Menina de 13 anos salva 8 vidas com doação recorde de órgãos

A doação de órgãos da jovem Jemima Layzell, de 13 anos, estabeleceu um novo recorde na Inglaterra, segundo autoridades do país: foram salvas oito vidas, incluindo as de cinco crianças.

Jemima Layzell, uma adolescente de Somerset, no Reino Unido, morreu em 2012 com um aneurisma cerebral, mas o seu contributo para que haja hoje oito pessoas vivas só foi revelada esta semana pelo sistema de saúde britânico, NHS.

O coração, pâncreas, pulmões, rins, intestino e fígado da jovem foram doados, tendo sido transplantados para diversos pacientes em risco de vida, que aguardavam orgãos.  O Departamento de Sangue e Transplantes do NHS assegura que, antes de Jemima Layzell, nenhum outro dador tinha ajudado tanta gente.

Jemima sofreu um desmaio enquanto ajudava a organizar a festa do 38º aniversário da mãe. Quatro dias mais tarde, morreu no Hospital Infantil de Bristol, na Inglaterra, com um aneurisma cerebral – um nódulo num vaso sanguíneo no cérebro, causado por uma fragilidade numa das paredes.

O seu coração, intestino delgado e pâncreas foram transplantados para três pessoas diferentes, enquanto outras duas pessoas receberam os rins. O fígado foi dividido em dois e transplantado para outras duas pessoas, e os dois pulmões foram transplantados para o mesmo paciente.

Em média, uma doação é usada em cerca de 3 transplantes, pelo que o número de 8 vidas salvas é muito incomum.

(dr) família Layzell

A doação de órgãos de Jemima salvou cinco crianças

Uma menina especial e única

Os pais lembram-se de Jemima como uma menina inteligente, carinhosa e criativa. “Temos a certeza de que ficaria muito orgulhosa do seu legado”, disseram.

A mãe de Jemima, Sophy Layzell, professora de teatro, e o pai, Harvey Layzell, director de uma empresa de construção civil, explicam que sabiam que a menina queria ser dadora porque falaram com ela sobre o assunto, algumas semanas antes da sua morte.

O tema surgiu depois de um conhecido da família ter morrido num um acidente. “A pessoa que morreu estava registada como dadora, mas devido às circunstâncias de sua morte, os seus órgãos não puderam ser usados”, recorda Sophy.

Jemima nunca tinha ouvido falar de doação de órgãos e achou isso estranho, mas percebeu quão importante era”, acrescentou.

A mãe confessa que a decisão de doar os órgãos da filha foi difícil, mas era a escolha correta. “Qualquer um de nós quer que o seu filho seja especial e único, e termos decidido doar os órgãos de Jemima faz-nos sentir muito orgulhosos dela”, disse a mãe.

“Pouco depois da morte de Jemima, vimos um programa na televisão sobre crianças à espera de um transplante de coração”, recorda Sophy Layzell. “E isso fez-nos perceber que dizer não seria negar a oito pessoas uma hipótese de vida”.

“Especialmente o coração dela, a certa altura Harvey sentia-se desconfortável de o doar, mas depois de ver o programa, soubemos que era a decisão correta“, conclui.

(dr) família Layzell

A família de Jemima (dir) criou uma fundação com o seu nome para promover a doação de órgãos

Os pais de Jemima acreditam que é muito importante conversar com as crianças sobre a doação de órgãos. Com a ajuda da irmã de Jemima, Amelia, hoje com 17 anos, fundaram e coordenam a The Jemima Layzell Trust, uma ONG que ajuda jovens com danos cerebrais e promove a doação de órgãos.

“O instinto de qualquer pai é dizer não, estamos programados para proteger os nossos filhos e preservar intacta a memória que temos. Foi a nossa conversa inicial com Jemima sobre o assunto que nos fez perceber que tínhamos que dizer sim“, explica o casal.

ZAP // BBC

PARTILHAR

RESPONDER

Diogo Jota no Liverpool

O Liverpool oficializou hoje a contratação do futebolista internacional Diogo Jota, de 23 anos, num contrato “de longa duração”, sem especificar a duração. A imprensa inglesa tem adiantado que o jogador vai assinar por cinco épocas, …

Companhia aérea australiana oferece voos de 7 horas (para lugar nenhum)

A companhia aérea australiana Qantas anunciou recentemente planos para um voo panorâmico de sete horas que fará um loop gigante em Queensland e Gold Coast, New South Wales e os remotos centros do interior do …

Barack Obama vai publicar um livro de memórias (mas só depois da eleições de novembro)

O livro de memórias do antigo Presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, só vai ser publicado depois das eleições presidenciais de novembro. Uma enxurrada de livros políticos chegou às prateleiras nas últimas semanas, no final da …

Confrontos em Londres entre polícia e opositores das restrições devido à pandemia

A polícia de Londres, Inglaterra, entrou hoje em confronto com manifestantes que protestavam contra as restrições que visam conter a disseminação do novo coronavírus. De acordo com a agência Associated Press (AP), os confrontos ocorreram quando …

Milhares infetados por bactéria após fuga em fábrica farmacêutica chinesa

Milhares de pessoas no noroeste da China contraíram uma doença bacteriana depois de uma fuga que causou um surto numa biofarmacêutica no ano passado. De acordo com a CNN, que cita relatos dos media locais, mais …

Guardas da Revolução do Irão prometem vingar morte do general Soleimani

O chefe dos Guardas da Revolução, o exército ideológico do Irão, garantiu hoje que a morte do general Qassem Soleimani, alvo de um raide aéreo dos Estados Unidos, será vingada em “todos os seus implicados”. “Senhor …

"O mundo está no momento mais perigoso da história humana", diz Noam Chomsky

O professor norte-americano Noam Chomsky, conhecido como o pai da linguística moderna, advertiu que o mundo está no momento mais perigoso da história da humanidade devido à crise climática, à ameaça de guerra nuclear e …

Portugal com 849 novas infecções por covid-19. Há 20.722 casos activos

Portugal registou 849 novos casos de covid-19 nas últimas 24 horas, mantendo-se a tendência de subida verificada nos dias anteriores. Mas o número de pacientes recuperados também não era tão alto desde Julho. O boletim da …

A Grândola Vila Morena abafou "a maior marcha alguma vez vista" do Chega

Com a Praça do Giraldo, em Évora, dividida por barreiras anti-motim, os participantes da concentração "Pela Liberdade" receberam os apoiantes do Chega de André Ventura ao som de "Grândola Vila Morena" e empunhando cravos vermelhos …

Pandemia assola Irão. EUA com mais 888 mortos. 19 países europeus bateram recorde de casos

Naquele que é o número mais elevado de casos diários desde abril, a Alemanha registou 2.297 novos contágios, 19 países europeus já ultrapassaram o recorde de casos do pico da pandemia. O Irão ultrapassou as …