Marcelo em Angola na tomada de posse de João Lourenço. Costa não foi convidado

José Sena Goulão / Lusa

O presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa

O Presidente da República considerou esta segunda-feira a sua presença em Angola para a cerimónia de investidura do Presidente eleito de Angola, João Lourenço, uma reafirmação da fraternidade entre os povos angolano e português e entre os dois Estados.

Marcelo Rebelo de Sousa falava aos jornalistas à chegada a Luanda, no aeroporto internacional 4 de Fevereiro, onde foi recebido pelo ministro das Relações Exteriores de Angola.

O chefe de Estado português respondeu a um convite de Angola para participar, na terça-feira, na cerimónia de investidura do presidente eleito nas eleições gerais de 23 de agosto, João Lourenço, e do vice-Presidente, Bornito de Sousa.

Em entrevista ao Expresso, o primeiro ministro tinha dito que “provavelmente” marcaria presença na tomada de posse de João Lourenço. “Terei de acertar isso com o presidente da República, mas é normal que a representação seja feita por mim“.

No entanto, Marcelo Rebelo de Sousa preferiu marcar presença, tendo António Costa ficado de fora da lista de convidados da cerimónia que conta com mais de mil convidados nacionais e estrangeiros, 30 dos quais chefes de Estado e de Governo, de acordo com o semanário.

Segundo Marcelo Rebelo de Sousa, trata-se de um momento “particularmente simbólico”, que fundamentalmente traduz o “sentimento forte de milhões de portugueses em relação a milhões de angolanos, sabendo que é recíproco. É um sentimento de grande alegria, um sentimento pessoal, mas sobretudo dos portugueses e das portuguesas que eu represento”, disse.

Instado pela agência Lusa a comentar o facto de ter sido um dos primeiros chefes de estado a felicitar João Lourenço pela vitória nas eleições, o Presidente português referiu que o relacionamento “mais intenso” entre os dois países justificou a posição.

“Porque o nosso relacionamento é mais intenso do que os outros relacionamentos dos outros Estados e, portanto, isso explica o porquê de, naturalmente, sermos dos primeiros ou mesmo os primeiros, atentos como estávamos ao que se passava, a exprimir aquilo que entendíamos que era muito importante: a felicitação ao presidente eleito e a reafirmação de um relacionamento fraternal entre povos e Estados”, frisou.

A nível pessoal, Marcelo Rebelo de Sousa garantiu que é também grande a sua expectativa, por se tratar de “uma amizade muito grande“.

“São expectativas à medida da amizade, é uma amizade profunda entre povos, entre Estados e, portanto, estamos sempre, para além daquilo que em cada momento é preciso ir equacionando, sempre muito empenhados em aprofundar, em adensar, em levar mais longe esse relacionamento”, referiu.

Durante a sua estada em Angola, o chefe de Estado português tem programado um passeio na marginal de Luanda, uma visita à escola portuguesa e à Faculdade de Direito da Universidade Agostinho Neto.

Na terça-feira, além de participar na cerimónia de posse pela manhã, para o período da tarde tem previsto, antes do seu regresso, encontros bilaterais e com a comunidade portuguesa.

// Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Sinceramente acho que Marcelo não devia ter ido a Angola.
    É certo que há muitos portugueses lá a trabalhar , mas será que isso é suficiente forte, para nos representar-mos ao mais alto nível, num país onde os atropelos à dignidade humana é uma realidade?
    Num país onde a corrupção atinge a elites de um forma descarada e em que a democracia só existe no papel?
    Não chegaria o MNE , ou outro qualquer representante ?
    Portugal tem de ter outra atitude , ou tem de dar razão à UNITA, que acusa de Portugal de se vergar a Angola.

    • Por essa ordem de ideias então o Presidente da República também não poderia estar em Portugal ou o senhor pensa que isto é assim tão diferente de Angola?

RESPONDER

A tinta mais branca do mundo ajuda a poupar energia nas casas - e pode eliminar de vez o ar condicionado

Uma equipa de investigadores da Universidade de Purdue desenvolveu uma tinta tão branca que revestir um prédio com ela pode reduzir, ou até mesmo eliminar, a necessidade de ter ar condicionado. Depois de testar mais de …

Costa promete "lição exemplar" à Galp depois de "tanto disparate" em Matosinhos

O secretário-geral do PS, António Costa, considerou hoje que “era difícil imaginar tanto disparate, tanta asneira, tanta insensibilidade” como a Galp demonstrou no encerramento da refinaria de Matosinhos, prometendo uma “lição exemplar” à empresa. Falando em …

Porto 5-0 Moreirense | Días, Taremi e Fábio, o trio maravilha

O Porto foi o primeiro dos “grandes” a entrar em campo e deu o mote, e que mote. Os “dragões” receberam o Moreirense e golearam sem apelo nem agravo, por 5-0, graças a uma segunda …

Ronaldo volta a marcar pelo United em jogo com final frenético

O português Cristiano Ronaldo voltou hoje a marcar pelo Manchester United, mas foram Lingaard e David de Gea que ‘brilharam’ na vitória sobre o West Ham, por 2-1, em jogo da quinta jornada da Liga …

O Cumbre Vieja, num dos complexos vulcânicos mais ativos nas Canárias, entrou em erupção

O vulcão Cumbre Vieja, na ilha espanhola de La Palma, entrou hoje em erupção na zona de Las Manchas, depois de mais de uma semana em que foram registados milhares de sismos na região. Na zona, …

Portugal regista 677 novos casos de covid-19 e cinco mortes

Portugal registou, este domingo, 677 novos casos e cinco mortes na sequência da infeção por covid-19, de acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). Segundo o último boletim da Direção-Geral da Saúde, Portugal …

Estudo mostra como diferentes espécies de polvos coexistem no mesmo ambiente

Existem mais de 300 espécies de polvos a viver em diversos habitats que abrangem recifes de coral, leitos de ervas marinhas, planícies de areia e regiões de gelo polar. Mas de que forma cefalópodes tão …

As máquinas estão "muito longe" de serem mais inteligentes (mas muito perto de agir como pessoas)

A especialista em inteligência artificial Daniela Braga considera que as máquinas estão "muito longe" de substituírem totalmente os humanos ou serem mais inteligentes, mas estão "muito perto" de interagirem como as pessoas. "Acho que estamos muito …

Secreto e lucrativo, o mercado de venda de "fezes de cachalote" pode também ser violento

O âmbar cinza é altamente raro, mas também altamente valioso. Usada na indústria dos perfumes, o mercado deste material pode ser muito perigoso. Deixa na pele uma resina oleosa e tem um cheiro a tabaco, madeira, …

Empresa norueguesa garante que pode "parar" furacões antes que estes se tornam destrutivos

Especialistas ambientais advertem que o sistema de "cortina de bolhas" proposto pela empresa pode provocar efeitos indesejados. A OceanTherm, uma startup norueguesa, assegura que a sua nova tecnologia pode evitar que as tempestades tropicais se tornem …