Ministro acusa Mário Nogueira de gerar ruído e angústia nas famílias

António Cotrim / Lusa

O ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues.

O ministro da Educação acusou, este sábado, o secretário-geral da Federação Nacional dos Professores (Fenprof) de gerar angústia nas famílias, ao proferir declarações que “causam ruído” e desestabilizam.

Em declarações à estação de televisão Porto Canal, o titular da pasta da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, disse que as afirmações de Mário Nogueira “são entendidas pela sociedade portuguesa como mais ruído do que algum tipo de esclarecimento, do que algum tipo de caminho proveitoso na criação da segurança e da confiança” em tempo de pandemia.

Há duas semanas, num vídeo publicado no portal da Fenprof, o secretário-geral da estrutura sindical admitiu acusar o Ministério da Educação como “responsável moral e material” pela falta de condições de segurança nas escolas em caso de professores ficarem doentes ou infetados com covid-19.

“Não se transforme também pela nossa ação da dialética política, e até partidária, em mais ruído que acabe por desestabilizar, instabilizar e trazer mais angústia às famílias“, afirmou Tiago Brandão Rodrigues, assinalando que nunca responde “a ameaças” porque “isso é, de certa forma, participar num jogo perigoso, principalmente com quem tem responsabilidades”.

Para o ministro, “o ruído acaba por trazer alguma entropia” quando se pretende “ganhar confiança”. “Se, de certa forma, acicatarmos os medos e os receios das pessoas, vamos criar um turbilhão pouco transparente para podermos voltar à normalidade possível que queremos voltar”, advogou.

No vídeo publicado a 17 de julho, o dirigente da maior estrutura representativa de professores sustentou que as medidas anunciadas pela tutela para o próximo ano letivo, que começa em setembro, “põem em causa o regresso à escola em condições de segurança sanitária”, bem como pedagógicas.

Mário Nogueira enumerou a falta de professores e do distanciamento físico desejável nas salas de aula.

Ao Porto Canal, o ministro da Educação invocou que as escolas possuem “mais recursos humanos, mais 2500 professores, mais 2500 horários completos”.

Lusa // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. “Ganhar confiança” num conjunto de medidas visivelmente esburacadas. A verdadeira entropia, o ruido, são criados por Tiago Brandão. O pior ministro deste governo. Nunca soube o que fazer desde o início desta pandemia. Como o outro que “achava” que os transportes não eram um vector de infeção. E só gente cheia de achismos a contribuir para mais infectados. Demita-se e faça penitência como um cientista que diz ser.

RESPONDER

Henrique Araújo eleito presidente do Supremo Tribunal de Justiça

O magistrado Henrique Araújo, de 67 anos, foi eleito esta terça-feira presidente do Supremo Tribunal de Justiça (STJ). Mas terá de abandonar o cargo quando completar os 70 anos. Os candidatos à presidência do Supremo Tribunal …

Pandemia fez duplicar ataques informáticos em Portugal

Os ataques informáticos contra entidades públicas e empresas quase duplicaram em 2020: registaram-se 1.418 incidentes graves, um aumento de 90%. O "Relatório Cibersegurança - Riscos e Conflitos 2021" do Observatório do Centro Nacional de Cibersegurança (CNCS), …

Áustria deixará de administrar a vacina da AstraZeneca

A Áustria deixará de usar a vacina da AstraZeneca devido a problemas de entrega e à relutância da população à vacina, após decisões semelhantes tomadas pela Noruega e Dinamarca. "Provavelmente, continuaremos a administrar as primeiras doses …

Portugal com duas mortes e 386 novos casos de covid-19

Portugal registou esta terça-feira 386 novos casos de infeção por covid-19 e mais duas mortes, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde.  De acordo com o boletim epidemiológico divulgado pela Direção-Geral da Saúde (DGS), nas …

Audição a Nuno Vasconcellos por confirmar. Advogado avisou que a rede não é boa

A audição de Nuno Vasconcellos na comissão de inquérito ao Novo Banco, agendada para a próxima quinta-feira, ainda está por confirmar. No site do Parlamento, o agendamento previsto para a audição de Nuno Vasconcellos, antigo presidente …

Portugal com maior queda do PIB na União Europeia no primeiro trimestre

A economia da zona euro recuou 1,8% e a da União Europeia 1,7% no primeiro trimestre do ano, face ao período homólogo, com Portugal a apresentar a maior quebra, de 5,4%. De acordo com uma estimativa …

Corrida dos portugueses ao novo estatuto de imigrante entope consulados do Reino Unido

Mais de 380 mil portugueses já se candidataram ao novo estatuto de imigrante no Reino Unido, mas os postos consulares não estão a conseguir dar resposta a esta corrida. Segundo o jornal Público, os atrasos dos …

Autoridade Tributária demora, em média, 20,7 dias a pagar reembolso de IRS

Até ao momento, foram reembolsados 1.180.738 contribuintes, num valor total de 1.125 milhões de euros, de acordo com dados do Ministério das Finanças. O ECO avança que a Autoridade Tributária e Aduaneira já devolveu 1.125 milhões …

Médicos de família admitem que recuperados podem passar a grupo de risco

A área das sequelas da infeção pelo vírus SARS-CoV-2 "é uma zona muito cinzenta", sobre a qual Portugal “não tem ainda orientações totalmente definidas”. Nuno Jacinto, presidente da Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar (APMGF), …

Muito mais do que só um divórcio milionário. "Perseguições a mulheres" e má fama ameaçam legado de Bill Gates

O mediático e multimilionário divórcio de Bill Gates é muito mais do que apenas a separação de um casal ao cabo de 27 anos de vida em comum. A ruptura com Melinda está a colocar …