Marco Pina, ex-árbitro e comentador desportivo, é candidato do PSD a Odivelas

Facebook

Marco Pina, candidato do PSD a Odivelas

Marco Pina, antigo árbitro dos quadros da Federação Portuguesa de Futebol, comentador desportivo da CMTV e vereador do PSD eleito em 2017 na lista de Fernando Seara é o candidato escolhido pela Distrital de Lisboa à presidência da Câmara Municipal de Odivelas.

Aos 42 anos, o candidato propõe-se a acabar com o domínio local do PS e vai a votos apoiado pela coligação ”2021: Um Marco para Odivelas”. A coligação que engloba sete partidos: PSD, CDS/PP, Aliança, MPT, PDR, PPM e RIR.

Tendo em conta a situação sanitária atual, o candidato natural de Odivelas, optou por fazer o lançamento da sua candidatura, esta terça-feira, através de um vídeo divulgado nas redes sociais, “à semelhança do que também fez Carlos Moedas em Lisboa”, refere em comunicado.

Ângelo Pereira, presidente da Distrital de Lisboa do PSD já tinha afiançado ao jornal i que Marco Pina seria ”uma das grandes apostas do PSD para o distrito de Lisboa”.

No Facebook, Marco Pina deu-se a conhecer ao lado dos amigos e ex-jogadores de futebol, como Paulo Futre e António Calado, contando ainda o apoio do analista de arbitragem e comentador Pedro Henriques, da fadista Kátia Guerreiro e da apresentadora de televisão e taróloga Maya.

No que toca à política, Carlos Carreiras, presidente da Câmara de Cascais, Carlos Moedas, candidato à Câmara de Lisboa, e Ricardo Batista Leite, cabeça de lista a Sintra, também não poupam nos elogios a Marco Pina.

“Se Lisboa merece novos tempos, não tenho dúvidas que este candidato será um marco de mudança para a vizinha Odivelas”, garante Carlos Moedas.

Já Ricardo Baptista Leite, considera que Pina “é uma força da natureza. Os desafios de saúde nunca o fizeram desistir da vida pública e política”.

Por sua vez, Francisco Rodrigues dos Santos, presidente do CDS, reforça que “a candidatura do Marco Pina constitui um marco de mudança para o concelho, protagonizado por um candidato de confiança, com uma extraordinária capacidade de trabalho e uma visão de futuro para Odivelas”.

No vídeo de apresentação, Marco Pina salientou que aceitou o desafio porque acredita na cidade que o viu nascer e onde vive, tendo por missão lembrar que Odivelas “não está condenada ao socialismo que nos últimos 20 anos fez da cidade”.

A autarquia de Odivelas é liderada atualmente pelos socialistas, que vencem no município desde 2001.

Em 2017, Hugo Martins conseguiu manter a Câmara com 45% dos votos, tendo a coligação CDS/PSD conseguido 21% dos votos, recorda a Sábado.

Ana Isabel Moura Ana Isabel Moura, ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Odivelas só ganhará com uma mudança de timoneiro. Os socialistas têm sido um verbo de encher na cidade. É tempo de apanhar o caminho do progresso efetivo.

RESPONDER

Presidente do Atlético diz que "Félix será um dos melhores da Europa"

O presidente do Atlético de Madrid garantiu que, "dentro de meses", o jovem português "será um dos melhores jogadores da Europa". Numa entrevista à Cadena Cope e Rádio Marca, Enrique Cerezo abordou vários assuntos sobre o …

Crise pós-autárquicas. Tiro pode sair pela culatra à oposição (e beneficiar PS)

O tiro de partida para as eleições autárquicas deve ser dado em junho, por um PS ainda sem pressa para avançar. "Qual é a pressa?" Em 2013, António José Seguro repetiu várias vezes esta questão, numa …

Com o sonho da Champions destruído, Real Madrid prepara revolução no plantel

O Real Madrid vai dar início a uma revolução de médio-longo prazo no plantel após a eliminação nas meias-finais da Liga dos Campeões. O Real Madrid caiu aos pés do Chelsea nas meias-finais da Liga dos …

Crónica ZAP - Nota Artística por Nuno Miguel Teixeira

Nota artística: não há título para este Benfica-FC Porto

https://soundcloud.com/nuno-teixeira-264830877/benfica-1-1-fc-porto-o-musical Vamos até 2020. Setembro. O campeonato começa, olhamos novamente para o calendário e verificamos que há um Benfica-FC Porto na 31.ª jornada. Ui. Este vai ser o jogo do título. Hum... Chegámos a maio e, …

No Nepal, há pacientes a ser tratados no chão dos hospitais (e fala-se em "catástrofe humana")

O Nepal está a lutar para conter uma explosão de casos de covid-19, à medida que aumentam os temores de que a situação no país seja tão má - se não pior - como na …

Botafogo recusou proposta de 23 milhões de um clube português por jovem de 17 anos

O Botafogo rejeitou uma proposta de 23 milhões de euros de um clube português por Matheus Nascimento, jovem avançado de 17 anos. A imprensa brasileira avança que um clube português, que não foi identificado, apresentou uma …

Galp avança com despedimento coletivo de 150 trabalhadores de Matosinhos

A Galp vai dar início ao despedimento coletivo de cerca de 150 trabalhadores da refinaria de Matosinhos, tendo chegado a acordo com 40% dos cerca de 400 colaboradores. "Atendendo a que concluímos as operações de refinação …

Paulo Fonseca em jeito de despedida. "Foi um enorme prazer ser treinador da Roma"

O ainda treinador da Roma, que vai ser substituído por José Mourinho na próxima época, começou a despedir-se da equipa, tendo feito um balanço dos últimos dois anos. Depois da vitória em casa, esta quinta-feira, frente …

Páginas ocultas do PRR revelam "reedição da troika" na reforma aos hospitais

O Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) prevê uma concentração das urgências da Grande Lisboa e Grande Porto, cortes nos gastos e uma gestão dos hospitais mais vigiada com imposição de objetivos financeiros. O jornal Expresso …

As primeiras evidências de atividade humana foram encontradas (e têm 1,8 milhões de anos)

Foram encontradas as primeiras evidências de atividade humana, na caverna Wonderwerk, na África do Sul. Têm cerca de 1,8 milhões de anos, concluem os investigadores. Uma equipa de investigadores encontrou evidências de que os nossos antepassados …