Mais uma taróloga da SIC envolvida em polémica

Maria Helena, taróloga do programa da manhã da estação de Carnaxide, ofereceu-se para resolver problemas judiciais dos telespetadores.

Depois da SIC ter afastado Carla Duarte, por esta ter aconselhado em direto uma alegada vítima de violência doméstica a “mimar” o marido agressor, eis que surge uma nova polémica com outra taróloga.

Desta vez, segundo o Público, é a cartomante Maria Helena quem está na calha, depois de se ter oferecido para resolver os problemas judiciais dos telespetadores.

“Você tem amigos que lhe andam a querer fazer a folha? Você, que tem um problema em tribunal, não se quer defender? Então vá, ligue para mim”, disse a taróloga durante o programa da passada quinta-feira.

Tal como refere o jornal, de acordo com a legislação, um cidadão, que não seja advogado ou solicitador, e decida praticar atos próprios destas profissões pode ser punido com pena de prisão até um ano ou multado.

A pergunta que se impõe agora é se as palavras da taróloga da SIC podem ser consideradas um crime de procuradoria ilícita.

Na opinião da bastonária dos advogados, Elina Fraga, a resposta é não, no entanto, lamenta que um canal de televisão “se aproveite da vulnerabilidade das pessoas mais fracas ou desesperadas”.

“Essa senhora não vai poder representar ninguém em tribunal. Quando muito está a propalar um serviço, mas isso não é nada de novo: a bruxaria também promete resolver todos os problemas das pessoas. Outra coisa seria se ela encaminhasse os espetadores para um advogado: seria angariação ilícita de clientela”, afirmou ao jornal.

Também António Jaime Martins, Presidente do Conselho Regional de Lisboa da Ordem dos Advogados, desvaloriza o caso e pensa não ser preciso desencadear um processo, até porque “estamos apenas perante patetice aguda”, considera.

“Se se atrevesse a dar conselhos jurídicos, aí, sim, estaríamos perante o crime de procuradoria ilícita”, acrescenta o responsável.

Esta poderá ser a segunda dor de cabeça que o programa “A Vida nas Cartas – o Dilema” dá à SIC, depois da resposta dada pela taróloga, entretanto dispensada, a uma vítima de violência doméstica.

As imagens do programa foram amplamente partilhadas nas redes sociais há cerca de duas semanas, tendo motivado muitas queixas à Entidade Reguladora para a Comunicação Social.

ZAP

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Charlatanismo televisivo.
    Qual é a admiração?
    Quem vende Calcitrim também pode vender serviços de apoio juridico, vale o que vale.
    Deviam era de inventar um simbolo (como a bolinha a indicar que deve ser visto apenas por adultos) para colocar no ecran quando for charlataniçe.

  2. iiiiiiiiiiiiaté as BARRACAS CUBATAS ABANAM ahahaah ehehehe çççç, ….
    Porque será que tanta gente continuam a sofrer dos OSSOSiiii!???…. õ.õ se ja há tantos tratamentos para os OSSOS e as televisões são MILAGREIRAS iiiii pois so elas e radios e jornais e revistas etcettec cura tanta gente e nas FARMACIAS e PARAFARMACIAS na CURAM CARAGO!!??…
    iii Pois aqui e Almada no SOOMER RIBEIRO ja vende estes PRODUTOS ??.õ.õ ora meçaiiii tabem comprendo ,so nas TVs é que é oiééé venha o TOUCHÊ, na teem culpa de haver tanta gente um cadinho IGNORANTES iiiii^.^ iii em Terra de CEGOS que tem OLHO õ.õ iii (^-^) ….. yaaaa…..

    A.G.P.

  3. Isto é o autentico estrume televisivo!!
    Mais uma charlatã com espaço na tv nacional!
    Mas, se a igreja pode “vender” deus aos palermas (e nem sequer pagam impostos), estes parasitas também podem “vender” o que lhes apetece!…
    É triste ver que a SIC ainda tem conseguido descer mais baixo do que a TVI…

RESPONDER

Em 2018, a PJ estava "na penúria" e a "ponto de encerrar"

Com recados ao Governo, a Directora Nacional Adjunta da Polícia Judiciária (PJ), Luísa Proença, lamenta o desinvestimento que tem sido feito pelo poder político na força de autoridade e revela que em 2018, quando chegou …

José Seguro acusa líderes europeus de "matar lentamente" a Europa

O antigo líder socialista António José Seguro defendeu no domingo que a ambiguidade dos líderes políticos e a morosidade dos processos de decisão nas instituições da União Europeia (UE) estão "a matar, lentamente, a Europa". O …

Marcelo não se pronuncia sobre pedidos de demissão de Cabrita

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, recusou pronunciar-se sobre os pedidos de demissão de Eduardo Cabrita. Marcelo Rebelo de Sousa entende que os pedidos de demissão de ministros são "típicos da luta político-partidária" e …

TAP vai pedir a insolvência da Groundforce

Pedro Nuno Santos, ministro das Infraestruturas, disse esta segunda-feira aos representantes dos trabalhadores que a TAP vai avançar com um pedido de insolvência da Groundforce. A TAP anunciou esta segunda-feira que vai avançar, ainda hoje, com …

Ida de Luís Filipe Vieira para o Benfica "foi um pedido de várias instituições financeiras"

Luís Filipe Vieira diz que os bancos quiseram, no início dos anos 2000, que fosse para o SL Benfica devido à sua situação financeira, pois estavam interessados na sua viabilização. Aos deputados, o presidente das …

Alemanha autoriza vacina da Johnson & Johnson a menores de 60 anos

A Alemanha recomenda a vacina da Johnson & Johnson (Janssen) contra o novo coronavírus a partir dos 60 anos, mas permitirá o seu uso em pessoas abaixo desta idade após consulta médica e decisão pessoal. O …

Livatino é o primeiro juiz a ser beatificado. Foi morto pela máfia italiana

A Igreja Católica beatificou este domingo o juiz italiano Rosario Livatino, assassinado em 1990 pela máfia em Agrigento, na Sicília, Itália. Rosario Livatino, que hoje teria 69 anos, foi assassinado em 21 de setembro de 1990 …

Castelo do Drácula oferece vacinas contra a covid-19 aos visitantes

O castelo do Drácula, na Roménia, está a oferecer vacinas contra a covid-19 a todos os que o visitem. Nas ilhas Baleares, os turistas vão poder contar com um seguro de repatriamento. Segundo conta a BBC, …

Trabalho ilegal. Bloco propõe alteração à lei para criminalizar "toda a cadeia"

Catarina Martins anunciou, esta segunda-feira, que o Bloco de Esquerda quer alterar a lei de 2016 para garantir uma melhor fiscalização e condenação dos responsáveis pela exploração de trabalhadores em Portugal. Em Odemira, a coordenadora do …

Laos regista primeira morte por covid-19 desde o início da pandemia

Uma mulher de 53 anos - que tinha diabetes e outros problemas de saúde - foi a primeira vítima mortal por covid-19 em Laos, em mais de um ano de pandemia. Segundo noticiou a agência …