Maria Luís Albuquerque “nunca tinha ouvido falar” da Arrow

PSD / Flickr

-

Ex-ministra das Finanças assegurou que desconhecia a existência da empresa britânica antes de ter sido contratada e que as últimas críticas são baseadas “em populismo e má-fé”.

Em entrevista à RTP, Maria Luís Albuquerque falou pela primeira vez da sua polémica contratação por parte da empresa britânica, reafirmando que não existe qualquer tipo de ilegalidade.

A antiga ministra das Finanças garante que “nunca tinha ouvido falar” da Arrow Global que, em março deste ano, a contratou para assumir o cargo de administradora não executiva.

Uma posição que a ex-ministra do Governo PSD-CDS garante que não irá expor dados sensíveis sobre o Estado português, uma vez que a informação que tem “é macroeconómica e não é, de todo, privilegiada”.

Na entrevista ao canal público, Maria Luís Albuquerque considerou ainda que as críticas que lhe têm sido dirigidas por alguns políticos e comentadores são baseadas “em populismo e má-fé”.

Quanto às questões de ética, a ex-governante considera que “não é uma questão de números de anos” passados em cargos públicos e privados mas sim um “comportamento constante”.

“Se em algum momento tivesse, por algum ato enquanto governante, dado a esta empresa algum tipo de tratamento privilegiado ou algum tipo de benefício, eu não iria trabalhar para esta empresa nem daqui a um ano, nem daqui a três, nem daqui a cinco, nem daqui a seis”, afirmou.

Sobre a existência de benefícios fiscais atribuídos ao grupo que detém a Arrow, Maria Luís fala de benefícios “automáticos” que não dependem de uma decisão particular e onde não existe qualquer ilegalidade.

ZAP

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Tal como o Silva Carvalho, das secretas, também disse numa comissão parlamentar que não sabia o que era a Ongoing… e depois foi para lá trabalhar… tudo lavadura do mesmo latão…

  2. Só pelas trombas que ela mostra já se vê a verdade, lá por ser dia dos enganos ela vem enganar quem, a arrow já existe à muito tempo e é do conhecimento desta ladra e de outros mais que estão a mamar no governo, informem-se e verão, chamo-lhe ladra porque também ajudou o passos a roubar o povo e tenho nojo em pronunciar o nome de certos governantes aqui, vai-te anjinho que a mim não enganas tu.

  3. Nunca ouviu falar na Arrow???
    Ignorante
    Extra terrestre
    €5.000/ mês? O resto vai para uma off-shore?
    Onde está, agora, empregado (não quero ser ofensivo e perguntar onde trabalha…) o marido? será que, por pura coincidência está nalguma empresa do grupo Arrow que, por acaso, nenhum dos cônjuges (Maria Luís e esposo), sabem que pertencem ao mesmo grupo.
    É que, às tantas, vão 2 carros (um cônjuge em cada um), para o mesmo edifício o que não só é um desperdício como abate a já de si exígua avença da senhora maria luís.
    Acho que lhe deve ser atribuído um subsídio especial face às dificuldades bem patentes a que vai sujeitar – se…,.
    Ela foi contratada para “acompanhante” dos processos de negócios, não é?
    Acho mal paga para quem tem tão bom aspeto…

RESPONDER

TAP escapa à nacionalização. Estado assume controlo com 72,5% da companhia

O Estado e os acionistas privados da TAP estão perto de chegar a acordo, devendo a companhia aérea escapar à nacionalização. Ainda não há fumo branco, mas o acordo sobre o futuro da TAP deverá …

Encontradas 115 crianças enterradas com moedas na boca na Polónia

Trabalhadores que construíam uma nova estrada na Polónia encontraram os restos de 115 corpos de crianças enterras com moedas na boca. Durante os trabalhos de construção de uma autoestrada em Jezowe, na Polónia, trabalhadores descobriram restos …

À frente de Figo, Futre e Ronaldo. Joelson é o terceiro mais novo de sempre a estrear-se pelo Sporting

O Sporting venceu esta quinta-feira na receção ao Gil Vicente, por 2-1, no jogo de encerramento da 29.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol. A partida marcou também a estreia do jovem extremo Joelson …

Austrália pondera dar refúgio a quem abandone Hong Kong

O primeiro-ministro australiano disse esta quinta-feira que o Governo está a ponderar dar refúgio aos residentes de Hong Kong que desejem abandonar a ex-colónia britânica devido à nova lei de segurança nacional imposta por Pequim. Scott …

Vieira ainda sonha com Jesus (e a Libertadores pode ajudar no regresso)

O presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira, não desistiu de voltar a colocar Jorge Jesus no comando técnico da equipa da Luz e, caso a Taça dos Libertadores não seja realizada, o regresso do treinador …

Marta Temido garante que não há descontrolo em Lisboa (mas assume falhas)

Em entrevista à RTP, a ministra da Saúde garantiu que não há "descontrolo" na evolução da pandemia na região de Lisboa e Vale do Tejo, mas sublinhou que se trata de uma "situação de sobressalto, …

A genética ajuda a determinar o quão afetuosas são as mulheres (mas não os homens)

A genética desempenha um papel importante no nível de afetividade das mulheres, mas o mesmo não acontece entre os homens, concluiu uma nova investigação científica levada a cabo com gémeos. Na nova investigação, recentemente publicada …

Prémio para profissionais do SNS é "uma esmola". "Mais valia terem estado quietos"

Ana Rita Cavaco, bastonária da Ordem dos Enfermeiros, diz que a proposta que prevê prémios e mais férias para os profissionais de saúde é uma "afronta" para enfermeiros. Para a bastonária da Ordem dos Enfermeiros, a …

Tempo de espera para entrega de cartão de cidadão pode chegar a cinco meses

Para fazer o levantamento do cartão de cidadão é preciso fazer marcação e há balcões que só têm disponibilidade para entregar o documento no final do ano. De acordo com a edição desta quinta-feira do …

Físicos explicam por que as mudanças do campo magnético da Terra são mais fracas no Pacífico

Uma nova investigação levada a cabo por físicos da Universidade de Alberta, no Canadá, apresenta uma explicação para o facto de as mudanças no campo magnético da Terra serem mais fracas na região do Pacífico. …