Físicos medem força nuclear fraca pela primeira vez

DESY/Science Communication Lab

Pela primeira vez, físicos conseguiram fazer a medição precisa da força entre eletrões e protões, a chamada força nuclear fraca.

Físicos internacionais aproveitaram uma particularidade estranha da física de partículas para conseguirem obter uma medida sólida numa das forças fundamentais mais fracas da natureza. Este esforço internacional conduzido no Jefferson Lab, um laboratório pertencente ao Governo norte-americano.

As interações entre as partículas ocorrem em quatro categorias, que podem ainda combinar-se em energias altas. A primeira categoria é a gravidade, responsável por manter juntos os planetas, exigindo assim pedaços de matéria do tamanho de um planeta para que seja possível observar os seus efeitos.

A segunda força, que também já é nossa conhecida, é o eletromagnetismo, responsável por manter as moléculas juntas. Na sequência, encontramos a força nuclear forte, que é uma espécie de “cola” dos núcleos atómicos, atuando sobre distâncias minúsculas para ligar partículas quarks a protões e neutrões.

Por último, a estranha força nuclear fraca, que ajuda alguns átomos a passarem pelo decaimento radioativo e transforma neutrões em protões. Através da medição, os cientistas descobriram que, mesmo sendo tão leve quanto a gravidade, a interação nuclear fraca representa apenas uma fração da atração entre as cargas de um protão e de um eletrão.

Ross Young, físico da Universidade de Adelaide, explica que fazer esta medição era muito difícil “porque a força fraca é muito mais fraca do que a eletromagnética“.

Os físicos aproveitaram-se de uma descoberta feita nos anos 1950. O estudo, publicado esta quarta-feira na Nature, sustenta que grande parte da física segue uma regra de equilíbrio e simetria. Isto significa que se trocássemos cargas positivas por negativas, tudo ficaria praticamente igual.

Já a força nuclear fraca é uma exceção importante, devido a um viés de esquerda e direita no colapso das partículas que estão envolvidas nesta força.

Assim, girar eletrões quer para a direita, quer para a esquerda e “atirá-los” contra protões faz com que haja um efeito de ricochete de maneira precisa dependendo da sua direção ou “helicidade” dependendo da sua rotação.

“A diferença entre as duas configurações de helicidade é de menos de 300 para cada mil milhões de eletrões espalhados”, explicou Young. “Medindo essa pequena diferença com muita precisão, conseguimos determinar a fraca carga do protão”.

Os resultados da experiência estão alinhados com o que seria esperado, dentro da nossa atual compreensão da física de partículas, o Modelo Padrão.

PARTILHAR

RESPONDER

Há uma "Matilde" na Bélgica que também precisa do medicamento mais caro do mundo

Mais de 950 mil belgas responderam ao apelo de um casal, que precisava de reunir 1,9 milhões de euros para comprar o medicamento mais caro do mundo para a filha. Pia, de nove meses, sofre de …

System of a Down confirmados no festival VOA, no Estádio Nacional

Os System of a Down são a primeira grande confirmação do VOA - Heavy Rock Festival, que em 2020 se realiza a 2 e 3 de julho no Estádio Nacional. De acordo com a Blitz, este …

PSV 3-2 Sporting | “Leão” vendeu cara uma derrota injusta

O Sporting iniciou a sua participação na fase de grupos da Liga Europa com uma derrota amarga na Holanda, na visita ao PSV, por 3-2. Seis minutos fatais na primeira parte deixaram os “leões” em desvantagem …

Políticos da Coreia do Sul estão a rapar o cabelo (e já se sabe porquê)

Políticos da oposição na Coreia do Sul estão a rapar o cabelo em protesto contra a nomeação de um ministro da Justiça cuja família está a ser investigada por suspeita de irregularidade. O vice-presidente do parlamento, …

Paris acordou repleto de cartazes que denunciam violência contra as mulheres

Um dos bairros de Paris acordou com cartazes, escritos em português, numa ação de rua contra a violência sobre as mulheres, uma iniciativa do movimento "Collages Feminicides", que tem feito este tipo de ações ilegais …

Ana Julia Quezada declarada culpada no caso da morte de Gabriel

Um júri popular considerou esta quinta-feira por unanimidade que Ana Julia Quezada é culpada de assassinar, com maldade (que segundo o código pena espanhol serve de agravante penal), Gabriel, o filho de oito anos do …

Burger King vai deixar de oferecer brinquedos de plástico nas refeições infantis

A cadeia de hambúrgueres Burger King no Reino Unido vai deixar completamente de usar plástico não biodegradável nos brinquedos que acompanham as refeições infantis. A decisão segue-se a uma petição pública lançada no site Change.org por …

Presidente veta “barrigas de aluguer”

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, vetou esta quinta-feira a alteração à lei relativa à procriação medicamente assistida, em consequência de o Tribunal Constitucional (TC) ter declarado inconstitucional duas normas do diploma. “Na sequência …

Raquel é a nova embaixadora do combate às alterações climáticas da ONU

A investigadora Raquel Gaião Silva promete dar o seu melhor como embaixadora da juventude para o combate às alterações climáticas, estatuto que alcançou ao vencer um concurso internacional de vídeo promovido pela ONU. "É uma responsabilidade. …

Huawei lança telemóvel sem aplicações do Google e Facebook

Os novos telemóveis topo de gama da Huawei vão chegar ao mercado sem aplicações do Google pré-instaladas. O Mate 30 e o Mate 30 Pro terão um sistema Android, mas virão sem serviços como o …