Marques Mendes elogia “voz independente” de Medina (e diz que a TAP pode ser um crematório político)

Mário Cruz / Lusa

Luís Marques Mendes

Luís Marques Mendes elogiou neste domingo as críticas que o presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Fernando Medina, fez ao combate à pandemia, considerando ainda que a resolução da TAP, que culminou na saída de David Neeleman e num reforço do poder do Estado, pode ser um crematório político. 

“Acho a polémica exagerada, as críticas [que lhe fizeram] não fazem sentido”, começou por dizer Marques Mendes sobre Medina no seu habitual espaço de comentário na SIC.

“É natural que um político tenha a sua agenda (…) [Fernando Medina] tem o direito e até o dever de fazer críticas públicas”, continuou o conselheiro de Estado, dizendo ainda que o presidente da autarquia de Lisboa “tem razão no que disse”.

“Teve a coragem de dizer em público o que muitos dizem em voz baixa. Não sei se falou previamente com António Costa, mas fez isto para dar um safanão na situação”.

No entender do comentador político, “a política até se prestigia” quando um responsável político critica atores da mesma esfera. “É um bom serviço que [o autarca da câmara de Lisboa] presta, precisamos de vozes independentes”, sustentou, citado pelo Expresso.

Marques Mendes referia-se às acusações de Fernando Medina às autoridades de saúde responsáveis pelo combate à pandemia de covid-19.

“Com maus chefes e pouco exército não é possível ganhar esta guerra (…) ” [Esta] é uma nota direta a todos os responsáveis relativamente a esta matéria, que é preciso agir rápido. Ou há capacidade de conter isto rápido ou então têm de ser colocadas as pessoas certas nos sítios certos”, disse a semana passada Fernando Medina.

Depois, o autarca de Lisboa veio esclarecer que os seus comentários não se dirigiam à ministra da Saúde, Marta Temido, mas antes às chefias regionais.

TAP pode ser “grande crematório político”

No mesmo espaço, Marques Mendes analisou a situação da TAP, um dos temas quentes da semana que acabou com a saída do empresário norte-americano David Neeleman e com o reforço da posição do Estado, que passa agora a deter 72 % da empresa.

No entender de Marques Mendes, a solução encontrada para a TAP, isto é, o acordo entre os acionistas privados e o Estado que evitou a nacionalização da companhia aérea, foi a “menos má” entre todas as que estavam em cima da mesa.

Ainda assim, esta não foi “uma solução boa”, até porque não havia nenhuma boa solução para a companhia aérea portuguesa. Apesar de não se tratar de uma nacionalização, que e traria “danos reputacionais, judiciais e perda de poupanças dos trabalhadores acionistas”, um acordo, ainda que “caro” para o Estado português, impede a “falência da TAP, o que seria uma calamidade para a economia e o emprego”.

Quanto à atuação política neste dossiê, Marques Mendes considerou que o primeiro-ministro, António Costa, “esteve bem”, rasgando elogios ao ministro das das Infraestruturas, Pedro Nuno Santos.

“[O ministro] sai bem porque conseguiu dois objetivos: queria reforçar o papel do Estado e ‘correr’ com o acionista David Neeleman”, disse, considerando que o governante foi até “injustiçado” neste processo”: “Não inventou problemas na TAP”.

Marques Mendes disse ainda temer que o futuro da TAP, que passa pela reestruturação da companhia, possa passar por “cortes e despedimentos“, situação que podia tornar esta pasta num “grande crematório político“, considerou, citado pelo jornal Observador.

Por fim, e tendo em conta a injeção de capital que será necessária na nova vida da TAP, Marques Mendes pediu uma auditoria financeira independente à empresa.  “Os portugueses vão meter muito dinheiro na TAP. Têm ao menos o direito de saber tudo o que lá se passa” e passou desde o processo de privatização de 2015.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. “É natural que um político tenha a sua agenda”
    Heheheee… e é natural que o político fracassado e meio-metro de advogado mafioso tenha a sua agenda, portanto, tal como o Medina, nunca devia fazer de conta que é comentador!!

RESPONDER

"The Crown" domina Emmys e "The Handmaid's Tale" é a derrotada da noite

A série da Netflix “The Crown” foi a grande vencedora da 73.ª edição dos Prémios Emmy, levando pela primeira vez a estatueta de Melhor Série Dramática e dominando por completo a categoria na maior noite …

Vacina contra a covid-19 em spray nasal tem vários benefícios - e pode estar para breve

Atualmente, receber uma vacina contra a contra a covid-19 é sinónimo de levar uma injeção no braço. Contudo, esta realidade pode mudar, já que um novo estudo garante a eficácia de vacinas administradas de forma …

Messi substituído e surpreendido

Jogo contra o Lyon não estava a correr bem para o PSG e o treinador Mauricio Pochettino decidiu colocar Lionel Messi no banco de suplentes. O Paris Saint-Germain "sobreviveu" neste domingo - mas já sem Lionel …

“Este senhor é primeiro-ministro? Não, mas vai ser“. Em tempo de autárquicas, Pedro Nuno faz campanha dupla

Pedro Nuno Santos tem aproveitado a campanha autárquica para prosseguir a sua campanha interna. Um dia será sucessor de António Costa e a ocasião é perfeita para ganhar simpatizantes dentro do próprio partido. Entre sexta e …

Pelo menos oito mortos e seis feridos num tiroteio em universidade na Rússia

Pelo menos oito pessoas morreram e seis outras ficaram feridas após um atirador abrir fogo hoje numa universidade na cidade russa de Perm, segundo o Comité de Investigação da Rússia citado pela agência de notícias …

Vulcão nas Canárias em erupção e destrói casas. Cinzas podem chegar à Madeira

O vulcão Cumbre Vieja, na ilha espanhola de La Palma, entrou este domingo em erupção na zona de Las Manchas, depois de mais de uma semana em que foram registados milhares de sismos na região. A …

Cientistas queriam estudar a propagação das borboletas, mas criaram uma matriosca de parasitas

Objetivo dos cientistas era perceber, através da introdução da espécie de borboletas Glanville fritillary qual o seu poder de dispersão numa ilha finlandesa. No entanto, acabaram com um retrato alarmante para todos os investigadores que …

Marcelo encontra-se em Nova Iorque com Presidentes das Maldivas e Peru

O Presidente da República tem agendados encontros bilaterais com cinco chefes de Estado, em Nova Iorque, à margem da Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), entre os quais os presidentes das Maldivas e …

Erupção do Fagradalsfjall dura há seis meses. É a mais longa na Islândia em 60 anos

A erupção vulcânica perto de Reykjavik se tornou a mais longa da história da Islândia desde 1960, marcando seis meses de expulsão de gás, pedra e lava no domingo (18). Milhares de espectadores ficaram maravilhados com …

Cientistas foram à procura de matéria escura e acabaram por encontrar energia escura

Uma equipa de cientistas foi à procura de matéria escura e pode ter encontrado energia escura em vez disso. Os investigadores querem ter a certeza que não foi uma casualidade. A energia escura é uma forma …