/

É (quase) certo: melhor participação de sempre de Portugal em Jogos Olímpicos

JACK GUEZ / AFP

Jorge Fonseca vence combate para medalha de bronze, em Tóquio 2020

Terceira medalha já igualou os dois melhores registos de sempre. Mas é muito provável que Portugal ainda conquiste, no mínimo, mais uma medalha.

Claro que o título deste artigo é arriscado. Mas não é assim tão arriscado comentar que Portugal vai conquistar, no mínimo, quatro medalhas nos Jogos Olímpicos de Tóquio. Se confirmar o quarteto, será o melhor registo português de sempre neste evento, na contabilidade de medalhas.

As três medalhas já conquistadas em Tóquio não foram propriamente surpreendentes: Jorge Fonseca (judo), Patrícia Mamona (atletismo) e Fernando Pimenta (canoagem) eram favoritos ao pódio e confirmaram. Bronze no judo e na canoagem, prata no atletismo.

Qual é a quarta medalha que o ZAP considera como quase certa? A de Pedro Pablo Pichardo no triplo salto, no atletismo. Dos três portugueses na qualificação, Pichardo foi o único a conseguir a presença na final – e conseguiu uma marca de 17.71 metros, enquanto o segundo melhor atleta foi o turco Er Necati, que se ficou pelos 17.13 metros. Mais de meio metro de diferença em relação a todos os outros, uma margem enorme nesta competição. Mas, obviamente, cada dia é um dia e tudo pode acontecer na final, embora Pichardo esteja nos favoritos, até para a medalha de ouro.

Portugal tem até agora 26 medalhas conquistadas em Jogos Olímpicos. As três edições com mais pódios portugueses foram: Los Angeles 1984, Atenas 2004 e Tóquio 2020, que ainda decorre. Três medalhas em cada edição.

A edição de 1984 ganha destaque em relação às outras porque Carlos Lopes ficou com a medalha de ouro nessa edição (o primeiro título olímpico para Portugal). Ainda em Los Angeles, Rosa Mota e António Leitão conquistaram a medalha de bronze.

Já em Atenas, 20 anos depois, não houve ouro mas houve duas medalhas de prata – Sérgio Paulinho e Francis Obikwelu – e uma de bronze, conseguida por Rui Silva.

Entre as 26 subidas ao pódio, fica o registo da primeira medalha de Portugal nos Jogos Olímpicos: aconteceu em 1924, em Paris, graças ao trio Aníbal Borges D’Almeida, Hélder de Sousa Martins e José Mouzinho de Albuquerque, na equitação.

Até agora, o bronze é o metal predominante na lista de medalhas de Portugal: quatro de ouro, nove de prata e 13 de bronze.

  Nuno Teixeira, ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.