Marcelo quer solução “criativa” para os professores

Toms Kalnins / EPA

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, quer uma solução “criativa” e que contemple um calendário para a recuperação do tempo de serviço dos professores, foi este sábado noticiado.

De acordo com o semanário Expresso, o Presidente vetou o decreto-lei que previa a recuperação de dois anos, nove meses e 18 dias à carreira dos professores – longe do tempo exigido pela classe profissional – para dar mais tempo ao Governo para encontrar uma solução “criativa” e que contemple um calendário para o futuro.

Marcelo Rebelo de Sousa quer uma solução semelhante à que foi assumida nos Açores e na Madeira onde foi definido um calendário para a recuperação do tempo de serviço congelado dos professores. Tal como noticia o Expresso, a ideia passa por encontrar “solução criativa” em função das condições financeiras do país.

Ao que o Expresso apurou, Marcelo promulgará um novo decreto para as carreiras dos professores que tenha uma fórmula genérica e “aberta”, ou uma norma “imaginativa”, a garantir que futuramente se possa ir mais além de forma sustentável para as contas públicas — mas que passe no Parlamento.

Nestas condições, o Presidente estará disposto a promulgar um diploma que contemple a recuperação de apenas 2 anos, 9 meses e 4 dias – proposta rejeitada pelos sindicatos e propostap pelo Executivo socialista liderado por António Costa.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Senhor presidente! Veja lá se arranja uma solução criativa para me pagarem mais de reforma. Já há muitos anos que não sou aumentado!

RESPONDER

Maior extinção da História. Identificado culpado que aniquilou quase toda a vida da Terra

Técnicas analíticas de ponta e modelos geoquímicos inovadores reconstruíram conclusivamente toda a cascata de eventos na maior extinção da história da Terra. Há cerca de de 252 milhões de anos, a maior extinção da história da …

Chovem críticas à Educação. Falta de professores e número de alunos por turma são o alvo

O ministro da Educação foi alvo de críticas dos partidos pela forma como geriu o regresso às aulas, com os deputados a referirem, entre outros problemas, a falta de professores e o número de alunos …

Europa com cuidados intensivos à beira do limite. Apertadas medidas e um "circuit-breaker" são a esperança

O número de infeções diárias de covid-19 tem aumentando drasticamente em grande parte dos países da Europa. Apesar de estarem a tentar evitar um novo confinamento, os governos europeus estão com receio que os cuidados …

Rui Rio e Adão Silva podem ser alvo de sanções (e até mesmo enfrentar expulsão)

Rui Rio e Adão Silva podem enfrentar sanções após contrariarem uma moção aprovada no último Congresso do partido relativamente ao referendo da eutanásia. Quando terminar a votação do referendo à eutanásia, a direção do PSD, encabeçada …

Vinícius fez duas assistências na estreia. Mourinho diz que "pode fazer melhor"

Carlos Vinícius estreou-se a titular pelo Tottenham com duas assistências para golo. José Mourinho gostou do desempenho do jogador emprestado pelo Benfica, mas acredita que o brasileiro é capaz de fazer melhor. Esta quinta-feira, Carlos Vinícius …

Estado fica com toda a responsabilidade das dívidas da TAP à banca

Em caso de falhas, o Estado fica com toda a responsabilidade das dívidas da TAP à banca. Anteriormente, as responsabilidades financeiras estavam repartidas entre o Estado e a Atlantic Gateway. Com a alteração dos estatutos da …

A "maglia rosa" de João Almeida caiu, mas o mundo do ciclismo rende-se ao português

Na etapa rainha do Giro, João Almeida perdeu a camisola rosa ao fim de 15 dias. O português mereceu o respeito do mundo ciclismo, chovendo elogios à sua prestação. João Almeida já não é o líder …

"Inverno escuro", negócios de família e o apelo aos "swing states". Assim foi o último debate presidencial

Os candidatos à presidência dos Estados Unidos encontraram-se pela última vez antes das eleições, em Nashville, Tennessee, mas desta vez num tom onde não prevaleceram os gritos e os insultos. Contudo, os ataques foram duros …

Casos diários podem duplicar até ao Natal devido ao efeito "cascata"

O epidemiologista Manuel Carmo Gomes prevê que o número de infeções diárias em Portugal duplique em dois meses. O problema é o efeito "cascata" que escapou à atenção da saúde pública. A situação epidemiológica em Portugal …

Baixar o IRC "não é a melhor forma de apoiar as empresas"

Pedro Siza Vieira, ministro da Economia e Transição Digital, defendeu esta quinta-feira que a inclusão de medidas para a redução do IRC na proposta do OE2021 não traria vantagem para os negócios mais penalizados pela …