/

Marinha dos EUA admite que vídeos de OVNIs são verdadeiros (e não era suposto saber-se)

17

A Marinha dos EUA confirmou que imagens de OVNIs que surgiram nos últimos anos são reais e que nunca pretenderam que o vídeo fosse visto pelo público.

As imagens que apareceram pela primeira vez online em 2017, captadas pelo The New York Times, mostraram vários objetos voadores não identificados, ou Fenómenos Aéreos Não Identificados (UAP), como são chamados oficialmente, que pareciam ser registados pela Marinha dos EUA.

Três vídeos (um de 2004 e dois de 2015), divulgados no jornal pela organização To The Stars Academy do ex-Blink 182 Tom DeLonge, mostram objetos voadores ainda não identificados, descritos por um dos pilotos de caça treinados como algo diferente de tudo que já tinha visto na sua vida.

“Posso dizer-vos, eu não acho que seja deste mundo. Não sou maluco, não estive a beber. Depois de 18 anos a voar, já vi praticamente tudo o que posso ver lá – e isto não é nada semelhante”, disse à ABC o piloto reformado David Fravor sobre o objeto não identificado que viu em 2004. “Nunca vi algo na minha vida, na minha história de aviação, que tenha a performance, a aceleração. Lembrem-se que aquela coisa não tinha asas“.

Um relatório “preparado pela e para militares” em 2018 detalhou a forma como o Veículo Aéreo Anómalo (AAV) de 13,7 metros de comprimento e “sem meios visíveis de gerar sustentação” foi visto por vários navios da Marinha dos EUA , assim como o jato F-18 de Fravor.

“Os AAVs desceriam ‘muito rapidamente’ de aproximadamente 18 mil metros até aproximadamente 15 metros em questão de segundos“, diz o relatório, acrescentando que um piloto percebeu que o objeto, semelhante a um Tic-Tac, perturbou a água, causando “ondas espumosas e espuma” por baixo e o oceano parecia estar “a ferver”.

O relatório sobre UAPs a voar no espaço aéreo dos EUA não tinha sido confirmado pelos militares até agora. Conforme relatado pela primeira vez pelo Motherboard, um porta-voz da Marinha dos EUA disse ao The Black Vault – o maior arquivo civil de documentos desclassificados – que as imagens mostram “fenómenos aéreos não identificados” que foram filmados pela Marinha e que “a Marinha não divulgou os vídeos para o público em geral”.

“A Marinha designa os objetos contidos nesses vídeos como fenómenos aéreos não identificados”, disse o vice-chefe de operações navais para guerra de informação, Joseph Gradisher, ao The Black Vault. “A terminologia ‘Fenómenos aéreos não identificados’ é usada porque fornece o descritor básico para avistamentos/observações de aeronaves/objetos não autorizados/não identificados que foram observados a entrar/ a operar no espaço aéreo de várias áreas de treino controladas por militares”.

Isto não significa que os objetos estejam confirmados como alienígenas. Apenas que o governo ainda não tem uma explicação oficial para o que aconteceu nos vídeos.

Sabe-se que o governo dos EUA leva a sério estes avistamentos. Entre 2008 e 2011, gastou quase 22 milhões de dólares a investigar secretamente OVNIs. De fcto, os avistamentos da UAP tornaram-se tão frequentes nos últimos anos que a Marinha recentemente elaborou novas diretrizes sobre como relatá-las.

  ZAP //

17 Comments

  1. A questão agora é se os aparelhos são americanos, russos ou ingleses. Recorda se que já a Alemanha na 2 Guerra Mundial tinha protótipos de voo deste tipo. Essa tecnologia não se podia perder….

  2. Em Portugal houveram – pelo menos 3 casos – relatados por pilotos da FAP (normalmente acompanhados por colegas) anos 80.
    Os respectivos relatórios entregues aos seus superiores. A FAP não os nega e inclusivamente, chegou a enviá-los para os EUA – projecto BlueBook – dedicado ao assunto.
    Resta saber – como bem diz outro leitor – se são mesmo “de fora” ou projectos secretos EUA ou Russia, já que foram estes que capturaram a maior parte dos cientistas e trabalhos documentados da Alemanha Nazi, com muitos avanços tecnológicos para a época, como se sabe.
    É mais do que admissível a existência de outros seres e outras civilizações mais avançadas.
    Seja qual for a origem dos “objectos” avistados era bom acabarem com os mistérios de uma vez por todas…

    • Sim, está mais que na hora da Humanidade saber toda a Verdade Nuno!
      Chega de segredos, em nome da “Segurança Nacional” , tudo serve de pretexto para secretismos e espionagens. E sabe porque começou tudo isso (National Security Act) ? Roswell. 😉

      • Sim. E nem é preciso procurar muito.
        Muita gente séria (exemplo Paul Hellyer) que facilmente acedeu a informação relevante e confirma que Roswell não é fantasia.
        Mesmo sem recorrer ao testemunho de ninguém, basta ver o que aconteceu no jornaleco local para entender o que se passa, onde num dia estava tudo explícito e logo no outro a seguir tudo negado com a ridícula história do balão meteorológico. Enfim.
        O próprio Eisenhower, já presidente – que não era um senhor qualquer – bem mostrou, ainda que indirectamente, o seu descontentamento com as manipulações e a influência do famoso MIC …

  3. Finalmente começam a ser levantados os véus…
    Já não é possível continuarem a esconder a verdade por muito mais tempo…
    Todos os governos e governantes sabem disto: a HORA, aproxima-se. A contagem decrescente já teve início…:)
    Quanto aos incrédulos e desprevenidos, é melhor segurarem bem o queixo… pois já há demasiado lixo no chão…
    Assinado: Maria da Maia

  4. está perto a divulgação final…mas não são ETs de outro planeta ou galáxia, são os watchers, os anjos caídos, os nephilim seus filhos a manifestarem-se.

    procurar por collins elite… etc

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE