Manter a cozinha arrumada ajuda a perder peso

digitaltrends.com

Os ambientes caóticos, como uma cozinha desarrumada, podem provocar stress nas pessoas e levá-las a comer mais, conclui um estudo científico que constatou que numa cozinha limpa se petisca menos.

A pesquisa, feita por cientistas da Universidade de Cornell (UC), no Reino Unido, e da Universidade de Nova Gales do Sul (UNSW), na Austrália, foi publicada na Environment and Behaviour.

A investigação analisou o comportamento de 100 mulheres que foram divididas em dois grupos, um dos quais foi confrontado com uma cozinha limpa e arrumada, enquanto o outro enfrentou uma cozinha desorganizada, com pilhas de papéis e de pratos sujos espalhados.

As participantes tiveram também que escrever sobre algum momento em que se tenham sentido particularmente no controlo da situação ou especialmente desorientadas.

A cada uma foi entregue um recipiente com biscoitos, bolachas de água e sal e cenouras.

As que se viram em cozinhas caóticas e que escreveram sobre momentos de descontrolo, consumiram duas vezes mais biscoitos do que as que ficaram em cozinhas arrumadas – uma diferença de mais de 100 quilo-calorias.

“Estar num ambiente caótico e sentir-se fora de controlo é mau para as dietas. Parece levar as pessoas a pensar ‘Tudo o resto está fora de controlo, por que é que eu não devo estar?‘”, nota o investigador que liderou o estudo, Lenny Vartanian, professor de psicologia na UNSW, em declarações ao Independent.

Vartanian acredita que o mesmo tipo de comportamento “se passaria com homens”.

“Embora um ambiente caótico possa criar uma vulnerabilidade para fazer escolhas de comida pouco saudáveis, a atitude de cada um nesse ambiente ou pode disparar essa vulnerabilidade ou servir de tampão contra ela”, alertam contudo, os investigadores.

Assim, constata-se no estudo, a personalidade de cada é um factor determinante.

Se a “meditação, como forma de se sentir no controlo” pode servir para alguns como “uma maneira de resistir aos petiscos na cozinha, para alguns é provavelmente, mais fácil simplesmente manter as cozinhas arrumadas e limpas“, realça o co-autor do estudo, Brian Wansink, director do Laboratório de Comida e Marca da UC, também citado pelo Independent.

“O ambiente caótico não teve impacto no consumo de bolachas de água e sal ou cenouras”, afirmam os investigadores no estudo.

Assim, pode concluir-se que uma cozinha limpa ajuda a impedir as pessoas de petiscarem entre refeições, ingerindo iguarias hiper-calóricas – eis uma boa motivação para quando for preciso enfrentar a pilha de louça suja.

SV, ZAP

PARTILHAR

RESPONDER

Governo do Brasil aponta início da vacinação entre janeiro e fevereiro

O ministro da Saúde do Brasil, Eduardo Pazuello, disse que o país vai começar a receber 15 milhões de doses de vacinas para a covid-19 entre janeiro e fevereiro de 2021, com mais cem milhões …

Solução para Novo Banco pode não passar por um OE retificativo, diz João Leão

O ministro de Estado e das Finanças, João Leão, disse que a alternativa à anulação da transferência de 476 milhões de euros para o Novo Banco não tem "necessariamente que passar" por um orçamento retificativo …

Plano de vacinação arranca em janeiro com três fases. 950 mil pessoas no primeiro grupo prioritário

Pessoas com mais de 50 anos com uma patologia frequente nos casos graves de covid-19, residentes e/ou internados em lares e profissionais de saúde integram o primeiro grupo prioritário para a administração da vacina de …

Segunda vaga de moratórias autorizada pela Autoridade Bancária Europeia

A Autoridade Bancária Europeia (EBA) autorizou a reabertura de moratórias de crédito, com efeitos a partir de 01 de outubro até 31 de março de 2021, dois meses após ter suspendido novas adesões. Num comunicado publicado …

Turquia alvo de críticas duras em reunião da NATO e em risco de sanções

A Turquia esteve esta quarta-feira sob um fogo de críticas na reunião virtual dos Ministros dos Negócios Estrangeiros (MNE) da NATO e, com a deceção manifestada pelos Estados Unidos, deve preparar-se para sanções económicas americanas …

O que Neymar mais quer é voltar a jogar com Messi. Só se vier a custo zero, diz o Barça

O internacional brasileiro Neymar, que alinha pelo PSG, confessou esta quarta-feira que o mais deseja é voltar a jogar com o astro argentino Lionel Messi, com quem partilhou balneário entre 2013 e 2017 no Barcelona. …

Ministro da Administração Interna e procuradora-geral da República vão ser ouvidos no Parlamento

Eduardo Cabrita será ouvido sobre o caso do cidadão ucraniano assassinado nas instalações do SEF e Lucília Gago sobre a "recente diretiva sobre os poderes hierárquicos" na magistratura do Ministério Público. A comissão de Assuntos Constitucionais …

Portugal regista mais 79 mortos e 3.772 novos casos de covid-19

Portugal contabiliza esta quinta-feira mais 79 mortos relacionados com o novo coronavírus, que provoca a covid-19, e 3.772 novos casos de infeção com o novo coronavírus, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS). Desde o início da …

França investiga 76 mesquitas por suspeita de radicalização islâmica

A França vai investigar nos próximos dias 76 mesquitas por suspeitas de radicalização islâmica, anunciou esta quarta-feira o ministro do Interior do país, Gerald Darmanin. Trata-se de 16 templos na região de Paris e 60 no …

Medidas estão a dar resultados. Novas regras apresentadas sábado vão vigorar até 7 de janeiro

O primeiro-ministro afirmou que as medidas adotadas estão a produzir resultados, havendo uma trajetória descendente de novos casos de covid-19, mas advertiu que janeiro é mês de risco e as restrições não podem ser aliviadas. Esta …