Marcelo desembarca na China para reforçar cooperação económica

Mário Cruz / Lusa

O presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa

Marcelo Rebelo de Sousa começa esta sexta-feira a visita à China com uma deslocação à Grande Muralha, mas sobre a relação entre os dois países, o Presidente afirma que não existem muros.

A visita do Presidente da República português à China é uma afirmação política da vontade de alinhamento com o país, que sinaliza a abertura de Portugal para mais e maiores investimentos no nosso país.

A visita de Estado começa dois dias depois da queda da oferta pública de aquisição (OPA) da China Three Gorges (CTG) à EDP, mas esse não será um motivo de atrito entre os dois países.

De acordo com o Público, os chineses têm consciência de que as autoridades portugueses não contribuíram para este desfecho. Se chumbasse o negócio, criaria dificuldades na relação com o principal acionista da elétrica. Se o aprovasse, poderia ver a sua decisão ser revogada pelas reguladoras europeia ou, sobretudo, a americana.

Assim, o chefe de Estado português vai ser recebido pelo Presidente da China, Xi Jinping, em Pequim, na segunda-feira, dia em que se reunirá também com o primeiro-ministro chinês, Li Keqiang.

Marcelo chegou ao país esta quinta-feira, onde ficará seis dias, para participar na segunda edição do fórum “Faixa e Rota”, iniciativa chinesa de investimento em infraestruturas, em Pequim, em que irá discursar, no sábado, e depois para uma visita de Estado, a convite do seu homólogo, entre segunda e quarta-feira.

O programa da sua visita à República Popular da China, inclui ainda jantares com representantes das maiores empresas chinesas em Portugal e com exportadores portugueses para o mercado chinês, em Pequim, um seminário luso-económico e encontros com as autoridades locais de Xangai e da Região Administrativa Especial de Macau (RAEM).

Marcelo Rebelo de Sousa, que deu aulas em Macau, mas nunca esteve na China Continental, começou esta visita simbolicamente na Grande Muralha, esta sexta-feira, e ficará na capital chinesa até segunda-feira. Nessa noite, seguirá para Xangai e encerrará a visita em Macau, no 1.º de Maio.

O seu encontro com o primeiro-ministro chinês, Li Keqiang, está marcado para as 11h10 locais (04h10 em Lisboa) de segunda-feira, na residência oficial Diaoyutai, após a deposição de uma coroa de flores no Monumento aos Heróis do Povo, na Praça Tiananmen.

À tarde, será recebido pelo Presidente da China, Xi Jinping, no Grande Palácio do Povo, pelas 17h30 (10h30 em Lisboa), numa cerimónia com honras militares. Após o encontro entre os dois chefes de Estado, haverá um banquete oficial.

Na noite de segunda-feira, o Presidente português parte para Xangai, a “capital” económica da China, onde estará menos de 24 de horas, com um programa que inclui um seminário económico luso-chinês e uma ida à Universidade de Estudos Internacionais, que tem um dos departamentos de língua portuguesa mais antigos da China.

Na terça-feira ao fim do dia, em Xangai, antes de viajar para Macau, Marcelo Rebelo de Sousa dará ainda uma receção a empresários, entidades culturais e portugueses residentes nesta região.

Em Macau, o chefe de Estado também estará menos de 24 horas, mas com uma agenda intensa, que inclui visitas à Santa Casa da Misericórdia, às ruínas da Igreja de São Paulo, à Escola Portuguesa, uma reunião com o chefe do executivo da RAEM, Fernando Chui Sai On, e uma receção à comunidade portuguesa.

Nesta deslocação à China, o Presidente da República estará acompanhado por uma delegação parlamentar composta pelos deputados Adão Silva, do PSD, Filipe Neto Brandão, do PS, Telmo Correia, do CDS-PP, pelo líder parlamentar do PCP, João Oliveira, e por Heloísa Apolónia, do Partido Ecologista “Os Verdes”.

Bloco de Esquerda e PAN optaram por não integrar a sua comitiva nesta visita, o que justificaram com a situação dos direitos humanos e das liberdades na China.

Pela parte do Governo, integram a comitiva oficial do chefe de Estado os ministros dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, e do Ambiente e da Transição Energética, João Pedro Matos Fernandes, e o secretário de Estado da Internacionalização, Eurico Brilhante Dias.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

"Há filhos e enteados?". Marques Mendes arrasa decisão "inacreditável" de realizar festa do Avante

Luís Marques Mendes criticou este domingo a realização da festa do Avante, considerando "inacreditável" que a habitual festa comunista seja realizada no atual contexto da pandemia de covid-19 em Portugal. No seu habitual espaço de …

Varandas só tem espaço para 24 jogadores. Metade será de Alcochete

Com o intuito de reduzir custos, o presidente sportinguista, Frederico Varandas, diz que quer um plantel com 24 jogadores para a próxima época. Cerca de metade são produtos de Alcochete. Frederico Varandas pretende encurtar o plantel …

Duas demissões no Governo do Líbano. Porto de Beirute ficou com cratera de 43 metros após explosões

Duas demissões no Governo do Líbano foram anunciadas nas últimas horas depois da explosão no porto de Beirute que provocou pelo menos pelo menos 158 mortos, 6.000 feridos e dezenas de desaparecidos. A ministra da …

Benfica na corrida por Jan Vertonghen

A SAD encarnada está disposta a fazer alguns esforços pela contratação do futebolista belga que, neste momento, se encontra sem clube e a passar férias em Portugal. De acordo com o jornal Record, depois de a …

Bloco revela os três pilares da negociação do OE2021

O Bloco de Esquerda revelou os seus três pilares fundamentais da negociação para o Orçamento do Estado para 2021. O PCP e o PAN não abriram jogo, enquanto o PEV garante que ainda não foi …

Félix da Costa é campeão mundial de Fórmula E: "Estive perto de desistir"

O piloto português António Félix da Costa (DS Techeetah) sagrou-se hoje campeão mundial de Fórmula E, competição para carros elétricos, ao ser segundo classificado na oitava jornada da competição, em Berlim. Partindo do segundo lugar da …

Maurícias numa corrida contra o tempo para evitar desastre ambiental

Milhares de estudantes, ativistas ambientais e residentes das Maurícias continuam a trabalhar para tentar minimizar os danos causados pelo derrame de petróleo de um navio encalhado nos recifes de coral ao largo da ilha. Estima-se que …

Encontrada escultura Inca numa oferenda submersa no lago Titicaca

A descoberta de uma escultura Inca no interior de uma oferenda submersa no Titicaca demonstra que este lago era um local muito importante para os Incas. Uma equipa de investigadores da Universidade Estadual da Pensilvânia, nos …

Nova identidade, ordenado e casa. PJ deverá recrutar Rui Pinto para ser investigador do Estado

O Correio da Manhã avançou este domingo que a Polícia Judiciária (PJ) vai recrutar o pirata informático Rui Pinto, criador do Football Leaks e fonte do caso Luanda Leaks, para ser investigador do Estado. De acordo …

Bernardo Silva na órbita do Barcelona (e há outro português envolvido nas negociações)

O Barcelona está a sondar Bernardo Silva, tentando perceber se o internacional português estará interessado em deixar o Manchester City. A notícia é avançada esta segunda-feira pelo jornal inglês The Telegraph, que dá conta que …