Marques Mendes elogia “voz independente” de Medina (e diz que a TAP pode ser um crematório político)

Mário Cruz / Lusa

Luís Marques Mendes

Luís Marques Mendes elogiou neste domingo as críticas que o presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Fernando Medina, fez ao combate à pandemia, considerando ainda que a resolução da TAP, que culminou na saída de David Neeleman e num reforço do poder do Estado, pode ser um crematório político. 

“Acho a polémica exagerada, as críticas [que lhe fizeram] não fazem sentido”, começou por dizer Marques Mendes sobre Medina no seu habitual espaço de comentário na SIC.

“É natural que um político tenha a sua agenda (…) [Fernando Medina] tem o direito e até o dever de fazer críticas públicas”, continuou o conselheiro de Estado, dizendo ainda que o presidente da autarquia de Lisboa “tem razão no que disse”.

“Teve a coragem de dizer em público o que muitos dizem em voz baixa. Não sei se falou previamente com António Costa, mas fez isto para dar um safanão na situação”.

No entender do comentador político, “a política até se prestigia” quando um responsável político critica atores da mesma esfera. “É um bom serviço que [o autarca da câmara de Lisboa] presta, precisamos de vozes independentes”, sustentou, citado pelo Expresso.

Marques Mendes referia-se às acusações de Fernando Medina às autoridades de saúde responsáveis pelo combate à pandemia de covid-19.

“Com maus chefes e pouco exército não é possível ganhar esta guerra (…) ” [Esta] é uma nota direta a todos os responsáveis relativamente a esta matéria, que é preciso agir rápido. Ou há capacidade de conter isto rápido ou então têm de ser colocadas as pessoas certas nos sítios certos”, disse a semana passada Fernando Medina.

Depois, o autarca de Lisboa veio esclarecer que os seus comentários não se dirigiam à ministra da Saúde, Marta Temido, mas antes às chefias regionais.

TAP pode ser “grande crematório político”

No mesmo espaço, Marques Mendes analisou a situação da TAP, um dos temas quentes da semana que acabou com a saída do empresário norte-americano David Neeleman e com o reforço da posição do Estado, que passa agora a deter 72 % da empresa.

No entender de Marques Mendes, a solução encontrada para a TAP, isto é, o acordo entre os acionistas privados e o Estado que evitou a nacionalização da companhia aérea, foi a “menos má” entre todas as que estavam em cima da mesa.

Ainda assim, esta não foi “uma solução boa”, até porque não havia nenhuma boa solução para a companhia aérea portuguesa. Apesar de não se tratar de uma nacionalização, que e traria “danos reputacionais, judiciais e perda de poupanças dos trabalhadores acionistas”, um acordo, ainda que “caro” para o Estado português, impede a “falência da TAP, o que seria uma calamidade para a economia e o emprego”.

Quanto à atuação política neste dossiê, Marques Mendes considerou que o primeiro-ministro, António Costa, “esteve bem”, rasgando elogios ao ministro das das Infraestruturas, Pedro Nuno Santos.

“[O ministro] sai bem porque conseguiu dois objetivos: queria reforçar o papel do Estado e ‘correr’ com o acionista David Neeleman”, disse, considerando que o governante foi até “injustiçado” neste processo”: “Não inventou problemas na TAP”.

Marques Mendes disse ainda temer que o futuro da TAP, que passa pela reestruturação da companhia, possa passar por “cortes e despedimentos“, situação que podia tornar esta pasta num “grande crematório político“, considerou, citado pelo jornal Observador.

Por fim, e tendo em conta a injeção de capital que será necessária na nova vida da TAP, Marques Mendes pediu uma auditoria financeira independente à empresa.  “Os portugueses vão meter muito dinheiro na TAP. Têm ao menos o direito de saber tudo o que lá se passa” e passou desde o processo de privatização de 2015.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. “É natural que um político tenha a sua agenda”
    Heheheee… e é natural que o político fracassado e meio-metro de advogado mafioso tenha a sua agenda, portanto, tal como o Medina, nunca devia fazer de conta que é comentador!!

RESPONDER

Revelados segredos da invasão da malária

Como é que os parasitas da malária invadem os glóbulos vermelhos? A microscopia de vídeo de última geração permitiu à equipa do WEHI, na Austrália, ver estes detalhes moleculares essenciais para tratar a doença. Kelly Rogers, …

E agora, Portugal? Depois do Grupo da Morte... Bélgica, Itália, França e Espanha no quadro

Teoricamente, desta vez a seleção nacional ficou claramente do lado mais forte na fase a eliminar do Europeu. Haverá um "escaldante" Inglaterra-Alemanha nos oitavos-de-final. Muitos adeptos portugueses ainda se lembram do golo tardio, noutro jogo, que …

Parlamento Europeu aprova novo estatuto do Provedor de Justiça

O Parlamento Europeu aprovou o novo estatuto do Provedor de Justiça Europeu que vai passar a trabalhar com novas regras, podendo avançar com os próprios inquéritos, prevendo-se também no novo regulamento medidas de proteção para …

Fernando Santos: "Estava a dizer à equipa para se chegar à frente"

Explicação do selecionador nacional, que esteve muito agitado durante os últimos minutos do Portugal-França. Uma primeira parte "excelente" e uma decisão duvidosa da equipa de arbitragem que alterou o resultado perto do intervalo. Fernando Santos começou …

Alemanha 2-2 Hungria | Goretzka salva germânicos no fim

Uma Alemanha impiedosa ao atrevimento da Hungria rendeu hoje um empate a duas bolas, selando a qualificação germânica para os ‘oitavos’ do Euro2020 e a despedida dos magiares no quarto e último lugar do Grupo …

Quase 900 funcionários dos Serviços Secretos dos EUA contraíram covid-19

Aproximadamente 900 funcionários dos Serviços Secretos dos Estados Unidos (EUA) testaram positivo para o coronavírus, de acordo com registos do governo obtidos por um grupo de vigilância. De acordo com os registos, obtidos pela Citizens for …

Portugal 2-2 França | Jogo louco vale empate com sabor a oitavos

A seleção portuguesa de futebol qualificou-se hoje para os oitavos de final do Euro2020, ao empatar 2-2 com a campeã mundial França, em encontro da terceira jornada do Grupo F do Euro2020, na Puskás Arena, …

Em 2020, mais de 8.500 crianças foram usadas como soldados

De acordo com a Organização das Nações Unidas (ONU), no ano passado, mais de 8.500 crianças foram usadas como soldados e quase 2.700 foram mortas devido à proximidade com vários conflitos existentes em todo o …

Portugal vs França: seleção empata 2-2 e está nos oitavos do Euro!

A seleção de Portugal jogou esta quarta-feira contra a França, num encontro que podia significar o apuramento para os Oitavos de Final do Euro 2020 ou o regresso a casa mais cedo e sem glória. …

Rússia nega investimento em IA para criação de microchips cerebrais

A Rússia negou as alegações de que estaria a investir em Inteligência Artificial que permitiria aos humanos controlar carros, aviões e usinas nucleares através de microchips implantados nos seus cérebros. O diário Kommersant relatou na terça-feira …