Manuel Pinho foi à PJ, não lhe fizeram perguntas e saiu como arguido

José Sena Goulão / Wikimedia

Manuel Pinho, ex-ministro da Economia

Manuel Pinho, ex-ministro da Economia

O ex-ministro da Economia foi nesta segunda-feira constituído arguido no caso que investiga suspeitas de corrupção na EDP.  E o advogado do ex-governante lamenta que a Polícia Judiciária não lhe tenha feito nenhuma pergunta.

Manuel Pinho foi nesta segunda-feira chamado à Polícia Judiciária (PJ), no âmbito de um inquérito a eventuais crimes de corrupção e participação económica em negócio na área da energia.

Chamado à Unidade Nacional de Combate à Corrupção da PJ, Pinho foi constituído arguido, sem que lhe tenha sido feita qualquer pergunta, lamenta o advogado do ex-ministro, Ricardo Sá Fernandes, em declarações à RTP.

“Não é assim que se trabalha. Não é assim que se respeita os cidadãos, não é assim que se investiga”, critica Sá Fernandes no canal público.

O advogado nota que Pinho está “inteiramente de acordo em que se procedam a todas as investigações necessárias para cabal esclarecimento destes assuntos que têm a ver com a EDP”.

Mas lamenta o que define como “este espectáculo todo das suspeitas sobre as rendas excessivas”. “Acordada uma data para vir prestar declarações, ele está aqui, disponível para prestar declarações, interessado em saber aquilo que lhe é imputado e não lhe foram referidos os factos concretos e não lhe é feita nenhuma pergunta“, queixa-se Sá Fernandes.

Manuel Pinho já garantiu que não recebeu qualquer favorecimento da EDP, pedindo para que o caso seja levado “até às últimas consequências”.

Até ao momento, são conhecidos sete arguidos num inquérito do DCIAP (Departamento Central de Investigação e Acção Penal), que investiga crimes de corrupção e participação económica em negócio na área da energia, entre os quais os presidentes da EDP e da EDP Renováveis, António Mexia e João Manso Neto, respectivamente.

João Faria Conceição, administrador da REN e antigo consultor do ex-ministro Manuel Pinho, Pedro Furtado, responsável de regulação na empresa gestora das redes energéticas, Rui Cartaxo, que entre 2006 e 2007 foi adjunto de Manuel Pinho, Pedro Resende e Jorge Machado, que foram vogais do conselho de administração da EDP, são os restantes arguidos conhecidos.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

    • Isto leva-me àquela frase sempre batida nestes momentos:

      A ser certo o que por certo nunca dávamos, mais certo seguro fica o que incerto antes estava.

      E por aqui me fico. Muito boa tarde e bons mergulhos

  1. Todos eles (vigaristas) garantem tudo e mais alguma coisa, vai-se a ver estão metidos até dizer basta. São todos uns coitadinhos, que roubaram indecentemente mas na visão deles Nãoo que ideia!
    Por falar em respeito, esta gentalha tem respeito por alguèm, os trabalhadores portugueses são indecentemente roubados, vigarizados por a classe politica. Ainda não vi nenhum deles ficar sem o dinheiro que roubaram e os bens!!!

  2. É caso para agora dizer : “Justiça, cumpre com o teu dever ! ”
    Este cromo é o principal culpado das Rendas Excessivas. Foi ele que fez o frete à EDP e ao Mexia, para roubar os portugueses com os CMECs.
    Tentar “só” olhar para o Mexia e para o Campos, é atirar areia para os olhos dos pagantes. Se Manuel Pinho nunca tivesse assinado estes contratos leoninos o problema não existia. Mexia/Campos serão os corruptores activos, mas Pinho é sem dúvida o Corrupto Passivo, que com grandes vantagens próprias, lesou o estado e os contribuintes em milhares de milhão de euros !!!
    Time to Pay!

RESPONDER

Espiões podem estar a usar o LinkedIn para recrutar novos contactos

O LinkedIn é uma rede social de negócios, mas espiões podem estar a usá-la para encontrar novos contactos. Os espiões estarão a usar perfis falsos, gerados por inteligências artificial. Apesar de ser uma rede social bem …

Mercado de compras online pode não ser tão lucrativo quanto se pensa (e pode estar perto do fim)

Muitas pessoas provavelmente presumem que as lojas online estão a fazer uma fortuna, mas a realidade é bem diferente. Muitas atividades de comércio eletrónico são, na verdade, não lucrativas. Se as pessoas tivessem que pagar o …

Canábis já era fumada há pelo menos 2.500 anos

Uma descoberta nos túmulos do cemitério Jirzankal, no oeste da China, mostra que os povos que viviam nessa zona montanhosa já queimavam canábis com elevados níveis de THC. Uma equipa de arqueólogos encontrou pequenos artefactos de madeira …

Estado angolano exige 25 milhões de euros ao general Dino

O Estado angolano exige ao general Leopoldino Fragoso do Nascimento, mais conhecido por Dino e um dos homens de confiança do ex-presidente José Eduardo dos Santos, o pagamento de 29 milhões de dólares (25 milhões …

Procuradora dos "Cinco de Central Park" deixa de lecionar Direito após série da Netflix

Elizabeth Lederer, a procuradora principal do caso dos "Cinco de Central Park", que resultou na condenação injusta de jovens negros e latinos por violação, disse que vai deixar de lecionar Direito na Universidade de Columbia, …

A água da torneira de uma cidade americana ficou repentinamente cor-de-rosa

Os residentes de Coal Grove, no Ohio, foram surpreendidos por água cor-de-rosa a sair das torneiras das suas casas. O problema esteve relacionado com uma avaria na bomba da estação de tratamento da água. Nenhum habitante de …

Hospital Pulido Valente sem anestesistas na escala este fim de semana

Médicos do Hospital Pulido Valente, em Lisboa, foram este sábado surpreendidos com a falta de anestesistas na escala deste fim de semana e manifestam preocupação com o impacto da decisão nos doentes internados. O coordenador da …

Na Suécia, há quem tenha "vergonha" de andar de avião

Viajar de avião ou usar outro meio de transporte? Para muitos, essa pergunta vem de um dilema ético, de pessoas preocupadas com o impacto da aviação nas mudanças climáticas. Nenhum país, contudo, levou esse dilema tão …

EUA. Governo separa famílias de imigrantes ilegais e envia as crianças para antiga base militar

O internamento de nipo-americanos durante a Segunda Guerra Mundial sempre permaneceu uma mancha terrível nos livros de história dos Estados Unidos (EUA). Cerca 120 mil pessoas foram mantidas à força em várias dessas instalações entre …

Morreu o cineasta italiano Franco Zeffirelli

O cineasta italiano Franco Zeffirelli morreu, na sua casa, em Roma, aos 96 anos, noticiou este sábado a imprensa italiana. “O desaparecimento ocorreu no final de uma longa doença. O mestre vai descansar no cemitério de …