Médicos imigrantes impedidos de ajudar a combater o coronavírus nos EUA

Devido às regras dos vistos, muitos médicos imigrantes estão a ser proibidos de ajudar a combater a pandemia de covid-19 fora do hospital em que trabalham.

Os Estados Unidos continuam a sentir em força as consequências da pandemia de covid-19. O país superou a marca das 10 mil mortes no início desta semana e soma mais de 347 mil casos confirmados. Numa altura em que toda a ajuda é pouca, os médicos imigrantes estão a ver-se impedidos de ajudar no combate ao surto devido às regras dos vistos norte-americanos.

Embora Shantanu Singh, médico especializado em pneumologia, trabalhe na Virgínia, o seu emprego permitia-lhe facilmente viajar para Nova Iorque, um dos Estados mais afetados no país, para ajudar durante os seus dias de folga. E, como explicou ao The Intercept, Singh gostaria de o fazer. “É o que sou treinado para fazer”, explica o médico de origem indiana.

No entanto, é ilegal ir para um destes locais que tão desesperadamente precisam de ajuda médica. O seu visto de imigrante deixa-o incapaz de ter um trabalho remunerado ou até voluntário em qualquer hospital que não tenha patrocinado o seu visto.

Singh não é um caso único nos Estados Unidos. Tal como ele, devido às regras dos seus vistos, outros 10 mil profissionais de saúde estão proibidos de trabalhar em qualquer hospital para além daquele em que estão empregados.

Mais do que um em cada quatro médicos os Estados Unidos são imigrantes. Os vistos permanentes de imigração norte-americanos, conhecidos por green cards, são atribuídos por país e há uma lista de espera particularmente longa para cidadão indianos.

Três quartos dos dos trabalhadores que aguardam pelo visto, cerca de 700 mil, são oriundos da Índia. Espera-se que sensivelmente 200 mil deles morram de velhice antes de lhes ser atribuído um green card.

Ficamos a olhar enquanto pessoas treinadas como urologistas ou cirurgiões ortopédicos estão a ser chamados para ajudar. Eles até estão a pôr estudantes de medicina na linha da frente”, lamenta Ramakrishna Yalamanchili, médico indiano imigrado na Virgínia. “Quero ser voluntário onde precisam de nós. Queremos ajudar a impedir a propagação antes que ela chegue aqui”.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. mas se a urgencia fosse na casa branca, aposto que os obrigavam a ir tratar do trump
    nem nestas alturas de pandemia deixam de serem estupidos.

Federer sente falta de Wimbledon. "Deu-me tudo"

Roger Federer admitiu sentir a falta de Wimbledon, o torneio do "Grand Slam" que, se não tivesse sido cancelado devido à pandemia de covid-19, estaria a decorrer em Londres. O tenista suíço Roger Federer admitiu, esta …

Vanessa Guillen foi espancada até à morte. Jovem soldado tinha dito à mãe que era vítima de assédio

Vanessa Guillen foi vista pela última vez a 22 de abril, pouco tempo depois de confessar à mãe que estava a ser assediada por um sargento. O principal suspeito da morte da jovem suicidou-se e …

Presidente da Câmara do Funchal envia carta a Boris Johnson a defender a Madeira

O presidente da Câmara do Funchal escreveu uma carta a Boris Johnson, na qual realça "alguns argumentos fortes" a favor da Madeira como destino de férias para os cidadãos do Reino Unido. O presidente da Câmara …

Livros pró-democracia desapareceram das bibliotecas de Hong Kong

Livros escritos por importantes ativistas da democracia de Hong Kong começaram a desaparecer das bibliotecas da cidade, avança a agência noticiosa francesa AFP, citando registos online destes espaços. Os livros pró-democracia desapareceram das prateleiras da …

Lito Vidigal é o novo treinador do Vitória de Setúbal

Lito Vidigal é o novo treinador do Vitória de Setúbal. O ex-treinador do Boavista, que já tinha passado pelo Bonfim em 2018/2019, vai suceder a Júlio Velázquez no comando técnico dos sadinos. Esta segunda-feira, Lito Vidigal, …

Estados Unidos confirmam rara infeção provocada por parasita que destrói o cérebro

Foi detetada, no cérebro de uma pessoa no condado de Hillsborough, uma ameba rara que destrói o cérebro. O parasita chama-se Naegleria Fowleri. Uma ameba rara que destrói o cérebro, conhecida como Naegleria Fowleri, foi detetada numa …

IKEA devolve a Portugal 500 mil euros em apoios do lay-off

A IKEA já reuniu com o Governo e diz estar a estudar a melhor forma de proceder à devolução do montante recebido pelo Estado.  Segundo o Dinheiro Vivo, a IKEA Portugal vai devolver cerca de 500 …

Isabel dos Santos diz-se "contactável e disponível" para colaborar com a justiça

Isabel dos Santos negou, esta segunda-feira, que a justiça desconheça o seu paradeiro e que não a consiga contactar, depois de o procurador-geral de Angola ter vindo a público denunciar a ausência de respostas da …

"Não estamos a dar a resposta suficientemente eficaz nesta fase", diz bastonário dos médicos

O bastonário da Ordem dos Médicos (OM), Miguel Guimarães, defendeu esta segunda-feira que enquanto faltar uma "resposta suficientemente eficaz" à covid-19 na fase de desconfinamento, a recuperação económica também será mais lenta. O responsável falava aos …

Bolsonaro alarga veto para uso de máscaras no Brasil

Jair Bolsonaro vetou, esta segunda-feira, a obrigatoriedade do uso de máscaras em prisões durante a pandemia, segundo informações divulgadas no Diário Oficial da União. A decisão do Presidente brasileiro incluiu também o fim da obrigatoriedade de …