Marcelo e Ferro repudiam identificação “inaceitável” de deputada em notícia da Lusa

ppdpsd / Flickr

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa

O Presidente da República e o presidente da Assembleia da República condenaram a “lamentável notícia” da Lusa na qual se identificava a deputada do PS, Romualda Fernandes, de modo “a todos os títulos inaceitável”. A Agência Lusa fez, de imediato, um pedido de desculpas pelo sucedido.

Numa curta mensagem publicada no sítio oficial da Presidência da República, que tem como título “Presidente da República pronuncia-se sobre lamentável notícia”, lê-se que Marcelo Rebelo de Sousa “regista o imediato pedido de desculpas da Agência Lusa quanto ao tratamento, a todos os títulos inaceitável, de uma deputada da Assembleia da República”.

O presidente da Assembleia da República, Eduardo Ferro Rodrigues, manifestou “repúdio” em relação à maneira, “a todos os títulos inaceitável”, como foi identificada a deputada do Partido Socialista, Romualda Fernandes, numa notícia publicada pela agência Lusa esta quinta-feira.

O presidente do Parlamento referiu na sua mensagem que, apesar de a agência Lusa, assim como “os demais órgãos de comunicação social que reproduziram a notícia, a terem prontamente corrigido e pedido desculpas à visada”, importa assegurar que “situações lamentáveis como esta não se voltem a repetir”.

Ferro Rodrigues manifestou também à deputada socialista, Romualda Fernandes, e ao grupo parlamentar do PS “total solidariedade, institucional e pessoal”.

A Direção de Informação da Lusa divulgou uma nota aos clientes ao início da madrugada de sexta-feira afirmando que “lamenta profundamente” a difusão desta notícia, na quinta-feira, em que a deputada do PS, Romualda Fernandes, foi identificada “de modo inaceitável, contra todas as regras éticas e profissionais constantes do Código Deontológico dos Jornalistas e do Livro de Estilo da Lusa”.

Nessa nota, acrescentava-se que a Direção de Informação iria “proceder a uma investigação sobre o que aconteceu” e apresentava “as suas desculpas à deputada, ao Partido Socialista” e a “todos os clientes e leitores” da agência.

A Direção de Informação da Lusa informou que aceitou o pedido de demissão do editor de política e que, “tendo em vista o dano moral e reputacional provocado na imagem da agência, instaurou um processo de averiguações” ao jornalista que redigiu a notícia, para “averiguar as circunstâncias” em que foi elaborada.

Por seu lado, a Comissão de Trabalhadores da Lusa divulgou também um comunicado em que “condena profundamente o ato de discriminação e a sucessão de erros que culminou numa identificação indigna e inaceitável da deputada Romualda Fernandes, numa notícia da Lusa, que atenta contra todos os valores defendidos pela agência e seus trabalhadores”.

“Este episódio é o oposto do trabalho, rigor, isenção, identidade e valores da agência em Portugal, nos países lusófonos e no resto do mundo. Mais do que regras jornalísticas, este episódio viola a dignidade humana”, considera a Comissão de Trabalhadores, que pede “uma expedita averiguação, responsabilização e explicação do processo, de forma transparente, que mostre que a Lusa não tolera qualquer tipo de discriminação”.

// Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Só há um caminho para esta pessoa que escreveu esta notícia, que é o despedimento imediato, pois caso a Lusa não o faça fica sem condições objetivas para manter uma relação de cooperação com os países africanos.

  2. Coitado do Jornalista que perde o emprego e sabe-se lá como irá viver, se tem família que depende dele por referir que a deputada é preta!, e não é?, por amor da Santa.

    • Pois… coitadinho…
      Vai lá rezar à Santa para ver se, com um milagre, ela consegue curar a estupidez do desgraçado…

RESPONDER

Covid-19. Variante indiana causa doença mais grave, dizem médicos chineses

A Delta está a causar doença mais grave e mais rapidamente do que durante a primeira vaga, informaram médicos na zona de Guangzhou, no sudeste da China, onde surgiu um surto recente provocado por esta …

Do café aos brinquedos. Preço do transporte de mercadorias vai atingir a nossa carteira mais cedo do que se pensava

Os preços exorbitantes do transporte de mercadorias pelo mundo poderão atingir a sua carteira mais cedo do que pensa. Mais de 80% de todo o comércio de mercadorias é transportado pela via marítima, mas o alto …

Tal é a qualidade de Portugal, que o treinador da Hungria "podia ser motorista ou roupeiro"

O selecionador da Hungria, o italiano Marco Rossi, afirmou hoje que "até podia ser o motorista ou rapaz dos equipamentos" da seleção portuguesa, tal é a qualidade dos jogadores lusos que vão disputar o Euro2020. “Estamos …

Destroços de avião descobertos no fundo de um lago nos EUA podem pôr fim a um mistério de 56 anos

Trabalhadores que testam equipamentos de investigação subaquática dizem ter encontrado os destroços de um pequeno avião nas profundezas do lago Folsom, na Califórnia. A confirmar-se, podem ter resolvido um mistério com 56 anos. As imagens de …

Norte-americanos envolvidos na fuga de Carlos Ghosn declaram-se culpados

Os dois norte-americanos acusados de ajudarem o ex-presidente da Nissan Carlos Ghosn a fugir do Japão quando aguardava julgamento em liberdade sob fiança declararam-se esta segunda-feira culpados perante a justiça japonesa. De acordo com fontes da …

Enfermeira tentou provar que as vacinas tornam as pessoas magnéticas (mas não correu como previsto)

Na semana passada, a enfermeira negacionista de Ohio Joanna Overholt tentou, durante uma sessão legislativa, provar que as vacinas contra a covid-19 tornam as pessoas magnéticas. Mas não foi bem sucedida. O teste do íman resulta …

Foda e Kostadinov: as recordações à volta do Áustria-Macedónia do Norte

O selecionador da Áustria e um dos jogadores da Macedónia do Norte trouxeram memórias dos anos 90. O jogo entre Áustria e Macedónia do Norte, que terminou com vitória austríaca por 3-1, não estava propriamente na …

Paquistão. Quem não se vacinar pode ficar sem acesso ao telemóvel

O governo regional de Punjab, no Paquistão, decidiu que os cidadãos que não se vacinarem contra a covid-19 "ao fim de um certo tempo" podem ver o cartão SIM do seu telemóvel bloqueado. "Estamos a fazer …

Seleção Nacional testa negativo na véspera da estreia no Europeu

Depois do susto de João Cancelo, que testou positivo ao novo coronavírus, a seleção nacional respira de alívio na véspera da estreia no Europeu, depois de ter testado negativo à covid-19. Esta segunda-feira de manhã, a …

Associação quer que os testes em eventos culturais sejam gratuitos

A Associação Espetáculo - Agentes e Produtores Portugueses defendeu que os testes de diagnóstico à covid-19 devem ser gratuitos em eventos culturais. A Associação Espetáculo – Agentes e Produtores Portugueses defendeu, este domingo, que os testes …