Macedónia vai ter que mudar de nome. Milhares protestam nas ruas

Georgi Licovski / EPA

Milhares de simpatizantes da direita nacionalista (VMRO-DPMNE) manifestaram-se em Skopje contra a mudança do nome do país, negociado com a Grécia, que também reivindica o nome Macedónia.

Após anos de impasse, as negociações entre os dois países conheceram progressos nos últimos meses, com o primeiro-ministro macedónio, Zoran Zaev, e o seu homólogo grego, Alexis Tsipras, a mostrar vontade de acabar com esta disputa que conta já com um quarto de século.

As negociações estão já “na fase final” segundo os governantes, e qualquer solução será objeto de referendo, levando a uma mudança na Constituição da Macedónia.

“O VMRO-DPMNE não apoiará uma modificação da Constituição para implementar uma mudança do nome constitucional da Macedónia. Somos muito claros em relação a isso”, disse à multidão o novo presidente do principal partido da oposição, Hristijan Mickoski.

Nikola Gruevski, ex-primeiro-ministro e líder do partido, condenado na quarta-feira a dois anos de prisão num caso de abuso de poder, não esteve presente.

Já o primeiro-ministro húngaro, Viktor Orban, apoiou o novo presidente do VMRO-DPMNE numa mensagem em vídeo na qual elogia os “líderes corajosos e sábios que não se submetem à pressão de potências estrangeiras”.

Um acordo com a Grécia terá de ser ratificado pelo Parlamento antes de um referendo. Caso não haja acordo, Atenas bloqueia qualquer perspetiva de integração da Macedónia na NATO ou de adesão à União Europeia.

Muitos nomes têm sido referidos como alternativa, como “Gorna Makedonija” (Alta Macedónia), “Severna Makedonija” (Macedónia do Norte), “Macedónia-Ilinden” ou “Macedónia-Skopje”. Fonte ouvida pela Agência France Press disse que a preferida é Macedónia do Norte.

Independente desde 1991, a Macedónia foi admitida nas Nações Unidas como Antiga República Jugoslava da Macedónia. É também assim que líderes europeus a designam, mas muitos países, nomeadamente os Estados Unidos e a Rússia, reconhecem o país pelo nome de Macedónia.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Adesão ao IVAucher quase duplicou no último mês - mas restauração quer mais medidas

No último mês, quase duplicou o número de contribuintes que se inscreveu no programa que permitirá rebater os descontos acumulados no âmbito da iniciativa IVAucher. De acordo com o Jornal de Notícias, a 23 de agosto, …

Tribunal Europeu dos Direitos Humanos culpa Rússia pelo assassinato de Alexander Litvinenko

Decisão remonta ao incidente de novembro de 2006, que ocorreu num hotel londrino, seis anos após o dissidente político se ter mudado para o Reino Unido, precisamente para fugir às ameaças do regime de Vladimir …

"Tratam-nos assim por causa da cor da nossa pele". Polícias nos EUA filmados a chicotear migrantes

Fotos e vídeos mostram polícias na fronteira a carregar contra migrantes e a usar objectos semelhantes a chicotes. A Casa Branca já condenou a situação e promete que vai investigar o sucedido. Pareciam imagens do tempo …

Benfica: a principal ameaça na Liga dos Campeões será Darwin

Pelo menos é a visão catalã. Benfica é o próximo adversário do Barcelona. Mais um jogo, mais uma vitória. O Benfica só sabe ganhar no campeonato português, para já, e na noite passada venceu em casa …

Estado vai financiar formação de funcionários públicos em universidades e politécnicos

Verbas destinadas ao projeto provêm do Orçamento do Estado e do Plano de Recuperação e Resiliência — cerca de 600 milhões. O Estado vai financiar, inteira ou parcialmente, as formações profissionais dos profissionais públicos, através do …

Sevilha rescinde com jogador por má forma física

O Sevilha anunciou a rescisão de contrato com o defesa-central Joris Gnagnon por falta de profissionalismo relativamente à sua forma física. De acordo com o jornal A Bola, o Sevilha rescindiu contrato com o defesa-central francês …

"O nosso Governo está pronto". Trudeau volta a ganhar as eleições - mas sem maioria absoluta

O líder do Partido Liberal do Canadá (LP) Justin Trudeau disse hoje, depois de ganhar as eleições gerais do país, que os eleitores canadianos escolheram "um plano progressivo" e que está pronto para formar um …

Travar margens nos combustíveis pode acabar por prejudicar os consumidores (e até fechar bombas)

A proposta de lei do Governo aprovada, na semana passada, para a limitação das margens das petrolíferas nos preços dos combustíveis pode acabar por travar a concorrência e até levar ao encerramento de bombas de …

"Nunca se pode tirar Messi" (mas há um gesto que pode explicar a sua substituição)

A substituição de Messi, e a forma como reagiu, no jogo entre o Paris Saint-Germain e o Lyon da Liga francesa, continua a dar que falar. E agora avança-se a possibilidade de o craque argentino …

Médicos querem que norma de isolamento tenha em conta a atual taxa de vacinação

Com o regresso às aulas, médicos de saúde pública defendem a revisão da norma referente ao isolamento de contactos de risco, para que esta tenha em consideração a elevada taxa de vacinação. O ano letivo arrancou …