Medina “cumpriu escrupulosamente” todas as obrigações legais

José Sena Goulão / Lusa

O presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Fernando Medina

O candidato socialista à presidência da Câmara de Lisboa e atual presidente do município, Fernando Medina, garantiu hoje que cumpriu “escrupulosamente” as obrigações legais relativamente à entrega da declaração de rendimentos ao Tribunal Constitucional, afirmando que foi “totalmente transparente”.

“Entreguei uma declaração ao Tribunal Constitucional informando de uma aquisição que estava a fazer, um contrato promessa”, indicou Fernando Medina aos jornalistas, à margem da apresentação da Comissão de Honra da sua candidatura à Câmara de Lisboa, presidida pelo fadista Carlos do Carmo.

“Aliás, tive a atenção de ceder a declaração e de ir muito mais além do que é pedido, do que a lei obriga, que é explicar a forma como essa aquisição seria financiada, no meu entender isso é suficiente do ponto de vista das obrigações legais”, acrescentou o autarca.

Esta terça-feira, o jornal Observador noticiou que o presidente da Câmara de Lisboa não declarou ao Tribunal Constitucional ser proprietário de um duplex no centro de Lisboa, que adquiriu a 27 de setembro de 2016 por 645 mil euros, tendo apenas informado do pagamento de um sinal de compra de 220 mil euros.

Para o autarca, esta é “uma questão que é rapidamente ultrapassável”, uma vez que faltam poucos dias para entregar uma nova declaração ao Tribunal Constitucional referente ao fim do mandato na Câmara de Lisboa.

“Todas essas questões ficarão sanadas e ficarão explícitas para aqueles que têm dúvidas”, reforçou o candidato socialista à presidência da Câmara de Lisboa.

Ainda assim, Fernando Medina reiterou que foi “escrupuloso no cumprimento das obrigações” legais, advogando que tem uma vida “totalmente transparente”, uma vez que “está tudo nas declarações entregues” ao Tribunal Constitucional.

Está declarada a aquisição da casa, a forma como ela é financiada, a forma aliás de entrada do valor da casa. Está lá muito mais do que a lei obriga”, reforçou o autarca, assumindo “um compromisso de transparência”.

De acordo com o candidato socialista, até ao momento não lhe foi solicitada qualquer retificação à declaração de rendimentos entregue em agosto ao Tribunal Constitucional.

Não tenho nada a esconder sobre isso. A aquisição que fiz, fiz o meu melhor. Mal tive o compromisso relativamente aquilo que ia ser a aquisição do imóvel procedi a essa inscrição”, referiu Fernando Medina, frisando que fez “o melhor do cumprimento da lei”.

 

Teresa Leal Coelho “não alimenta polémicas”

Questionada sobre o assunto à margem de um almoço debate que decorreu hoje na zona do Saldanha, a candidata do PSD à Câmara de Lisboa, Teresa leal Coelho mostrou-se convicta de que “Fernando Medina tem uma visão da sociedade também na defesa da transparência e do escrutínio”.

Por isso, continuou, “com certeza que o doutor Fernando Medina, o presidente da Câmara de Lisboa, estará em condições para dar todas as explicações que lhe foram pedidas”.

Quanto a mais comentários sobre o assunto, a candidata social-democrata foi taxativa. “Eu não alimento esse tipo de polémicas relativamente a adversários e muito menos a três semanas das eleições”.

// Lusa

7 COMENTÁRIOS

  1. Então se já entregou uma declaração que até diz mais que o que deve, qual é o interesse de entregar outra agora? Tudo mal explicado e a cheirar mal…

    • Qual é a parte do “…uma vez que faltam poucos dias para entregar uma nova declaração ao Tribunal Constitucional referente ao fim do mandato na Câmara de Lisboa.” que não percebe???

    • Mal explicado ou não percebe o que foi dito?
      Não sabe que tem de entregar uma declaração quando iniciam o mandato e outra quando terminam , pois só assim se sabe os bens com que começou e com que termina.

      È assim que querem ganhar as eleições, caluniando o melhor canditado a LISBOA

  2. Pois, o sr Medina já veio à televisão e disse que queria “esclarecer de forma muito clara” o ocorrido.
    O sr. Medina explicou:

    (início de citação) “As alegações são totalmente falsas.” (fim de citação!)

    Obrigado sr. Medina por não tomar os portugueses por palermas e contrapor tão absurdas e infundadas desconfianças com tão claras e pormenorizadas explicações.
    Os portugueses ficaram totalmente esclarecidos…

    • Deve ouvir muito mal, pois ele até explicou a entrada que deu no contrato promessa compra e venda e que pediu empréstimo, para liquidar o restante.

      • Pois, de facto não ouvi, até fiz questão de recuar várias vezes a gravação. As citações são textuais, sem tirar nem por uma única palavra.

        Para quem quiser e puder verificar, é ver na RTP3, serviço noticioso “3 às 17”, pelas 17h:24.

        Não sei porque terá achado inacreditável o relatado…

  3. Pronto pronto. Peço desculpa por ter interpretado mal o texto. Mas como estávamos a falar do tipo que afixou cartazes de obra feita pela cidade em plena campanha eleitoral uma coisa levou à outra.

RESPONDER

Não, os EUA não declararam guerra à Coreia. Mas não lhes abatam os aviões

Os Estados Unidos negaram hoje ter declarado guerra à Coreia do Norte e frisaram que Pyongyang não pode disparar contra os seus aviões em águas internacionais, em resposta a uma ameaça do ministro dos Negócios …

Casal canibal detido na Rússia por ter comido 30 pessoas

Um homem e uma mulher da cidade de Krasnodar, no sul da Rússia, poderão ter sido responsáveis pelo assassinato de cerca de 30 pessoas, que terão posteriormente comido. Os suspeitos, um instrutor militar de 35 anos …

Portugal pagou menos 213ME em juros à 'troika' até agosto

Portugal pagou 1.161,2 milhões de euros em juros à 'troika' até agosto, menos 213,1 milhões em termos homólogos, devido à extensão da maturidade de parte do empréstimo e aos reembolsos antecipados ao FMI. O Estado reduziu …

"Príncipe da Pontinha" detido pela GNR na Madeira

A Guarda Nacional Republicana deteve, esta segunda-feira, o autointitulado "príncipe do ilhéu da Pontinha" por este se ter oposto a uma ordem de execução judicial de encerramento de instalações, informou o porta-voz do comando territorial. "A …

Vacina contra a gripe gratuita para diabéticos e bombeiros

Direção-geral da Saúde justifica alargamento da gratuitidade com os riscos que o frio representa para os diabéticos e com a assistência na saúde prestada pelos bombeiros. A vacina contra a gripe vai ser este ano pela …

Morreu Abd El Aty, a mulher que chegou a pesar 500 quilos

Aos 37 anos, Eman Ahmed Abd El Atya estava a ser submetida a um tratamento intensivo nos Emirados Árabes Unidos. Mas acabou por morrer na sequência de complicações cardíacas. A egípcia Eman Ahmed Abd El Aty, …

Turquia encerra fronteira e ameaça petróleo em represália a referendo curdo iraquiano

O Presidente da Turquia, forte opositor do referendo sobre a independência do Curdistão iraquiano, anunciou esta segunda-feira que encerrará em breve a fronteira terrestre com aquela região autónoma do Iraque, bem como ameaçou bloquear as …

Comentador do Benfica diz que foi agredido por administrador do Sporting

O comentador da Benfica TV e advogado António Pragal Colaço apresentou queixa-crime contra o administrador da SAD do Sporting, Nuno Correia da Silva, acusando-o de agressão. O caso é divulgado pelo Correio da Manhã (CM) que …

Políticos e militares negam relatório de Tancos (Expresso promete novas revelações)

O Exército continua a negar a existência de um relatório das secretas militares sobre o roubo de Tancos, tal como o Presidente da República, o primeiro-ministro e o ministro da Defesa. Mas o director do …

Sondagem: Isaltino ganha Oeiras

A candidatura de Isaltino Morais - Inovar Oeiras de Volta - lidera a sondagem com 13 pontos percentuais acima do atual presidente da autarquia Paulo Vistas, antigo vice presidente de Isaltino Morais. As eleições autárquicas estão …