Afinal, Manchester City vai poder participar na Liga dos Campeões a troco de 10 milhões de euros

Peter Powell / EPA

O castigo original proibia o Manchester City de participar nas competições europeias durante dois anos. O Tribunal Arbitral do Desporto reverteu a decisão, mediante o pagamento de 10 milhões de euros.

O Tribunal Arbitral do Desporto (TAS) anulou a exclusão por dois anos das competições europeias de futebol imposta pela UEFA ao Manchester City, por violação das regras do fair-play financeiro, anunciou hoje a mais alta instância jurisdicional desportiva.

Os dados apurados pela UEFA indicam que o clube terá inflacionado falsamente as suas receitas publicitárias para escapar ao controlo do Fair Play Financeiro. As informações vieram a público no âmbito do Football Leaks e foram tornadas públicas pela Der Spiegel.

“O Manchester City não dissimulou os seus contratos de patrocínio, mas falhou em cooperar com a UEFA”, decidiu o TAS, cujo painel composto por três juízes deu provimento parcial ao recurso interposto pelo Manchester City.

O campeão inglês nas duas últimas épocas foi condenado ao pagamento de uma multa no valor de 10 milhões de euros, motivada pela falta de cooperação com a investigação da UEFA, mas conseguiu reverter a decisão mais gravosa, de exclusão das provas europeias nas próximas duas temporadas.

“Embora o Manchester City e os seus consultores jurídicos ainda não tenham analisado a decisão completa do Tribunal Arbitral do Desporto, o clube congratula-se com as implicações da decisão de hoje como uma validação da posição do clube e do conjunto de provas de que foi capaz de apresentar”, lê-se num comunicado divulgado pelo clube.

Quem não concorda com a decisão é Javier Tebas, presidente da LaLiga, que considera que o Tribunal Arbitral do Desporto (TAS) “não esteve à altura”.

“É preciso reavaliar se o TAS é a entidade mais apropriada para recorrer sobre decisões institucionais relacionadas com futebol”, referiu, citado pela BBC. “A Suíça é um país com um grande historial de arbitragem, o TAS não esteve à altura”.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Que anedota, podem violar as regras à vontade, desde que não haja “falta de cooperação”.
    Mas nem estavam a pedir muito, acho que 10 milhões de “cooperação” fica bem em conta para o City.

RESPONDER

Point Roberts tinha um pé nos EUA e outro no Canadá (mas agora não "pertence" a nenhum)

Point Roberts, em Washington, está numa posição única. Localizada na ponta da Península de Tsawwassen, a cidade fica totalmente abaixo do paralelo 49, a linha que separa o Canadá dos Estados Unidos. Agora, a cidade …

Milhares de processadores quebraram um trilião de chaves para resgatar um Zip com bitcoins

Um misterioso homem perdeu o acesso a um ficheiro Zip onde estavam encriptadas as suas chaves privadas de bitcoins. Os 300 mil dólares foram resgatados por dois especialistas em criptografia — e por muitos milhares …

Reino Unido com mais de mil novas infeções pelo quarto dia consecutivo

O Reino Unido registou mais 11 mortos e 1.441 infeções de covid-19 nas últimas 24 horas, anunciou o Ministério da Saúde britânico, que manteve restrições sobre a área metropolitana de Manchester e parte do norte …

Governo não pondera (para já) proibição de fumar ao ar livre

O Governo não está a ponderar, neste momento, proibir fumar ao ar livre como foi decretado em Espanha, mas há “muitos aspetos em aberto” que serão acompanhados, disse esta sexta-feira a ministra da Saúde, Marta …

Lotação do Avante reduzida a um terço. Visitantes terão uma "área superior à que está estabelecida para as praias"

O PCP anunciou que vai limitar a entrada na sua anual Festa do "Avante!" a um terço da capacidade total, em virtude do contexto de pandemia de covid-19. O espaço de 30 hectares das Quinta da …

Governo da Guiné Equatorial demitiu-se em bloco

O Governo da Guiné Equatorial, liderado pelo primeiro-ministro Francisco Pascual Obama Asue, apresentou a sua demissão em bloco. Em declarações aos jornalistas, o ministro da Comunicação e porta-voz do Governo em funções, Eugenio Nze Obiang, explicou …

PSP apresenta queixa contra jornal Público por causa de cartoon no "Inimigo Público"

A PSP anunciou esta sexta-feira que vai apresentar queixa contra o jornal Público pela publicação, no suplemento Inimigo Público, de um cartoon com uma figura vestida de uniforme, “aparentemente relacionado com uma ação com conotação …

Tensão no Mediterrâneo. Macron envia ajuda militar à Grécia em conflito com a Turquia

O presidente Emmanuel Macron anunciou, quarta-feira, o envio de forças francesas para o Mediterrâneo Oriental. A intenção turca de procurar petróleo e gás no fundo do mar, tem criado tensão política entre a Grécia e …

"O material escolar mais importante". Escolas já receberam verba para comprar máscaras

As escolas já receberam as verbas para comprar as máscaras que irão distribuir gratuitamente pelos alunos e funcionários e alguns estabelecimentos de ensino estão a planear ter equipamentos extra Dentro de um mês, em meados de …

Lar em Sintra com 43 utentes e 12 funcionários infetados com covid-19

Quarenta e três utentes e 12 funcionários do lar da Associação de Solidariedade e Apoio Social do Pessoal da TAP, em Sintra, testaram positivo à covid-19, disse esta sexta-feira à agência Lusa fonte da câmara …