Maria Luís Albuquerque acusa esquerda de não assumir “responsabilidade de nada”

A ex-ministra das Finanças Maria Luís Albuquerque (PSD) criticou esta quarta-feira a esquerda portuguesa por não assumir “responsabilidade de nada”, nomeadamente quando à crise de 2011, e alertou que os regimes comunistas “não lidam bem com a liberdade”.

“Naturalmente que a esquerda portuguesa – e não só portuguesa, mas, enfim, é a que conheço melhor – nunca assume responsabilidade de nada. Não tiveram culpa nenhuma na crise de 2011, não assumiram responsabilidade nenhuma“, afirmou a governante que integrou os últimos governos PSD/CDS-PP.

A antiga ministra das Finanças entre 2013 e 2015, nos dois governos liderados por Pedro Passos Coelho, apresentou hoje, em Lisboa, o livro “Um século de Escombros, Pensar o futuro com os valores da Direita”, de Gabriel Mithá Ribeiro.

Também o antigo primeiro-ministro marcou presença na apresentação, o que mereceu um agradecimento especial por parte do autor. Nenhum dos antigos governantes quis falar à comunicação social sobre a situação que o PSD atravessa, com a disputa da liderança entre Luís Montenegro, Miguel Pinto Luz e o atual presidente do partido, Rui Rio, que sucedeu precisamente a Passos Coelho.

Na apresentação do livro, a social-democrata recordou os tempos em que o XIX Governo (2011-2015) pôs em prática o programa de ajustamento financeiro, depois da crise de 2011. Entre os países que passaram por um resgate, a Grécia foi aquela que optou por adotar uma “atitude de vítima”, em contraste com “a atitude de responsabilidade adotada pela Irlanda, Portugal ou Chipre”, afirmou a antiga ministra.

“O posicionamento de vítima assumido pelo governo grego acabou por levar a medidas muito graves” que fizeram com que o “sofrimento tenha sido muito e inutilmente prolongado”, considerou a ex-governante.

Na sua opinião, os partidos da esquerda em Portugal “rapidamente se descartaram da responsabilidade da resolução da crise e, naturalmente, aderiram ao herói do Syriza quando apareceu com esta postura de vítima e com esta atitude de desafio”.

“Claro que a solidariedade perante os gregos acabou tão depressa quanto a atitude de desafio do Syriza. Que eu sabia, o Bloco de Esquerda nunca mais visitou a Grécia e a solidariedade que mantém com os gregos resume-se ao ministro Varoufakis quando vem descer a Avenida de Liberdade”, salientou.

Na sua intervenção, Maria Luís Albuquerque fez também referência ao facto de o livro abordar o período do nazismo e os crimes perpetrados por este regime que vingou na Alemanha, e destacou “a forma como os crimes associados ao nazismo foram aceites” e “ultrapassados”.

Um contraste com a ‘mea culpa’ que não foi feita na sequência de “muitos dos crimes cometidos por regimes contemporâneos, de regime comunista”, argumentou. “Ao não reconhecer os erros, eles não são ultrapassados e correm imenso risco de se repetirem“, alertou.

Notando que “há coisas que têm de ser ditas como são”, a social-democrata assinalou que “os regimes comunistas não são democráticos, não lidam bem com a liberdade. Para Maria Luís Albuquerque, a “liberdade só funciona com responsabilidade” e que “quem não assume responsabilidade não pode nunca prezar a liberdade”, advogando que “os regimes de esquerda, tendencialmente, limitam a liberdade”, uma vez que “faz parte da sua própria natureza”.

“É por isso que a maior parte dos regimes de esquerda, nomeadamente de extrema-esquerda, acabam por ser totalitários, porque a escolha livre não é compatível com aquilo que eles exigem. É isso que a História nos diz”, declarou. No final, o autor do livro, Gabriel Mithá Ribeiro, elogiou a “apresentação sem hesitações” quanto à “perspetiva que [a antiga governante] tem do mundo”.

// Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. a esquerda tuga funciona exactamente como o Chinos: A gente enriquece, roubando o que é dos “outros (Propriedade Intelectual e Propriedade Industrils)” e não somos repsonsaveis nem imputaveis! A Justiça tuga assim o “diz”.
    Ainda hoje estva na Impresa o “roubo” por Chinocas inscritos em Universidades dos EUA que se apoderaram de estudos de Investigação das Universidades para depois Registarem Patentes e produzirem novos Medicamentos, com base no “roubo” da Propriedade Intelectual.
    Assim, funciona também tugalandia, às escondidas por detras da aparencias, tal e qual o Chinos fizeram nos EUA!

RESPONDER

EUA apresentam plano de paz para o Médio Oriente já condenado pela Palestina

O Presidente dos Estados Unidos (EUA), Donald Trump, apresenta esta terça-feira o seu plano de paz para o Médio Oriente, após reuniões com líderes israelitas, que poderá estar condenado ao fracasso, perante a rejeição dos …

Vacina chinesa para o coronavírus pode começar a ser testada em menos de 40 dias

A equipa chinesa que trabalha no desenvolvimento de uma vacina para combater o coronavírus de Wuhan disse que espera poder começar os testes em menos de 40 dias, informou a agência estatal Xinhua. Pelo menos 106 …

Netanyahu anuncia retirada da sua imunidade parlamentar

Benjamin Netanyahu retirou o pedido de imunidade ao Parlamento israelita contras as três acusações de que foi alvo em novembro, que envolvem casos de corrupção, fraude e abuso de confiança. O primeiro-ministro de Israel disse, em …

Vitória já tem proposta por Tapsoba (e pode fazer encaixe histórico)

O Vitória de Guimarães recebeu uma proposta por Edmond Tapsoba que pode levar os vimaranenses a abrir mão do jogador. Sabe-se que a proposta recebida ronda os 20 milhões de euros. A notícia avançada esta terça-feira …

Livre exige que património das ex-colónias em museus portugueses seja devolvido

O Livre quer que todo o património das ex-colónias, presente em território português, possa ser restituído pelos países de origem de forma a “descolonizar” museus e monumentos estatais. O partido da papoila quer que o património …

Pedro Sánchez usou helicóptero que procurava homem desaparecido

O primeiro-ministro espanhol requisitou, na passada quinta-feira, um helicóptero que estava a ser utilizado nas operações de busca de um homem de 34 anos que estava desaparecido em Maiorca. De acordo com o jornal espanhol ABC, tratava-se …

Isabel dos Santos contrata advogados de Ronaldo, Meghan e J. K. Rowling

Isabel dos Santos decidiu esta segunda-feira processar o consórcio de jornalistas. Para tal, contratou a mesma firma de advogados que conta com clientes como Cristiano Ronaldo, Harry e Meghan Markle e J. K. Rowling. Depois de …

ERC dá parecer favorável à nova direção de informação da RTP

A Entidade Reguladora para a Comunicação (ERC) deu, esta segunda-feira, "parecer favorável à nova direção de informação da RTP", 20 dias depois de a equipa liderada por António José Teixeira ter sido indigitada. O Conselho Regulador …

OE2020. BE quer fim do regime "aberrante" dos vistos gold

O BE destacou, entre as cerca de 200 propostas de alteração que apresentou ao Orçamento do Estado, o fim do regime dos ‘vistos gold’ e a obrigação de qualquer injeção de capital no Novo Banco …

Após 20 anos de silêncio, sinos e carrilhões de Mafra voltam a tocar

Os sinos e os carrilhões do Palácio de Mafra vão tocar a partir de 1 de fevereiro, após obras de restauro, depois de os primeiros sinais de deterioração surgirem a 11 de setembro de 2001, …