Mário Centeno é o candidato oficial do PSE ao Eurogrupo (e já ganhou)

Stephanie Lecocq / EPA

Mário Centeno e Jeroen Dijsselbloem

O secretário-geral do PS afirmou hoje que o ministro das Finanças, Mário Centeno, é o candidato oficial do Partido Socialista Europeu ao cargo de presidente do Eurogrupo, tendo apoios da Grécia e Alemanha, entre outros. No PSE acredita-se que o ministro português já tem apoios suficientes para ganhar.

António Costa falava aos jornalistas na sede nacional PS, antes do jantar de líderes europeus socialistas, depois de ter recebido em São Bento, na qualidade de primeiro-ministro o seu homólogo grego, Alexis Tsípras.

Fonte do PSE disse à Lusa que, em relação à eleição de segunda-feira para a presidência do Eurogrupo, o ministro das Finanças português terá já “um apoio maioritário” entre os 19 Estados-membros que integram a zona euro.

Perante os jornalistas, o líder socialista português frisou que Mário Centeno é o candidato oficial do PSE e que o primeiro-ministro grego, Alexis Tsípras, manifestou também apoio à eleição do titular da pasta das finanças do executivo de Lisboa.

Questionado se a Alemanha vai apoiar o ministro das Finanças na eleição de segunda-feira próxima, António Costa respondeu: “Claro”.

À entrada para o jantar de líderes do PSE, o chanceler austríaco, Christian Kern, referiu aos jornalistas portugueses que o seu executivo cessante tem como base uma coligação, mas admitiu o voto favorável da Áustria a Mário Centeno.

António Costa, em resposta às perguntas colocadas pelos jornalistas, não quis fazer qualquer “prognóstico” em relação ao resultado da eleição do presidente do Eurogrupo, apesar de se dizer “confiante”.

É uma excelente candidatura para a Europa e para ajudar a zona euro a ser amiga do emprego, do crescimento e da estabilização das finanças públicas, virando uma página de divisões e de confrontações. É necessário aprofundar o mercado do emprego, o crescimento, mas também com boas finanças públicas”, declarou.

Confrontado com a oposição do Bloco de Esquerda e do PCP à candidatura de Mário Centeno à presidência do Eurogrupo, o primeiro-ministro desdramatizou, dizendo que a relação do PS com essas duas forças políticas “assenta nos temas em que há acordo e que fazem parte das declarações conjuntas”.

Cada um dos partidos tem uma identidade própria. Como é sabido, em relação ao euro, não há uma posição comum. Não é uma surpresa para ninguém”, disse.

Já em relação ao desejo manifestado pelo Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, de que Mário Centeno se concentre sobretudo no lugar de ministro das Finanças, isto no caso de ser eleito presidente do Eurogrupo, o secretário-geral do PS respondeu: “Óbvio”.

Quem é ministro das Finanças tem de estar concentrado nas finanças nacionais. Faz parte da arquitetura europeia que o presidente do Eurogrupo não deixe de ser ministro do seu país. É mesmo uma condição”, vincou o secretário-geral do PS.

// Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. “virando uma página de divisões e de confrontações” o país e a Europa estão cada vez mais divididos. Não tem mesmo noção nenhuma da realidade. Ou então porque ele quer então acha que passa a ser verdade.

  2. Bruxelas está a coleccionar cromos… depois de Vítor Constâncio, Durão Barroso e Guterres, só faltava mesmo o Centeno. Como é que esta Europa vai avançar ?!

RESPONDER

Termos associados à pandemia foram os mais pesquisados no Google

Num ano marcado pela pandemia, os termos mais pesquisados no Google em Portugal estão relacionados com a covid-19, sendo a primeira vez em que a liderança do 'ranking' de pesquisas não está associada à meteorologia. "O …

Dois dos portugueses suspeitos de violarem jovens espanholas podem ficar em prisão preventiva

O Ministério Público (MP) espanhol pede que dois dos portugueses suspeitos de violarem duas jovens espanholas fiquem em prisão preventiva. Os quatro jovens dizem que as relações sexuais foram consentidas. O Ministério Público (MP) espanhol quer …

Trofense: todos os titulares portugueses, todos os suplentes brasileiros

Curiosidade à volta da equipa da Trofa, que não foi além do primeiro jogo na Taça da Liga. "É a equipa Roberto Leal". O Trofense conseguiu o regresso às competições profissionais de futebol e, por isso, …

Polícia encerra escritório do canal de televisão Al-Jazeera na Tunísia

A polícia encerrou esta segunda-feira o escritório em Tunes do Catar Al-Jazeera, depois de expulsar todos os jornalistas das suas instalações, disse o diretor do canal televisivo, Lotfi Hajji, à agência de notícias France-Presse (AFP). "Cerca …

Oito semanas é o intervalo "ideal" para aumentar eficácia da vacina da Pfizer

Estudo desenvolvido pelo Department of Health and Social Care (DHSC) comparou os resultados obtidos com um intervalo de 4 semanas (como é feito em Portugal) e um intervalo de 10 semanas. Os resultados sugerem que …

Afinal, receitas escritas à mão são válidas por mais um ano

Médicos já não podiam passar receitas escritas à mão desde 30 de junho, mas agora o Governo prolongou essa possibilidade até 30 de junho de 2022. De acordo com a TSF, o Governo decidiu prolongar até …

Groundforce garante pagamento atempado dos salários de julho

A Groundforce comunicou esta segunda-feira aos trabalhadores que, depois da garantia do Governo de que a TAP irá pagar os serviços de junho antes do processamento salarial, a empresa terá condições para o pagamento atempado …

Tunísia. Presidente demite primeiro-ministro e suspende parlamento

As autoridades tunisinas cercaram o parlamento esta segunda-feira, após o Presidente do país, Kais Saied, suspender o parlmanento e demitir o primeiro-ministro, Hichem Mechichi, devido aos protestos que decorrem no país, cujo o foco são …

Galp critica Governo. Relatório sobre margens na venda de combustíveis está “cheio de erros”

O presidente executivo da Galp criticou esta segunda-feira o relatório da Entidade Nacional para o Setor Energético (ENSE) que foi a base para o Governo avançar com um diploma para limitar as margens na comercialização …

Fim da missão de combate dos EUA no Iraque é anunciado esta segunda-feira

O Presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, e o primeiro-ministro do Iraque, Mustafa al-Kadhimi, devem anunciar esta segunda-feira um acordo para pôr fim à missão de combate norte-americana no Iraque até ao final do ano. De …