Com o apoio de Costa, Medina apresenta recandidatura a Lisboa (e promete creches gratuitas)

José Sena Goulão / Lusa

O secretário-geral do Partido Socialista (PS), António Costa (D), aplaude Fernando Medina (E), após o anúncio da sua recandidatura à Câmara Municipal de Lisboa.

O candidato do PS à Câmara de Lisboa, Fernando Medina, comprometeu-se hoje a tornar as creches gratuitas, uma medida que pretende incentivar a natalidade e a fixação de jovens na cidade.

“Quero anunciar aqui que fará parte do nosso compromisso eleitoral a redução progressiva dos valores pagos pelas famílias com creches, tendo em vista assegurar que se tornarão gratuitas até ao final do mandato para as famílias jovens da classe média que residam em Lisboa”, salientou o também presidente da Câmara de Lisboa, na Estufa Fria, na apresentação da sua recandidatura ao município lisboeta, sob o lema “Mais Lisboa”.

“Esta será a mais importante política de apoio aos rendimentos das jovens famílias, um poderoso incentivo à natalidade e à fixação de jovens em Lisboa”, defendeu o candidato.

Medina apresentou a sua candidatura com a presença de António Costa. O primeiro-ministro aproveitou a oportunidade para lançar uma farpa para o PSD, dizendo que “ao contrário de outras candidaturas, esta não é uma candidatura para a preservação do líder do PS por interposta pessoa”.

Citado pelo Observador, Costa garante que “nos últimos sete anos a cidade de Lisboa mudou para melhor” e que o “trabalho nos próximos anos será muito exigente”, avisando que é preciso que a cidade “não volte à estagnação em que estava antes de 2007”.

Já na parte final da sua intervenção de elogio a Fernando Medina, o secretário-geral do PS voltou à carga, dizendo que Lisboa “não pode ser um espaço de aventuras”.

“Não pode ser um espaço simplesmente de afirmação de contabilização de jogos partidários. A cidade é um grande valor que o país tem”, argumentou.

Durante o seu discurso, Fernando Medina realçou que o país está a ser confrontado com uma quarta vaga da pandemia de covid-19, prometendo que o município vai continuar a auxiliar os mais necessitados, a economia e o emprego, a promover a testagem em massa, assim como a apoiar a aceleração da vacinação contra a covid-19.

“Se há lição deste período de pandemia é que devemos prosseguir com ainda mais determinação, mais rapidez e mais profundidade a agenda de Lisboa Capital Verde, a agenda de Lisboa Saudável, a agenda de Lisboa Solidária”, sublinhou.

Fernando Medina é presidente da Câmara Municipal de Lisboa desde 2015, tendo sucedido no cargo a António Costa, atualmente primeiro-ministro. Em 2017, venceu as eleições autárquicas na capital.

O executivo de Lisboa é atualmente composto por oito eleitos pelo PS (incluindo dos Cidadãos por Lisboa e do Lisboa é Muita Gente), um pelo BE, quatro pelo CDS-PP, dois pelo PSD e dois pela CDU.

Para a corrida à presidência da autarquia foram até agora anunciadas as candidaturas de Fernando Medina (PS), Carlos Moedas (coligação PSD/CDS-PP/PPM/MPT/Aliança), João Ferreira (CDU), Bruno Horta Soares (IL), Nuno Graciano (Chega), Beatriz Gomes Dias (BE), Manuela Gonzaga (PAN), Rui Tavares (Livre) e Tiago Matos Gomes (Volt).

As eleições autárquicas estão marcadas para 26 de setembro.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Estrela foi banquete de um buraco negro e criou um fenómeno raríssimo

O resultado do encontro entre um buraco negro e uma estrela azarada deu origem a um fenómeno raríssimo detetado por astrónomos. Ao medirem a radiação X enquanto a estrela era devorada, perceberam que estavam perante um …

Um carro movido a energia solar? Bom. Um carro-casa movido a energia solar para fazer 3 mil km? Melhor ainda

Projeto foi desenvolvido por estudantes universitários holandeses, cujo trabalho em veículos movidos a energia solar é já conhecido. O Stella Vita será testado numa viagem de longo curso pelo sul de Espanha já este mês, …

Há uma rua no Texas onde todas as casas foram impressas em 3D

Esta é a primeira comunidade de casas impressas em 3D nos EUA que está pronta a receber habitantes. A construção torna as habitações mais resistentes ao fogo e a inundações. Chama-se East 17th Street e fica …

A filha de Picasso doou nove obras do artista espanhol a França

A família de Pablo Picasso doou nove obras do artista ao Estado francês, que serão agora integradas no Museu Picasso, em Paris. Maya, a filha de Pablo Picasso, doou nove obras do artista como parte de …

Dormir bem? Depois da pandemia, não

O novo coronavírus criou uma "nação" de pessoas com insónias. Trabalhar menos horas pode ajudar. Insónias. Já eram um problema para muita gente até ao início de 2020 mas a pandemia que mudou o mundo também …

"Não posso ficar sentado a ver-nos voltar a 1972". Médico desafia a lei no Texas e admite que já fez um aborto

Um médico texano escreveu uma coluna de opinião no Washington Post a admitir que já fez um aborto no estado, depois da lei que proíbe interromper as gravidezes após seis semanas ter entrado em vigor. Em …

A cidade mais segura do mundo foi revelada (e é europeia)

Copenhaga foi eleita a cidade mais segura do mundo em 2021 pelo Índice de Cidades Seguras (SCI), da Economist Intelligence Unit. Quando se trata de escolher o destino a visitar, a segurança é um dos aspetos …

Benfica 3-1 Boavista | Águia evolui com Darwin para a vitória

Desde 1982/83 que o Benfica não vencia os primeiros seis jogos no Campeonato. Pois bem, na noite desta segunda-feira, os encarnados venceram o duelo ante o Boavista e fizeram xeque-mate graças ao bis de Darwin …

Milhões de pessoas em risco de tráfico e escravidão devido à crise climática, revela relatório

Milhões de pessoas forçadas a deixar as suas casas por causa da seca severa e ciclones correm o risco da escravidão moderna e de tráfico humano nas próximas décadas, alertou um novo relatório publicado esta …

Mercado teme corrida ao imobiliário com o fim dos vistos gold

A partir de janeiro, segundo as novas regras aplicáveis aos vistos gold, vão deixar de estar abrangidos os investimentos em imobiliário com destino a habitação em Lisboa, no Porto e no litoral. O regime que visa …