Marinha Portuguesa tem unidade que transforma “brinquedos” em armas de guerra

(dr) IHS Markit/James Rands

A Marinha Portuguesa tem uma equipa destinada ao desenvolvimento de engenhos de guerra, usando apenas brinquedos tecnológicos do dia-a-dia, como por exemplo carros telecomandados.

A Célula Experimentação Operacional de Veículos Não Tripulados (CEOV) é também apelidada de “Divisão Q“, relativa à personagem dos filmes James Bond, “Q”, que integra o MI-6 e é responsável pela produção de engenhos tecnológicos sofisticados a serem usados pelos agentes.

Tal como nos filmes, os marinheiros portugueses estão a transformar meros brinquedos tecnológicos em protótipos de armas, que podem ser usadas em combate e que têm capacidade para matar. Segundo o Ars Technica, um carro telecomandado de brincar foi equipado com câmaras de filmar e um lança-granadas.

Alguns destes engenhos foram apresentados no evento da NATO, intitulado de Recognized Environmental Picture Maritime Unmanned Systems (REPMUS), que se realizou no final de setembro, na península de Troia. O vice-almirante Gouveia e Melo disse que a principal motivação desta unidade é “combater ameaças assimétricas com um pensamento assimétricos”.

O futuro constrói-se todos os dias, é assim há mais de 9 séculos.O bom dia de hoje vem da Célula de Experimentação Operacional de Veículos Não tripulados.

Publicado por Marinha Portuguesa em Quarta-feira, 3 de abril de 2019

O tenente Tiago Mendes, que lidera a equipa, explica que o processo de aquisição de novas tecnologias de ponta por parte da Marinha Portuguesa é muito lento. De acordo com o Jane’s 360, o próprio assegura que os telemóveis dos marinheiros têm mais poder computacional do que os navios em que navegam. O tenente explica que o próprio Estado Islâmico consegue desenvolver este tipo de tecnologias mais rapidamente.

Os engenhos bélicos criados não têm de ser necessariamente usados pela Marinha Portuguesa contra inimigos. Em vez disso, é uma maneira de explorar o que um inimigo inovador poderia fazer, para que os militares possam, assim, desenvolver contramedidas.

“Somos como a vacina contra a gripe”, explicou Tiago Mendes. “Nós não fazemos a mudança — nós começamos o processo”, atirou.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Depois do papel higiénico, vendas de snacks e bebidas alcoólicas disparam

A Associação Espanhola de Supermercados fez um estudo sobre as alterações de consumo desde que foi decretado o estado de emergência. A procura por papel higiénico disparou meados de março, mas os produtos mais procurados …

Bloco quer proibir banca de distribuir lucros (e pede ajuda ao PSD)

O Bloco de Esquerda quer proibir os bancos de distribuírem dividendos em 2020 e pede ajuda ao PSD para o conseguir. Em videoconferência, Mariana Mortágua lançou um desafio ao líder social-democrata. O Bloco de Esquerda anunciou …

Ordens duvidam dos números de infetados (e admitem fazer o seu próprio levantamento)

Segundo os números anunciados na quarta-feira, havia 1.124 profissionais de saúde e oito deles estavam internados em Unidades de Cuidados Intensivos (UCI). Mas estes números não convencem as Ordens. De acordo com o Observador, o bastonário …

Europa tem que ser o seu "próprio Plano Marshall". Centeno defende solução sem o "estigma" da austeridade

Mário Centeno continua a incentivar uma solução conjunta assente na ideia da solidariedade europeia perante "uma crise inesperada e sem precedentes" devido à pandemia de Covid-19. Como presidente do Eurogrupo, o ministro das Finanças de …

Há mais de 10 mil infetados em Portugal e mais 20 mortes

O boletim epidemiológico da Direção-geral da Saúde deste sábado regista 10.524 casos de infeção por covid-19 em Portugal. Há mais 20 mortes, num total de 266 óbitos. Nas últimas 24 horas, até à meia-noite, foram registados …

Quase meio milhão de portugueses estão em lay-off. "Sistema é errado", diz Francisco Louçã

Uma semana depois de o Governo ter aberto a porta ao lay-off simplificado, mais de 22 mil empresas já recorreram a este novo regime. Atualmente, há 425.287 trabalhadores nessa situação. Francisco Louçã considera este sistema …

Costa "chocado" com caso da morte no aeroporto. Enfermeira, médico e polícias também investigados

Além dos três inspectores do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) que são suspeitos de terem agredido um cidadão ucraniano, que acabou por morrer, também há outros elementos do SEF, um médicos e uma enfermeira, …

Reino Unido ultrapassa número de óbitos da China. Itália ainda não conseguiu inverter a curva

O Reino Unido regista agora um número de óbitos superior ao número registado na China. Em Itália, embora o pico já possa ter sido ultrapassado, o país ainda não conseguiu inverter a curva epidemiológica. Nas últimas …

Keir Starmer substitui Jeremy Corbyn e é o novo líder do Labour

Keir Starmer, de 57 anos, que tem feito parte da equipa de topo de Jeremy Corbyn nos últimos três anos, no papel de secretário sombra do Brexit, é o novo líder do Partido Trabalhista. De acordo …

Marcelo vai pedir "apoio rápido e robusto" aos cinco maiores bancos do país

Marcelo Rebelo de Sousa vai reunir-se na próxima segunda-feira com os presidentes dos cinco maiores bancos portugueses para discutir o apoio que a banca pode dar às empresas e famílias. De acordo com semanário Expresso, o …