Man United vs Benfica | Águia de calculadora na mão

O Benfica sofreu nova derrota na Liga dos Campeões (a quarta em outras tantas partidas), ao perder, por 2-0, na visita ao terreno do Manchester United.

Uma infelicidade de Svilar, que antes havia defendido uma grande penalidade, colocou os “red devils” a vencer ao intervalo, sendo que o Benfica desperdiçou uma ocasião flagrante de golo no segundo tempo, num remate ao poste de Jiménez.

A equipa inglesa acabou por sentenciar a partida aos 78 minutos, num penálti convertido por Blind, obrigando o Benfica a esperar por uma combinação improvável de resultados para poder seguir em frente na prova.

O Jogo explicado em Números

  • Bom começo da equipa do Benfica, a entrar pressionante e sem medo do “inferno” de Old Trafford. A equipa “encarnada” teve muito mais posse nos 15 minutos iniciais (63%) e maior eficácia na distribuição (88% contra 82% do adversário), mas, ainda assim, a melhor oportunidade pertenceu ao United, que desperdiçou uma grande penalidade cometida por Douglas. Svilar redimiu-se do erro cometido no jogo da Luz e defendeu o remate de Martial, impedindo o golo que, àquela altura, os casa nada tinham feito por merecer.
  • Aos 22 minutos, Diogo Gonçalves obrigou David De Gea a uma grande defesa com um remate forte e colocado de fora da área. O jovem extremo português era um dos destaques no ataque do Benfica que, aos 25 minutos, repartia os seus passes para finalização pelo camisola 84 e por quatro outros jogadores: Douglas, Pizzi, Samaris e Salvio. O Manchester United, por sua vez, ainda só tinha um passe para finalização, por Blind.
  • À entrada para os últimos 15 minutos da primeira parte, o Benfica continuava a liderar em número de remates (6-5), embora o Manchester United tivesse já por duas vezes alvejado a baliza de Svilar, enquanto De Gea levava apenas uma defesa. Ainda assim, de salientar a superioridade das “águias” em termos de posse de bola (55%-45%), eficácia de passe (86%-82%) e número de passes (160-130).
  • Ainda antes do apito do árbitro, o Manchester United chegou ao golo, num remate de Matic que foi ao poste antes de bater nas costas de Svilar, entrando caprichosamente na baliza. O guarda-redes belga acabaria por redimir-se instantes depois ao negar o golo a Lukaku, que surgira isolado depois de um mau passe de Samaris.
  •  Finda a primeira parte, era notória a forma como o Manchester United havia crescido nos últimos 15 minutos. A equipa inglesa fechou o primeiro tempo com três remates enquadrados, dois deles de ocasiões flagrantes de golo, ao passo que o Benfica não rematava à baliza desde o “tiro” de Diogo Gonçalves, aos 22 minutos.
  • Ainda assim, era de registar a igualdade entre as duas equipas em termos de posse de bola e eficácia de passe. Matic liderava os  GoalPoint Ratings ao intervalo, com nota 5.7, fruto de 32 passes certos em 38 tentativas, 42 toques, quatro recuperações e um remate bloqueado.
  • Diogo Gonçalves e Salvio partilhavam a melhor nota encarnada, 5.3, com o português a dar nas vistas com um remate enquadrado, enquanto o argentino se destacava com três dribles eficazes em cinco tentativas.
  • Começo lento da segunda parte, com a única oportunidade de golo a surgir já no final dos primeiros 15 minutos, num remate rasteiro de Diogo Gonçalves a obrigar De Gea a nova intervenção de qualidade. Apesar de não ter feito nenhum remate enquadrado neste período, o Manchester United liderava em posse (55%-45%) e eficácia na distribuição (85%-82%).
  • Raúl Jiménez desperdiçou, aos 65 minutos, a melhor oportunidade de golo do Benfica até então ao rematar ao poste depois de um passe errado de Bailly. O mexicano era, à parte de Diogo Gonçalves, o jogador “encarnado” com mais remates, três, embora apenas um deles tivesse ido à baliza.
  • O Manchester United acabaria por fazer o 2-0 aos 78 minutos, numa grande penalidade convertida por Blind. Na génese da jogada esteve Rashford que, acabando de entrar, rompeu pelo flanco esquerdo, passou por adversários e acabou por ser derrubado por Samaris.
  • Um dos factores que explicam a superioridade do Manchester United está ligado aos duelos físicos. Volvidos 85 minutos, apenas dois jogadores do Benfica tinham uma percentagem de duelos ganhos superior a 50% – eram eles Pizzi e Fejsa, ambos com 60%. Rúben Dias, por sua vez, só vencera um terço dos duelos que disputara, enquanto Jardel se ficava pelos 43% de eficácia.

O Homem do Jogo

O golo tardio, da marca de grande penalidade, coroou uma belíssima exibição de Daley Blind, que voltou a pisar terrenos que não os seus (lateral-esquerda), mas que, mesmo assim, deu perfeitamente conta do recado.

O internacional holandês acertou 44 dos seus 50 passes, dois deles para finalização, tocou na bola 83 vezes e contabilizou seis intercepções e cinco alívios. O golo, apontado no único remate à baliza que fez, elevou para 6.4 a nota de Blind, que conquistou o título de melhor em campo nos  GoalPoint Ratings.

Jogadores em foco

  • De Gea 6.3 – Exibição irrepreensível do guardião espanhol, que fez cinco defesas, duas delas a remates de dentro da área, e acertou sete dos 14 passes longos que fez.
  • Rashford 6.1 – O jovem inglês esteve 17 minutos em campo, tempo suficiente para conseguir a terceira nota mais alta da noite. Para além de ter sofrido um penálti, Rashford acertou os sete passes que fez, um deles para finalização, conseguiu três dribles eficazes e venceu quatro dos sete duelos que disputou.
  • Pizzi 5.3 – O médio português foi o autor de um passe para finalização, 67 passes eficazes (nove deles longos) e 93 toques. Pela negativa, perdeu a bola 19 vezes, o máximo da noite.
  • Sivlar 5.1 – O belga foi infeliz no lance do primeiro golo, terminando a partida com quatro defesas, uma delas com os pés, e uma saída pelo solo eficaz.
  • Samaris 3.5 – O grego teve a pior nota da noite. Para além da grande penalidade cometida, perdeu a posse 19 vezes e falhou 12 passes. Ainda assim foi, a par de Douglas, o benfiquista com mais passes para finalização (dois).

Resumo

PARTILHAR

RESPONDER

Crianças inspiram Lego a livrar-se de todas as embalagens de plástico

As peças da Lego podem acabar no oceano durante mais de mil anos, mas os fabricantes dinamarqueses estão a tentar tornar a empresa ecologicamente correta. Na sua última promessa, a Lego vai começar a usar sacos …

Uma cidade chamada "amianto" está a tentar mudar o nome (e a discussão tornou-se tóxica)

Há uma cidade no Canadá chamada Asbesto - um material de construção altamente tóxico. Os habitantes da cidade não estão felizes com este nome, mas a sua mudança também não está a ser fácil. De acordo …

FC Porto 3-1 Braga | Entrada de “dragão”

O FC Porto iniciou a defesa do título nacional com uma vitória importante sobre o Sporting de Braga por 3-1. Os minhotos marcaram primeiro no Dragão, por um ex-portista, mas os descontos do primeiro tempo foram …

Barco navega em forma de coração para agradecer aos habitantes da Nova Escócia

A escuna Bluenose II navegou de forma bastante original no último dia da temporada de 2020. A rota seguida criou a forma de um coração no porto de Lunenburg, na Nova Escócia. De acordo com o …

França bate recorde com 13.498 novos casos. Espanha não vai confinar

A França registou este sábado um recorde diário de casos de covid-19, com 13.498 novos infetados nas últimas 24 horas, anunciou a Agência Nacional de Saúde, acrescentando que, no mesmo período, morreram mais 26 pessoas. No …

Diogo Jota no Liverpool

O Liverpool oficializou hoje a contratação do futebolista internacional Diogo Jota, de 23 anos, num contrato “de longa duração”, sem especificar a duração. A imprensa inglesa tem adiantado que o jogador vai assinar por cinco épocas, …

Companhia aérea australiana oferece voos de 7 horas (para lugar nenhum)

A companhia aérea australiana Qantas anunciou recentemente planos para um voo panorâmico de sete horas que fará um loop gigante em Queensland e Gold Coast, New South Wales e os remotos centros do interior do …

Barack Obama vai publicar um livro de memórias (mas só depois da eleições de novembro)

O livro de memórias do antigo Presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, só vai ser publicado depois das eleições presidenciais de novembro. Uma enxurrada de livros políticos chegou às prateleiras nas últimas semanas, no final da …

Confrontos em Londres entre polícia e opositores das restrições devido à pandemia

A polícia de Londres, Inglaterra, entrou hoje em confronto com manifestantes que protestavam contra as restrições que visam conter a disseminação do novo coronavírus. De acordo com a agência Associated Press (AP), os confrontos ocorreram quando …

Milhares infetados por bactéria após fuga em fábrica farmacêutica chinesa

Milhares de pessoas no noroeste da China contraíram uma doença bacteriana depois de uma fuga que causou um surto numa biofarmacêutica no ano passado. De acordo com a CNN, que cita relatos dos media locais, mais …