Medina é suspeito de ter combinado “jobs for the boys” com deputado do PSD

António Pedro Santos / Lusa

Fernando Medina

A Operação Tutti Frutti que levou à realização de buscas no PS e no PSD, por suspeitas de corrupção, chega a Fernando Medina, presidente da Câmara de Lisboa, que é investigado por, alegadamente, ter negociado a distribuição de “jobs for the boys” de PS e PSD com o deputado social-democrata Sérgio Azevedo.

Este é um dos dados que está em investigação no âmbito da Operação Tutti Frutti que levou a Polícia Judiciária a realizar buscas na Comissão Distrital de Lisboa do PSD e na Concelhia de Lisboa do PS, entre outras infraestruturas, nomeadamente autarquias, por todo o país.

A revista Sábado refere que os gabinetes de Fernando Medina, presidente da Câmara de Lisboa, e dos vereadores socialistas Manuel Salgado e Duarte Cordeiro, também foram alvo de buscas.

A PJ terá apreendido um contrato-programa entre a autarquia lisboeta e o clube Belenenses para a construção de um Rugby Park, bem como “cópias de despachos de nomeações e contratação de assessores externos”, refere a Sábado.

O Correio da Manhã acrescenta que Medina é suspeito de trocar com o deputado do PSD Sérgio Azevedo a distribuição de cargos para “boys” do PS em Juntas de Freguesia ganhas pelos sociais-democratas. Em contrapartida, os boys” do PSD seriam colocados em Juntas de Freguesia lideradas pelo PS.

A Câmara de Lisboa assegura, em nota enviada ao jornal, que “é total e completamente falso que tenha havido alguma combinação” deste tipo.

Estes “jobs for the boys” seriam, quase sempre, “fictícios”, com os assessores destacados a receberem entre dois a três mil euros líquidos mensais, sem efectuarem qualquer tipo de serviço, como frisa o CM.

A PJ suspeita que o dinheiro desses ordenados seria colocado num “saco azul” para financiar outros esquemas dentro do partido.

Financiamento ilícito e adjudicações suspeitas

A investigação da Operação Tutti Frutti centra-se em suspeitas de corrupção passiva, tráfico de influências, participação económica em negócio e financiamento proibido.

Os sociais-democratas Luís Newton, presidente da Junta de Freguesia da Estrela, em Lisboa, e Carlos Reis, ex-líder da JSD Braga e conselheiro nacional do PSD, são os principais visados na investigação, sendo implicados sobretudo no crime de financiamento proibido, conforme nota o Observador.

A PJ suspeita que as campanhas eleitorais do PSD foram financiadas com dinheiro de origem ilegal. A ser investigadas estão ainda adjudicações de contratos públicos superiores a 1 milhão de euros efectuadas por Juntas de Freguesia de Lisboa a empresas de militantes do PSD.

O pagamento em massa de quotas de militantes do PSD, no âmbito das eleições internas do partido, também está a ser averiguado.

Neste momento, as autoridades estão certas de que os dirigentes nacionais do PSD não tinham conhecimento destas situações de alegado financiamento proibido.

A PJ também fez buscas na concelhia de Lisboa do PS e é provável que o mesmo tipo de suspeitas se arrastem para o lado dos socialistas.

SV, ZAP //

PARTILHAR

10 COMENTÁRIOS

  1. Vamos ver se isto vai dar em alguma coisa ou se a “montanha pariu um rato”. O que a PJ está a descobrir não é novidade p/ quem tem 2 dedos de testa. Estes politicos são TODOOOOOOSSS uns VIGARISTAS, LADRÕES, CORRUPTOS não há cadeia que aguente c/ tanta gentalha a ROUBAR quem trabalha honestamente.
    Ainda chamavam fascistas aos outros ?? Os outros ao pé destes eram uns “santos”…

    • Sim! Se o Zeca cá viesse agora é que ele cantaria que “eles comem tudo e não deixam nada”. Uma quadrilha de ladrões. Se alguém reclama alguma coisa, dizem (escrevem) logo alguns que se fosse noutro tempo não podia reclamar. E que agora (embora roubado) tenho liberdade. A liberdade é para ladrões e gatunos que ninguém lhe vai à mão. A liberdade que eu utilizo hoje sempre a tive.

  2. Isto não é novo.
    Esta corrupção e desvio de dinheiro público é tão velha como a República.
    Os tugas é que vão sempre engolindo, com futebóis e afectos.

    • Quando eu era miúdo e a república, de má memória, não tinha acabado assim havia tanto tempo, quando se via alguém a colher umas cerejas de cerejeiras que, as vezes, tinham ramos para as estradas, perguntava-se logo. ISSO AÍ É REPUBLICA?? Só mais tarde compreendi porque isso acontecia…!

      • Para estes meninos partidários de agora, é tudo república, é tudo deles!
        A formação moral e a impunidade vivida nesta república, levam a isto.
        O poder corrompe e o poder absoluto (corrompe absolutamente), nos termos de fazerem o que querem sem haverem consequências, a isto leva.
        Já lá devem ir muitos milhares de milhões desviados do erário público, sem consequências para ninguém, a não ser para o contribuinte que paga a conta!
        Quer tudo viver à mama do estado.

  3. Mas este Medina não é aquele do milagre da casa!???!!!! Aquele que conseguiu valorizar a casa que vendia ao mesmo tempo que via desvalorizar fortemente a casa que acabou por comprar?!!! É o Santo Medina, o amigo do Teixeira!

RESPONDER

Filho de Biden quebra o silêncio. "Sei que não fiz nada errado"

O filho do ex-vice-Presidente norte-americano, que tem estado no centro do inquérito para a destituição de Donald Trump, admitiu que o seu percurso profissional na Ucrânia foi uma má decisão, rejeitando, porém, ter feito algo …

Já se sabe onde se vão sentar os novos partidos no Parlamento

A deputada do Livre vai sentar-se entre PCP e PS, o deputado da Iniciativa Liberal entre PSD e CDS-PP e o deputado do Chega o mais à direita, todos na segunda fila. A conferência de líderes …

Rota do Cabo: Funcionária emitiu 15 mil números de contribuinte fraudulentos em três anos

Funcionários das Finanças, da Segurança Social, do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras e advogados estão entre os principais suspeitos desta rede criminosa de auxílio à imigração ilegal. A Polícia Judiciária (PJ) desmantelou, esta terça-feira, uma organização …

"É desonesto eu pagar". Paulo Maló revoltado por causa das dívidas do império que criou

O empresário e médico dentista Paulo Maló, fundador do grupo Malo Clinic, está revoltado com a possibilidade de ter que responder financeiramente no âmbito das dívidas de 70 milhões de euros que a empresa acumulou. O …

Sismo de magnitude 6.7 atinge as Filipinas

Um terramoto de magnitude 6.7 atingiu as Filipinas, a 69 quilómetros da cidade de Davao, avança a agência Reuters. De acordo com o Serviço de Prevenção de Tsunamis do Pacífico, não é esperado um tsunami …

Web Summit: Câmara de Lisboa terá que pagar mais 4,7 milhões de euros para assegurar edição deste ano

A Câmara de Lisboa vai discutir na quinta-feira alterações ao acordo para a realização da Web Summit, entre as quais o pagamento de mais 4,7 milhões de euros e o adiamento da expansão da Feira …

Business Insider: "Lisboa foi feita para o Instagram"

"Lisboa é cool." Hillary Hoffower, jornalista do Business Insider, apaixonou-se e descreveu a capital portuguesa num artigo em que diz entender porque é que Lisboa se tornou no "destino mais popular entre millenials em 2019". Hillary …

Bolsonaro prestes a deixar PSL. Partido da IURD na corrida para o receber

Em rota de colisão com o seu atual partido, o Partido Social Liberal (PSL), o Presidente brasileiro Jair Bolsonaro equaciona romper e já recebeu cinco convites de partidos de pequeno e médio porte, admitiu a …

Antigo ministro Pedro Mota Soares assume liderança da Apritel

O ex-ministro e ex-deputado do CDS foi o escolhido para liderar a Apritel, a associação que representa as principais operadoras de telecomunicações, como a Meo, a Nos e a Vodafone. O novo secretário-geral da associação …

E depois de Cristas? CDS atira congresso de sucessão para 2020

A direção nacional do partido vai propor que o Congresso, que decidirá a liderança do CDS, seja apenas em janeiro, apesar de Assunção Cristas ter manifestado vontade de que fosse ainda este ano. O CDS-PP reúne …