Merkel dá 30 dias a Boris Johnson para encontrar solução para o “backstop”

Clemens Bilan / EPA

A chanceler alemã Angela Merkel já tinha dito estar disposta a avaliar alternativas “práticas” ao “backstop”, e esta quarta-feira, em conferência de imprensa com Boris Johnson, em Berlim, deu ao primeiro-ministro britânico 30 dias para encontrar uma solução para o problema criado em torno desse mecanismo.

“Dissemos que talvez só encontrássemos a solução para este problema, para este dilema, nos próximos dois anos, mas também podemos encontrá-la nos próximos 30 dias. Se o fizermos, estaremos a caminhar na direção certa e devemos empenhar-nos nisso”, afirmou a chanceler alemã.

Na terça-feira, segundo o Expresso, Merkel sublinhou a importância do “backstop”, medida de salvaguarda para evitar que haja uma barreira física entre a República da Irlanda e a Irlanda do Norte, enquanto garante de paz, mas disse estar disposta a avaliar alternativas “práticas”.

“No momento em que tivermos um mecanismo prático para preservar o Acordo de Sexta-Feira Santa e, ao mesmo tempo, definir as fronteiras do mercado comum, deixamos de precisar do backstop.”

Merkel também disse que a questão do “backstop” tem que ver com a relação futura entre a União Europeia e o Reino Unido, a chamada Declaração Política, pelo que não haveria necessidade de “reabrir o acordo de saída”. Já na conferência de imprensa desta quarta-feira, sugeriu que sejam feitas alterações à Declaração Política para, desse modo, resolver a questão do “backstop”.

Boris Johnson insistiu que o Reino Unido não vai, “em nenhuma circunstância”, impor controlos nas fronteiras com a Irlanda e que o “backstop” tem de ser removido. Há “uma grande margem de manobra para chegar a acordo”, disse, mas só nessa condição. “Se o conseguirmos fazer, tenho a certeza de que vamos conseguir prosseguir.”

Também criticou a sua antecessora, Theresa May, por não ter, na sua opinião, procurado outras alternativas. “As soluções são abundantes e até já foram discutidas. Só não foram propostas pelo Governo britânico nos últimos três anos.”

Numa carta enviada no início da semana ao presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, Johnson descreveu o “backstop” como “inviável” e até “antidemocrático”, considerando que o mecanismo pode minar o processo de paz na Irlanda do Norte. Em resposta, Tusk afirmou que os que se opõem ao “backstop” sem apresentarem “alternativas realistas” estão a apoiar a criação de uma nova fronteira rígida.

Backstop “simplesmente tem de sair”

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, afirmou esta quarta-feira que o Reino Unido “não pode aceitar” o atual acordo de saída da União Europeia e que o mecanismo de salvaguarda para a fronteira irlandesa “tem de sair” do texto.

“O backstop, esse mecanismo em especial que, penso, terá efeitos graves num país democrático, simplesmente tem de sair”, para evitar uma saída do Reino Unido da UE sem acordo, disse Johnson à imprensa após o encontro em Berlim com Angela Merkel.

Sem o backstop, insistiu, a negociação de um novo acordo poderia evoluir rapidamente e, assegurou, “existe uma ampla margem” para um bom acordo. “Só quero ser absolutamente claro com os nossos amigos alemães e com o governo alemão: o Reino Unido quer um acordo”, disse.

A pouco mais de dois meses da data marcada para o Brexit, uma nova sondagem mostra que a maioria dos britânico quer que qualquer novo acordo vá a referendo. Um estudo do instituto Kantar revela que 52% dos inquiridos quer um voto popular sobre qualquer novo acordo para o Brexit, enquanto 29% se opõem a um novo referendo.

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Grande carruagem cerimonial descoberta quase intacta em Pompeia

Uma grande carruagem cerimonial de quatro rodas, com elementos de ferro, decorações de bronze e estanho, restos de madeira mineralizada e vestígios de elementos orgânicos, como cordas, foi encontrada quase intacta na área arqueológica de …

FC Porto 0-0 Sporting | Nulo com sabor a vitória para o "leão"

O “clássico” do Dragão, entre FC Porto e Sporting, terminou sem golos, sem grande futebol, e com um “leão” cada vez mais perto do título, apesar de ainda faltar muito campeonato.  A igualdade permite à formação …

Adolesceste entusiasta por pirotecnia construiu o seu próprio simulador profissional de fogos de artifício

O FWsim foi lançado pela primeira vez em 2010 como um software de planeamento de fogos de artifício, voltado para profissionais de pirotecnia e entusiastas de fogos de artifício. Em 2006, conta o Vice, Lukas Trötzmüller …

Pela primeira vez em 45 anos, uma casa vitoriana "flutuou" pelas ruas de San Francisco

A manhã de 21 de fevereiro em San Francisco, nos Estados Unidos, foi um pouco diferente do normal: uma casa vitoriana passou a "flutuar" pelas ruas da cidade. De acordo com o BuzzFeed News, uma equipa …

Nação Cherokee pede à Jeep que deixe de usar o nome da tribo nos seus carros

"É hora de a Jeep reconsiderar chamar os seus SUVs Cherokee e Grand Cherokee". Pela primeira vez, a tribo norte-americana Nação Cherokee pediu diretamente à Jeep para parar de usar o seu nome nos seus …

PCP quer apoios a 100% para pais "imediatamente e com efeitos retroativos"

O secretário-geral do PCP pediu ao Governo, este sábado, apoios a 100% para os trabalhadores que estão em casa com os filhos, pagos "imediatamente e com efeitos retroativos", e defendeu um plano de desconfinamento "setor …

Naufrágio grego que levava partes do Partenon está a revelar os seus segredos

A última expedição de mergulhadores ao navio grego Mentor, que naufragou perto da ilha Citera em 1802, recuperou várias peças do cordame, moedas, a sola de couro de um sapato, uma fivela de metal, uma …

Chega vai reagir "muito veementemente" na rua à tentativa de ilegalização

O líder do Chega disse, este sábado, que o partido vai responder "muito veementemente" e com "presença na rua", já em março, à tentativa de ilegalização da estrutura promovida por Ana Gomes. "Quero deixar claro aqui, …

Procura-se candidato para dormir. Site oferece 1650 euros e uma noite num resort

Este pode ser, literalmente, um emprego de sonho: fazer dinheiro enquanto se dorme, incluindo uma noite num resort de 5 estrelas. O site Sleep Standards, que se dedica a dar informação sobre pesquisas e produtos relacionados …

Catarina Martins faz apelo a Costa. "Moratórias têm de ser estendidas já"

A coordenadora do Bloco de Esquerda fez um apelo direto ao primeiro-ministro, este sábado, para que não espere que "seja tarde demais" e decida já estender as moratórias, evitando assim uma vaga de despejos e …