Saíram as notas dos exames. Médias positivas mas mais reprovações

Marcello Casal Jr. / ABr

Os notas dos exame nacionais foram publicadas nesta quinta-feira e, de acordo com os dados divulgados, as tendências mantiveram-se: Português e Matemática registaram médias positivas. Pior ficou História que desceu 8 pontos, tendo uma média geral negativa.

De acordo com os dados divulgados pelo Ministério de Educação e apesar do clima de instabilidade que marcou as avaliações nacionais durante este ano, o resultados foram de encontro aos registados em 2017, avança o Público.

Português A e Matemática, duas das disciplinas com mais alunos inscrito, ambas desceram ligeiramente as médias, que continuaram positivas. A Português desceu de 11,1 para 11 valores. E a Matemática passou de 11,5 para 10,9.

Já as disciplinas de Física e Química A e a Biologia e Geologia, ambas disciplinas do 11.º ano, subiram, respetivamente, de 9,9 para 10,6 e de 10,3 para 10,9.

Dos 21 exames para os quais é possível fazer comparações, registou-se uma subida da média em nove.

História A e Economia A foram as disciplinas que registaram maiores descidas nas provas deste ano. As médias a passarem, respetivamente, de 10,3 para 9,5 e de 12,1 para 11,3. Com uma queda de 8 pontos (em 200), História ficou assim com uma média negativa.

Taxas de reprovação subiram a Matemática

O exame nacional de Matemática foi a prova que registou mais reprovações, com uma taxa de 14% de alunos reprovados. O ano passado foi a disciplina de Física e Química que registou mais reprovações, nota o Observador.

Física e Química, que no ano passado registou uma taxa de reprovação de 14%, melhorou os resultados, passado a ter 10% de chumbos.

As inscrições para a segunda fase dos exames nacionais arrancam a 18 de julho — no mesmo dia em que se iniciam as candidaturas ao Ensino Superior — e terminam a 23 de julho.

Escolas abriram portas à meia-noite para afixar notas

Este ano, e à semelhança do ano passado, são várias as escolas, principalmente na região Norte, que voltaram a abrir portas nos primeiros minutos desta quinta-feira para que tanto os alunos como os familiares pudessem ter conhecimento das notas dos exames nacionais e das provas de equivalência.

Segundo o Jornal de Notícias, a Escola Secundária Martins Sarmento, em Guimarães, e a Escola Secundária Camilo Castelo Branco, em Famalicão, foram duas das escolas que convidaram os estudantes a conhecer as suas classificações logo após a meia noite através das redes sociais e de SMS.

Filinto Mota, membro da Associação Nacional de Diretores de Agrupamentos de Escolas Públicas, esta “é uma medida muito positiva no final de um ano letivo que foi e está a ser particularmente duro”. Este “momento de convívio entre a comunidade escolar” reduz o “sofrimento dos alunos e das famílias porque vão todos dormir mais descansados”.

“A indicação do Ministério da Educação é que as notas apenas sejam reveladas no dia 12 e as escolas não vão infringir nenhuma norma. Umas vão mostrar as notas às 8 horas da manhã e outras às 00.01 horas”, explicou ao jornal.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Notas baixam. 9 em 21 disciplinas subiram a média e pouco. Mais reprovações. E os professores querem ser aumentados. Está à vista que o sucesso depende do trabalho e interesse do aprendiz e não do trabalho do mestre. Já dizia o karate kid…

    • É um trabalho conjunto, trabalho de equipa. As notas são tanto responsabilidade do professor quanto dos alunos. Se a média da turma é negativa então o trabalho do professor foi negativo, o inverso também se pode verificar. Não se pode imputar toda a responsabilidade ao professor mas também não se pode fazer o mesmo ao aluno, tem que ser visto caso a caso. O histórico do aluno assim como o histórico do professor em termos de notas também conta muito e diz muito acerca do empenho de ambos em atingir o sucesso nas notas.

      • O seu ponto de vista até parece fazer sentido, mas só muito raramente pode ter razão de ser. Dizer que «se a média da turma é negativa então o trabalho do professor foi negativo» é não fazer ideia do que se passa realmente. É que a questão, hoje, já não pode ser vista desse modo. O professor pode ser o mais competente do mundo, cientifica e pedagogicamente o mais capaz, mas se os alunos não quiserem aprender, ao professor de nada serve a sua competência e a sua capacidade.
        Há situações tão tristes e desanimadoras para os docentes, que quem está por fora delas nem imagina.
        De resto, a hipótese que o “Esclarecido” levantou quanto à “media da turma…” já nem se coloca, porque o número de reprovações admitido pelo Ministério é diminuto, nada tendo que ver com o que a realidade deveria exigir.
        Os alunos sabem disso e por isso marimbam-se para os estudos. Só uma minoria é dedicada, obtendo boas notas. E são as notas dessa minoria que fazem subir as médias, senão o senário ainda era pior.
        Culpar os alunos pelos seus fraquíssimos resultados também não me parece totalmente legítimo. As solicitações a que estão sujeitos nos dias que correm desvia-lhes os interesses, as motivações, pelo que tudo está primeiro do que a Escola.
        Os pais e encarregados de educação são, em meu entender, os principais responsáveis pela situação, alheando-se da indispensável atenção aprestar aos seus educandos, parecendo esuqcer-se das sua obrigações para com eles.
        Depois é o Ministério da Educação que, de há anos a esta parte mais não tem feito do que escangalhar o que de aproveitável o sistema conservava.
        E assim estamos, e assim vamos. Não sabemos é para onde…

RESPONDER

Forças armadas alemãs ponderaram recrutar estrangeiros (mas ninguém se quis juntar)

As forças armadas da Alemanha estão a lutar para atrair recrutas muito necessárias, com o número de novos soldados no Bundeswehr a cair para um recorde no ano passado. A escassez é um desafio urgente para …

FC Porto vs Vitória Setúbal | Superioridade total do dragão

O FC Porto não vacilou e regressou às vitórias na Liga NOS. Na recepção ao Vitória de Setúbal, os “dragões” venceram por 2-0, num jogo que esteve longe de ser espectacular e que valeu pela …

Os portugueses dormem pouco e mal

Os portugueses estão a descansar poucas horas, dormindo em média menos de seis horas diárias, com reflexos negativos na vida ativa e social, disse esta sexta-feira o presidente da Associação Portuguesa do Sono (APS), Joaquim …

Vaticano destitui ex-cardeal dos Estados Unidos por acusações de abusos sexuais

A Congregação para a Doutrina da Fé expulsou do sacerdócio o ex-cardeal e arcebispo emérito de Washington Theodore McCarrick depois de este ser acusado de abusos sexuais de menores e seminaristas, anunciou o Vaticano. Num comunicado, …

Maré de água suja atingiu a já debilitada Grande Barreira de Coral

Um enorme manto de água poluída oriunda das recentes inundações que se registaram no nordeste da Austrália penetrou em partes da já debilitada Grande Barreira de Coral, o maior recife de coral do mundo. Estas camadas …

É oficial: Pedro Marques é o cabeça-de-lista socialista às europeias

O atual ministro do Planeamento e das Infra-estruturas, Pedro Marques, é o cabeça de lista dos socialistas às eleições europeias. Era uma notícia já avançada por vários órgãos de comunicação social e hoje António Costa confirmou-a. …

Governo espanhol aprova ordem de exumação de Franco

O Governo espanhol aprovou a ordem para exumar o ditador Francisco Franco do seu atual lugar de enterro, o monumento do Vale dos Caídos, medida à qual a família ainda se opõe. Os familiares de Franco …

Sonda da NASA aperta órbita em preparação para a missão Marte 2020

A missão MAVEN (Mars Atmosphere and Volatile Evolution) da agência espacial norte-americana, já com 4 anos, está a embarcar numa nova campanha para apertar a sua órbita em torno de Marte. A operação vai reduzir …

Trump precisa de oito milhões de dólares para o muro e a Casa Branca explica onde os vai buscar

A Casa Branca identificou esta sexta-feira os fundos federais que serão utilizados pela administração de Donald Trump para conseguir financiar a construção do muro na fronteira com o México. O Presidente norte-americano declarou esta sexta-feira estado …

Desativação de bomba da II Guerra Mundial paralisa e evacua Paris

Mais de mil moradores e trabalhadores evacuados, comboios urbanos, nacionais e internacionais cancelados, estradas fechadas, rotas de autocarro desviadas e pelo menos uma estação de metro encerrada em Paris. Também o bairro de porte de La …