Maria Luís Albuquerque acusa esquerda de não assumir “responsabilidade de nada”

A ex-ministra das Finanças Maria Luís Albuquerque (PSD) criticou esta quarta-feira a esquerda portuguesa por não assumir “responsabilidade de nada”, nomeadamente quando à crise de 2011, e alertou que os regimes comunistas “não lidam bem com a liberdade”.

“Naturalmente que a esquerda portuguesa – e não só portuguesa, mas, enfim, é a que conheço melhor – nunca assume responsabilidade de nada. Não tiveram culpa nenhuma na crise de 2011, não assumiram responsabilidade nenhuma“, afirmou a governante que integrou os últimos governos PSD/CDS-PP.

A antiga ministra das Finanças entre 2013 e 2015, nos dois governos liderados por Pedro Passos Coelho, apresentou hoje, em Lisboa, o livro “Um século de Escombros, Pensar o futuro com os valores da Direita”, de Gabriel Mithá Ribeiro.

Também o antigo primeiro-ministro marcou presença na apresentação, o que mereceu um agradecimento especial por parte do autor. Nenhum dos antigos governantes quis falar à comunicação social sobre a situação que o PSD atravessa, com a disputa da liderança entre Luís Montenegro, Miguel Pinto Luz e o atual presidente do partido, Rui Rio, que sucedeu precisamente a Passos Coelho.

Na apresentação do livro, a social-democrata recordou os tempos em que o XIX Governo (2011-2015) pôs em prática o programa de ajustamento financeiro, depois da crise de 2011. Entre os países que passaram por um resgate, a Grécia foi aquela que optou por adotar uma “atitude de vítima”, em contraste com “a atitude de responsabilidade adotada pela Irlanda, Portugal ou Chipre”, afirmou a antiga ministra.

“O posicionamento de vítima assumido pelo governo grego acabou por levar a medidas muito graves” que fizeram com que o “sofrimento tenha sido muito e inutilmente prolongado”, considerou a ex-governante.

Na sua opinião, os partidos da esquerda em Portugal “rapidamente se descartaram da responsabilidade da resolução da crise e, naturalmente, aderiram ao herói do Syriza quando apareceu com esta postura de vítima e com esta atitude de desafio”.

“Claro que a solidariedade perante os gregos acabou tão depressa quanto a atitude de desafio do Syriza. Que eu sabia, o Bloco de Esquerda nunca mais visitou a Grécia e a solidariedade que mantém com os gregos resume-se ao ministro Varoufakis quando vem descer a Avenida de Liberdade”, salientou.

Na sua intervenção, Maria Luís Albuquerque fez também referência ao facto de o livro abordar o período do nazismo e os crimes perpetrados por este regime que vingou na Alemanha, e destacou “a forma como os crimes associados ao nazismo foram aceites” e “ultrapassados”.

Um contraste com a ‘mea culpa’ que não foi feita na sequência de “muitos dos crimes cometidos por regimes contemporâneos, de regime comunista”, argumentou. “Ao não reconhecer os erros, eles não são ultrapassados e correm imenso risco de se repetirem“, alertou.

Notando que “há coisas que têm de ser ditas como são”, a social-democrata assinalou que “os regimes comunistas não são democráticos, não lidam bem com a liberdade. Para Maria Luís Albuquerque, a “liberdade só funciona com responsabilidade” e que “quem não assume responsabilidade não pode nunca prezar a liberdade”, advogando que “os regimes de esquerda, tendencialmente, limitam a liberdade”, uma vez que “faz parte da sua própria natureza”.

“É por isso que a maior parte dos regimes de esquerda, nomeadamente de extrema-esquerda, acabam por ser totalitários, porque a escolha livre não é compatível com aquilo que eles exigem. É isso que a História nos diz”, declarou. No final, o autor do livro, Gabriel Mithá Ribeiro, elogiou a “apresentação sem hesitações” quanto à “perspetiva que [a antiga governante] tem do mundo”.

// Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. a esquerda tuga funciona exactamente como o Chinos: A gente enriquece, roubando o que é dos “outros (Propriedade Intelectual e Propriedade Industrils)” e não somos repsonsaveis nem imputaveis! A Justiça tuga assim o “diz”.
    Ainda hoje estva na Impresa o “roubo” por Chinocas inscritos em Universidades dos EUA que se apoderaram de estudos de Investigação das Universidades para depois Registarem Patentes e produzirem novos Medicamentos, com base no “roubo” da Propriedade Intelectual.
    Assim, funciona também tugalandia, às escondidas por detras da aparencias, tal e qual o Chinos fizeram nos EUA!

Terramotos na falha de San Andreas podem ser explicados por um lago antigo

A falha de San Andreas, que se situa ao longo da costa oeste da América do Norte e atravessa centros populacionais densos como o de Los Angeles, na Califórnia, é uma das falhas mais estudadas …

Uma estranha e rara molécula foi detetada na atmosfera de Titã

Uma equipa de cientistas da NASA identificou uma estranha e rara molécula na atmosfera de Titã, o maior satélite natural de Saturno. Em comunicado, os cientistas detalham que em causa está a molécula de ciclopropenilideno …

Paços 3-2 Porto | “Castor” épico tomba “dragão” com pés de pau

Surpresa na Capital do Móvel. O campeão nacional FC Porto foi a Paços de Ferreira averbar a segunda derrota nesta Liga NOS, saindo com um resultado desfavorável de 3-2. Num terreno tradicionalmente difícil – os “dragões” …

Teoria da Relatividade de Einstein observada em estrelas distantes

O que é que Albert Einstein, o GPS e um par de estrelas a 29.000 anos-luz da Terra têm em comum? A resposta é um efeito da Teoria Geral da Relatividade de Einstein chamado "desvio gravitacional …

Encontrada possível localização do gigante Snow Cruiser. Está perdido na Antártida há 60 anos

O Snow Cruiser era um veículo de exploração enorme enviado ao Pólo Sul em 1939 que ficou preso após desembarcar na Antártida e foi abandonado alguns anos depois. Redescoberto sob vários metros de neve e gelo …

Mbappé tem uma "mancha" na Liga dos Campeões

Números invulgares do avançado do PSG, que em 2020 ainda não marcou qualquer golo no torneio europeu. Pires e Rami falaram sobre o seu futuro. Kylian Mbappé. Visto por muita gente como o melhor avançado do …

Administração de Nixon recebeu um Nobel por um cessar-fogo que não existiu

O prémio Nobel da Paz foi atribuído em 1973 ao secretário de Estado da Administração de Richard Nixon, e seu assessor de segurança nacional, Henry Kissinger, e ao político vietnamita Le Duc Tho. As duas personalidades foram …

Cidade usa satélite para medir poluição luminosa (e os candeeiros de rua não são o maior problema)

As cidades do mundo desperdiçam uma grande quantidade de eletricidade - e dinheiro - ao deixar ligadas luzes brilhantes durante a noite toda. Porém, os candeeiros de rua não são os maiores culpados. Uma experiência de …

Prevenir uma futura pandemia pode estar dependente de apenas três medidas (e podem ser aplicadas já)

Até 70% das doenças infecciosas que surgiram nos humanos nos últimos 30 anos tiveram origem em animais e foram causadas por patogénicos originados em animais domésticos ou selvagens. Agora, um relatório lança aos princípios básicos …

"Não se torne um fantasma real". Coreia do Sul teme aumento de casos devido ao Halloween

A Coreia do Sul teme que as festividades do Halloween levem a um aumento de casos de covid-19 no país. Assim, para evitar que tal aconteça, investiram numa campanha de informação pública para apelar aos …