Qual é a maneira mais provável de apanhar covid-19? A Ciência oferece resposta

Transmissão por contacto com superfícies ou transmissão via aérea através de partículas? Cientistas sugerem qual é a forma mais provável de ser infetado com o novo coronavírus.

Em março, ainda nos estágios iniciais da pandemia de covid-19, o médico norte-americano Jeffrey VanWingen divulgou um vídeo no YouTube, no qual aconselhava as pessoas deixar as compras de supermercado ao ar livre durante três dias, borrifar desinfetante em cada produto e mergulhar frutas em água com sabão. O objetivo de todo este processo era desinfetar os produtos que potencialmente poderiam carregar o novo coronavírus.

Agora que temos mais conhecimento sobre a doença, sabemos que alguma das dicas de VanWingen são desnecessárias e até mesmo perigosas. De momento, os cientistas dizem que o maior risco de infeção vem da inalação do que outra pessoa infetada está a exalar. Usar uma máscara parece a solução mais prática e segura.

A teoria de que o novo coronavírus se podia espalhar ao entrar em contacto com objetos que carregam o vírus não é descabida. Afinal de contas, é assim que cientistas e epidemiologistas acreditam que a maioria das doenças respiratórias se espalha, escreve o portal Elemental. É por isso que devemos lavar as mãos antes de comer ou preparar comida, por exemplo.

Novos estudos sugeriram que o Sars-COV-2 sobrevivia 24 horas em cartão e 72 horas em plástico. Como tal, recomendou-se a lavagem e higienização das mãos como a primeira linha de defesa.

O professor de microbiologia e bioquímica da Universidade Rutgers, Emanuel Goldman, diz que as recomendações foram feitas com base nas experiências erradas.

“Eles começaram com uma quantidade enorme e totalmente irreal de vírus no início da experiência, e então, com certeza, encontraram o vírus no final. Mas eles começaram com muito mais do que você jamais encontraria na vida real”, explica Goldman.

“Você teria que ter 100 pessoas a tossir e espirrar numa pequena área da superfície para obter a quantidade de vírus que foi usada nos estudos que relataram a sobrevivência do vírus nas superfícies”, acrescenta.

Um outro estudo sugere que o vírus vai morrendo aos poucos, em que a cada seis horas, 50% do vírus enfraquece e torna-se inativo ou não infeccioso.

Em maio, o Centro de Controle e Prevenção de Doenças adiantou que a infeção através do contacto com superfícies não era significativo. Em contrapartida, o contacto com partículas de mucosa e saliva no ar era a principal causa.

Quando expelimos ar, seja a espirrar, tossir ou até a respirar, pequenos pedaços de saliva são expelidos. Enquanto as partículas mais pesadas caem rapidamente ao chão, as mais leves ficam no ar durante mais tempo. Estar em contacto próximo com alguém aumenta o risco de ficar exposto às pequenas partículas que estão a ser expelidas.

Muitos cientistas pensam que é assim que a maioria das pessoas é infetada com o coronavírus.

“Não é que [a disseminação através da superfície] não possa acontecer, é apenas que a probabilidade é menor do que se alguém estivesse realmente à sua frente, a respirar o vírus vivo nas gotículas em você”, diz Nahid Bhadelia, médica de doenças infecciosas e professora da Escola de Medicina da Universidade de Boston. “Este é um inóculo muito maior, é muito mais provável que haja muito mais vírus vivo nele, por isso é um risco maior”.

ZAP //

PARTILHAR

8 COMENTÁRIOS

  1. E vem daí o problema daquela nova mania de tocar cotovelos ou braços ou punhos. É tão bom como cumprimentar à moda antiga, apertando as mãos. Nem mais nem menos. E a razão é que temos que nos aproximar um do outro para tocar os cotovelos, por exemplo. Mas no entanto é isso que se vê por toda a parte!

    • Também se vê por toda a parte, as pessoas com as máscaras nos queixos, nas mãos, nos braços (cotovelo inclusive), mas a tapar a boca / nariz… raramente vejo…

  2. Caro ZAP, no antepenúltimo parágrafo lê-se “Quando expelimos ar, seja a respirar, tossir ou até a respirar…”.
    Penso que um “respirar” seria “espirrar” que queriam escrever.

  3. Este artigo vem ao encontro com o que eu pensava daí sempre criticar o uso de máscaras com válvula, servem para infectar os outros, caso o utilizador destas esteja infectado. Também as viseiras são protecções perigosas por se encontrarem abertas, o vírus não viaja apenas em linha recta, mas isso é coisa que os nossos legisladores não entendem, nem eles nem a PSP nem os seguidores da moda…
    Esta notícia não vai mudar nada se a lei não for corrigida e combater, pelo menos, estas duas falhas.
    É a minha opinião.

RESPONDER

Nokia vai criar para a NASA a primeira rede móvel operacional na Lua

O grupo finlandês Nokia vai fabricar para a NASA aquela que será a primeira rede móvel móvel na Lua, como parte de um projeto de base humana permanente da agência espacial norte-americana, foi esta segunda-feira …

Sarkozy acusado de "associação criminosa". Investigação sobre ligações à Líbia continua

Nicolas Sarkozy, o antigo Presidente francês, está a ser acusado de "associação criminosa" como parte de uma investigação sobre o financiamento da sua campanha presidencial de 2007, particularmente acerca dos seus alegados vínculos com o …

A última década foi a mais quente do Oceano Atlântico em três milénios

A última década foi a mais quente do Oceano Atlântico em quase três milénios, aponta uma nova investigação da Universidade de Massachusetts em Amherst, nos Estados Unidos, e da Universidade de Quebec, no Canadá. As …

NASA apresenta rover "transformer" que vai explorar os penhascos íngremes de Marte

A NASA acaba de apresentar um rover de quatro rodas, denominado DuAxel, que se pode dividir em dois rovers de duas rodas separados. O robô foi projetado para, um dia, explorar alguns dos terrenos mais …

Veneno de vespa pode ter muito "potencial" na composição de antibióticos

Com o passar dos anos, a população começa a ficar mais resistente a certos medicamentos e estes deixam de fazer efeito. Agora, uma equipa de investigadores desenvolveu novas moléculas anti-microbianas a partir do veneno de …

"Ou és infetado ou morres de fome". Trabalhadores da Amazon nas Filipinas denunciam condições precárias

Trabalhadores contratados pela empresa de segurança Ring da Amazon que trabalham em call centers nas Filipinas denunciam condições de trabalho que dizem ser precárias, mostrando-se ainda mais preocupados com a situação por causa da pandemia …

"Momento muito duro". André Almeida sofreu rotura de ligamentos e arrisca paragem longa

O futebolista internacional português André Almeida sofreu uma entorse do joelho direito, que resultou numa “rotura do ligamento cruzado anterior e do ligamento lateral interno”, informou esta segunda-feira o Benfica. O lateral dos encarnados saiu aos …

Apoio à retoma. Empresas com perdas de 25% podem reduzir horário até 33% já esta terça-feira

Empregadores com quebra de faturação igual ou superior a 25% vão poder reduzir até 33% o horário dos trabalhadores, entre outubro e dezembro, segundo a alteração ao regime de retoma progressiva de empresas em crise. O …

Chega quer tornar voto obrigatório e sanções para quem não cumprir

O deputado único do Chega entregou uma nova proposta no âmbito do projeto de revisão constitucional do partido para tornar o voto obrigatório para todos os cidadãos que o possam exercer e sanções para quem …

A Alemanha quer tornar o teletrabalho um direito legal

O Governo alemão prepara-se para publicar um projeto de lei que dará aos trabalhadores do país o direito legar de trabalhar a partir de casa. A medida aplicar-se-á a todos as atividades laborais que possam …