Maria Luís Albuquerque acusa esquerda de não assumir “responsabilidade de nada”

A ex-ministra das Finanças Maria Luís Albuquerque (PSD) criticou esta quarta-feira a esquerda portuguesa por não assumir “responsabilidade de nada”, nomeadamente quando à crise de 2011, e alertou que os regimes comunistas “não lidam bem com a liberdade”.

“Naturalmente que a esquerda portuguesa – e não só portuguesa, mas, enfim, é a que conheço melhor – nunca assume responsabilidade de nada. Não tiveram culpa nenhuma na crise de 2011, não assumiram responsabilidade nenhuma“, afirmou a governante que integrou os últimos governos PSD/CDS-PP.

A antiga ministra das Finanças entre 2013 e 2015, nos dois governos liderados por Pedro Passos Coelho, apresentou hoje, em Lisboa, o livro “Um século de Escombros, Pensar o futuro com os valores da Direita”, de Gabriel Mithá Ribeiro.

Também o antigo primeiro-ministro marcou presença na apresentação, o que mereceu um agradecimento especial por parte do autor. Nenhum dos antigos governantes quis falar à comunicação social sobre a situação que o PSD atravessa, com a disputa da liderança entre Luís Montenegro, Miguel Pinto Luz e o atual presidente do partido, Rui Rio, que sucedeu precisamente a Passos Coelho.

Na apresentação do livro, a social-democrata recordou os tempos em que o XIX Governo (2011-2015) pôs em prática o programa de ajustamento financeiro, depois da crise de 2011. Entre os países que passaram por um resgate, a Grécia foi aquela que optou por adotar uma “atitude de vítima”, em contraste com “a atitude de responsabilidade adotada pela Irlanda, Portugal ou Chipre”, afirmou a antiga ministra.

“O posicionamento de vítima assumido pelo governo grego acabou por levar a medidas muito graves” que fizeram com que o “sofrimento tenha sido muito e inutilmente prolongado”, considerou a ex-governante.

Na sua opinião, os partidos da esquerda em Portugal “rapidamente se descartaram da responsabilidade da resolução da crise e, naturalmente, aderiram ao herói do Syriza quando apareceu com esta postura de vítima e com esta atitude de desafio”.

“Claro que a solidariedade perante os gregos acabou tão depressa quanto a atitude de desafio do Syriza. Que eu sabia, o Bloco de Esquerda nunca mais visitou a Grécia e a solidariedade que mantém com os gregos resume-se ao ministro Varoufakis quando vem descer a Avenida de Liberdade”, salientou.

Na sua intervenção, Maria Luís Albuquerque fez também referência ao facto de o livro abordar o período do nazismo e os crimes perpetrados por este regime que vingou na Alemanha, e destacou “a forma como os crimes associados ao nazismo foram aceites” e “ultrapassados”.

Um contraste com a ‘mea culpa’ que não foi feita na sequência de “muitos dos crimes cometidos por regimes contemporâneos, de regime comunista”, argumentou. “Ao não reconhecer os erros, eles não são ultrapassados e correm imenso risco de se repetirem“, alertou.

Notando que “há coisas que têm de ser ditas como são”, a social-democrata assinalou que “os regimes comunistas não são democráticos, não lidam bem com a liberdade. Para Maria Luís Albuquerque, a “liberdade só funciona com responsabilidade” e que “quem não assume responsabilidade não pode nunca prezar a liberdade”, advogando que “os regimes de esquerda, tendencialmente, limitam a liberdade”, uma vez que “faz parte da sua própria natureza”.

“É por isso que a maior parte dos regimes de esquerda, nomeadamente de extrema-esquerda, acabam por ser totalitários, porque a escolha livre não é compatível com aquilo que eles exigem. É isso que a História nos diz”, declarou. No final, o autor do livro, Gabriel Mithá Ribeiro, elogiou a “apresentação sem hesitações” quanto à “perspetiva que [a antiga governante] tem do mundo”.

// Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. a esquerda tuga funciona exactamente como o Chinos: A gente enriquece, roubando o que é dos “outros (Propriedade Intelectual e Propriedade Industrils)” e não somos repsonsaveis nem imputaveis! A Justiça tuga assim o “diz”.
    Ainda hoje estva na Impresa o “roubo” por Chinocas inscritos em Universidades dos EUA que se apoderaram de estudos de Investigação das Universidades para depois Registarem Patentes e produzirem novos Medicamentos, com base no “roubo” da Propriedade Intelectual.
    Assim, funciona também tugalandia, às escondidas por detras da aparencias, tal e qual o Chinos fizeram nos EUA!

RESPONDER

Enquanto estava em coma, bens de Navalny foram congelados pela justiça russa

Oficiais de justiça russos congelaram as contas e uma parte do apartamento do opositor ao governo Alexei Navalny quando este permanecia em coma após um presumível envenenamento no final de agosto, indicou esta quinta-feira a …

Mais cinco mortes e 899 novos casos de covid-19 em Portugal

Portugal regista, esta sexta-feira, mais cinco mortes e 899 novos casos de infeção por covid-19 em relação a quinta-feira, mostra o boletim mais recente da Direção-Geral de Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da …

Governo de Bolsonaro bate recorde de aprovação durante a pandemia

A aprovação do Governo brasileiro, presidido por Jair Bolsonaro, subiu para 40%, a maior percentagem desde o início do seu mandato, iniciado em janeiro de 2019, segundo uma sondagem do Instituto Ibope divulgada na quinta-feira. A …

Número de casos baixa nos EUA. Na Bélgica, deixa de ser obrigatório usar máscara na rua

A pandemia tem assolado toda a população mundial, mas há países que têm sofrido mais com o aumento de número de infetados e com mortes. Apesar de serem um dos países mais afetados, os EUA …

Seis enfermeiros infetados e cirurgias canceladas no hospital de Beja

O hospital de Beja detetou esta quinta-feira seis enfermeiros do bloco operatório infetados com Covid-19 e cancelou algumas cirurgias programadas por questões de segurança, disse à agência Lusa a presidente da Unidade Local de Saúde …

Reformas na função pública subiram para 43% (e um quinto são professores)

Mais de 6.500 trabalhadores das administrações públicas aposentaram-se na primeira metade deste ano, o que representa um crescimento de 43% face ao mesmo período de 2019. A maioria das saídas deriva de áreas como a …

“Arma de diagnóstico”. Teste que distingue covid-19 de outras infeções respiratórias chega a Portugal

A Unilabs vai disponibilizar um teste que permite “diferenciar o novo coronavírus de outros tipos de infeções respiratórias sazonais”, auxiliando os clínicos a realizarem diagnósticos mais precisos. “A ideia era tentarmos ter uma ferramenta de diagnóstico …

Jovem de 23 anos morre baleada em ação da PSP. Polícias vão alegar legítima defesa

Uma jovem de 23 anos morreu, na madrugada de quinta-feira, na sequência de ferimentos causados por uma arma de fogo, após uma intervenção policial em São João da Madeira. A mulher, de 23 anos, morreu na …

PS recua nas petições e propõe 7.500 assinaturas para ultrapassar veto de Marcelo

O PS vai avançar com uma proposta de alteração que coloca nos 7.500 o número de assinaturas necessário para que uma petição seja discutida na Assembleia da República.  O objetivo do PS é contornar o veto …

Rui Rangel endividava-se, teve execuções fiscais e contas penhoradas

Rui Rangel teve vários processos de execução fiscal por falta de pagamentos de impostos e até contas penhoradas. Era o seu alegado testa-de-ferro que o ajudava a regularizar os pagamentos. Era comum o ex-juiz Rui Rangel …