

De acordo com o Ministério da Educação, a média da prova final de Português subiu em oito pontos percentuais em relação a 2017, enquanto a média do exame de Matemática registou uma descida de seis pontos percentuais face ao ano passado.

“Relativamente às taxas de reprovação, a variação relativamente a 2017 é pouco significativa: na disciplina de Português, regista-se uma descida de um ponto percentual, ao invés da disciplina de Matemática, em que se verifica uma subida de um ponto percentual”, indica o Ministério da Educação.

No total, realizaram-se 189.266 provas do terceiro ciclo em 1.255 escolas e estiveram envolvidos na classificação 4.171 professores.

// Lusa

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. O modelo de ensino é do passado. Não se aprende com os erros. Seria melhor começar com a prática e mais tarde o jovem querer saber a teoria subjacente, do que encher as crianças de teoria que não percebem, e no fim dos estudos, em jovens adultos, fazê-los pôr as mãos na massa no primeiro emprego.

  2. e este ano vão colocar a prova mais fácil para que não suceda como no passado em que mais de metade dos alunos chumbou. é ano de eleições, convém dar uma prenda aos pais dos alunos para que continuem a votar neste governo de ilusionistas.

    • Bem… pela qualidade do comentário, parece-me que tu, até como os resultados à frente, chumbarias!..
      Comentar uma notícia com um ano não é para qualquer génio!!

      • A noticia continua actual, meu caro, só não vê quem não quer. E não é só na matemática, é na lingua portuguesa com chumbos inacreditáveis, notas baixissimas dignas de um pais do 3º mundo como somos. E vá chamar génio a quem o pariu que eu não o conheço de lado nenhum.

        • Bem actual continua a mania de certos “génios” falarem do que NADA sabem!!
          Típico de gente de 3° mundo, como dizes que és!…
          Essa da “prova mais fácil por ser ano de eleições”, é apenas mais uma “boca” digna de um qualquer de “sábio de tasca”!…
          Mas, não colocas aqui dados para confirmar o que dizes?!
          Pois…
          As tais “notas baixissimas dignas de um país do 3º mundo” tem vindo a melhorar nos últimos anos e, só por acaso, estão acima da média da OCDE e à frente de países como a Espanha e os EUA!…
          Ranking PISA 2016:
          businessinsider.com/pisa-worldwide-ranking-of-math-science-reading-skills-2016-12

RESPONDER

Afinal, Vénus pode não ser tão semelhante à Terra como pensávamos

Uma nova investigação questiona a habitabilidade de Vénus, planeta que os cientistas consideram há pouco tempo numa outra investigação poder ter um clima habitável semelhante ao da Terra. De acordo com a nova investigação, cujos …

Há gelo no polo sul da Lua e pode ter muitas fontes

Um novo estudo sugere que o gelo encontrado na superfície lunar pode ter milhares de milhões de anos, além de ter surgido de diferentes fontes. O estudo, publicado recentemente na Icarus, sugere que a maioria do …

A Evolução mostra que podemos ser a única forma de vida inteligente no Universo

As reduzidas probabilidades que acompanham a nossa evolução ao longo da história podem ser uma pista que talvez sejamos a única forma de vida inteligente no Universo. Será que estamos sozinhos no Universo? Tudo se resume …

A China está a usar a educação como arma para controlar o Tibete

A China quer obrigar crianças tibetanas a abandonarem as escolas da região e mudarem-se para escolas chinesas. O objetivo, segundo uma especialista, é "tirar o tibetano da criança". A batalha geopolítica entre a China e o …

Revelada explosão violenta no coração de um sistema que alberga um buraco negro

Uma equipa de astrónomos, liderada pela Universidade de Southampton, usou câmaras de última geração para criar um filme com alta taxa de quadros de um sistema com um buraco negro em crescimento e a um …

"É altura de dizer basta". Sporting corta com as claques

O Sporting rescindiu “com efeitos imediatos” os protocolos que celebrou em 31 de julho com a Associação Juventude Leonina e com o Diretivo Ultras XXI – Associação, anunciou hoje o clube, devido à “escalada de …

Poluição atmosférica associada a abortos espontâneos

Elevados níveis de poluição atmosférica foram associados a abortos espontâneos num estudo feito com mulheres grávidas a viver e trabalhar em Beijing, na China. A China é um dos países que mais sofre com a poluição …

Empresas espanholas dominam obras públicas na ferrovia

As empresas espanholas dominam as obras públicas na ferrovia em Portugal, ascendendo a sua quota a 70%, avança o Expresso na sua edição deste sábado. Para presidente da Associação de Empresas de Construção e Obras …

Cada vez mais mulheres denunciam abusos médicos durante o parto

Um número crescente de mulheres tem vindo a denunciar casos de abuso durante o trabalho de parto. No entanto, pouco está a ser feito para mudar isto. Durante o parto, as mulheres ficam numa posição vulnerável …

Já podemos explorar "Melckmeyd", naufrágio holandês do século XVII

Nas profundezas do Oceano Atlântico, perto da costa da Islândia, encontram-se os destroços de um navio holandês que afundou há 360 anos, no qual agora podemos "mergulhar" graças a uma experiência de realidade virtual. Quando a …