Maré de algas invadiu praias do Algarve

Joseolgon / Wikimedia

Praia dos Caneiros, em Lagoa, no Algarve

Além de a água do mar mais fria do que o habitual, as praias foram invadidas por algas. O fenómeno natural causou estranheza e preocupação entre os banhistas, mas não existem riscos para a saúde.

No início do mês, a zona costeira do Algarve, sobretudo o sotavento algarvio, foi invadida por uma elevada concentração de algas, que foram motivo de preocupação para os banhistas. “Não é uma situação normal, mas acontece. Há uma série de anos que não se via um desenvolvimento tão grande, mas é algo que já aconteceu muitas vezes”, explicou Rui Santos, professor na Universidade do Algarve, ao Diário de Notícias.

As algas acumulavam-se na zona da rebentação das ondas e ficavam espalhadas pelo areal. Segundo o também investigador do Centro do Ciências do Mar (CCMar) da Universidade do Algarve, as algas verdes (Ulva sp.), que se encontravam no sotavento algarvio, são organismos que “se desenvolvem dentro da ria quando existem condições propícias”. Refere-se a concentrações elevadas de nutrientes e às condições ideais de luz e temperatura.

“Há anos em que se desenvolvem bastante na ria, crescem e são exportadas e depositadas pelas correntes nas praias.” Tanto acontece na costa algarvia como no sul de Espanha. “Tem tudo que ver com a carga de nutrientes. A ria é um recetor dos efluentes urbanos, das ETAR, que têm cargas elevadas de nutrientes”, esclarece Rui Santos.

Na zona de Albufeira, por exemplo, as algas eram mais escuras, o que, de acordo com o investigador, está relacionado com o facto de serem provenientes “das zonas rochosas”. Tal como as da ria, desenvolvem-se quando há uma concentração elevada de nutrientes.

A temperatura da água, que neste mês tem estado mais fria do que o habitual, também pode ajudar a explicar o fenómeno. O vento que soprou intensamente durante muitos dias seguidos fez que as águas mais profundas subissem à superfície perto da costa. E estas águas são “mais frias e têm mais nutrientes, o que é propício para o desenvolvimento das algas”.

É difícil prever qual a evolução da situação, mas, segundo Rui Santos, a subida da temperatura esperada para estes dias “é capaz de ser benéfica para não fomentar o crescimento das algas”, uma vez que haverá menos condições para a água fria vir para a superfície junto à costa.

Elidérico Viegas, presidente da Associação dos Hotéis e Empreendimentos Turísticos do Algarve (AHETA), adiantou ao DN que a situação está “mais ou menos debelada”. “As algas causam estranheza e preocupação, até que as análises confirmem que não provocam danos à saúde”, refere o representante, ressalvando que as autoridades de saúde confirmaram que estes organismos não representavam riscos para a saúde pública.

Do ponto de vista do turismo, apesar de serem motivo de reclamações, as algas “não têm muito impacto negativo na imagem da região. Não criam descontentamento generalizado ou pânico”.

Rui Santos refere que “quando se depositam, as algas apodrecem e, ao entrar em decomposição, cheiram mal porque libertam gás sulfídrico“. Se for em quantidades muito elevadas, esta acumulação pode até ser tóxica. Contudo, seria necessária uma quantidade muito grande para causar problemas.

Para ajudar a resolver a situação, alguns municípios, como o de Vila Real de Santo António, reforçaram a limpeza das praias nos últimos dias.

Em junho, uma maré vermelha de algas obrigou a interditar algumas praias do Algarve, entre Faro e Vilamoura. A espécie em causa era a Lingulodinium polyedrum.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. As praias do Algarve estão cheias de algas e não só: também muita porcaria da bexiga, dos intestinos, do aparelho uro-genital, etc. É um lodaçal onde as multidões mergulham, alienados pela noção de férias. Há 70 anos atrás, o Algarve era um paraíso, com pinhais e campos de cultivo até junto dos areais, as águas eram cristalinas e cheiravam a iodo, não havia esgotos nem turistas e todos os detritos iam para compostagem a fim de criar estrume para fertilizar os campos. Que tempo bom que não volta mais. Chegava a andar cinco horas a cavalo por areais sem fim e de, vez em quando dava um mergulho, onde a beleza das águas mais me atraía. De longe a longe, um grupo de campesinas vinha banhar-se, algumas todas nuas e muito capitosas. Era realmente um tempo bom, cheio de paz!

Governo prevê superavit de 0,2% e crescimento de 2% em 2020

O líder parlamentar do Partido Ecologista “Os Verdes” revelou esta terça-feira que o Governo prevê para o próximo ano um excedente orçamental de 0,2% e um crescimento de 2%. José Luís Ferreira, líder parlamentar do Partido …

Meo e Nos vão subir preços de alguns serviços em 2020

Escreve o Jornal de Negócios esta terça-feira que a Meo e a Nos vão atualizar o tarifário de alguns dos seus serviços a partir de 1 de janeiro de 2020. A fatura dos clientes deverá …

Maria e Francisco foram os nomes mais populares em 2019

Maria foi, mais uma vez, o nome feminino mais popular em 2019. João foi atirado para segundo lugar, sendo destronado por Francisco. Dados do Ministério da Justiça, divulgados pela TVI24, revela que, este ano, foram registadas …

Tensão nas eleições da JSD-Porto levam à intervenção da PSP

Rodrigo Passos foi eleito, no sábado, como novo líder da JSD-Porto, substituindo Rosina Ribeiro Pereira, que deixou algumas palavras duras para comentar o que se passou no ato eleitoral. Segundo o Público, Rosina Ribeiro Pereira, eleita …

Livre não aplica sanção a Joacine, mas condena declarações da deputada

O Livre decidiu não aplicar qualquer sanção disciplinar a Joacine Katar Moreira no seguimento do conflito entre Direção e deputada que surgiu após a polémica abstenção num voto no parlamento sobre uma investida israelita na …

Rio alerta para "claro divórcio entre a sociedade portuguesa e os partidos políticos"

O presidente do PSD, Rui Rio, disse ontem, em Paredes, no distrito do Porto, haver "um divórcio entre a sociedade e os partidos", defendendo que só uma maior "abertura" das estruturas às "pessoas" pode inverter …

Megaoperação de combate à pedofilia detém mais de 30 pessoas

Mais de 30 pessoas foram detidas em onze países no âmbito de uma megaoperação de combate à pornografia infantil realizada pela Europol e pela polícia nacional de Espanha, país onde foram presos mais de metade …

Grandes hotéis acusados de ignorar tráfico sexual. Queixa em grupo relata casos de 13 mulheres

Uma ação judicial deu entrada segunda-feira em Columbus, Ohio, nos Estados Unidos (EUA), com vários grandes grupos hoteleiros a serem acusados de lucrar com o tráfico sexual, ignorando os crimes e os danos nas vítimas. Segundo …

Líder da Birmânia, Suu Kyi, vai a Haia defender o país de acusação de genocídio

A líder birmanesa Aung San Suu Kyi decidiu comparecer perante o Tribunal Internacional de Justiça (TIJ) para defender o seu país da acusação de genocídio contra a minoria muçulmana rohingya, durante uma audiência de três …

Impeachment. Democratas preparam-se para avançar com duas acusações formais contra Trump

Os democratas estarão a planear apresentar esta terça-feira dois artigos de impeachment que acusam Donald Trump de abuso de poder e obstrução do Congresso. De acordo com o jornal norte-americano The New York Times, o Comité …