Portugal regista mais três mortos e 965 casos de covid. Incidência e r(t) sobem

Portugal conta mais mais 597 recuperados. A maioria dos novos casos são em Lisboa e Vale do Tejo e no Centro.

Segundo o boletim epidemiológico da DGS, Portugal registou nas últimas 24 horas mais 965 infecções pelo novo coronavírus e mais três mortes causadas pela doença.

Há também mais 15 pessoas hospitalizadas, subindo o número de internamentos pelo segundo dia consecutivo para um total de 316. Destes, 61 doentes estão nas unidades de cuidados intensivos, menos um do que ontem.

A maioria das novas infeções foi registada na região de Lisboa e Vale do Tejo (395), seguindo-se o Norte (247), Centro (201), Algarve (68), Alentejo (23), Madeira (22) e Açores (nove).

A nível dos óbitos, um ocorreu em Lisboa e Vale do Tejo, um no Norte e o terceiro ocorreu na Madeira. Já 1 037 585 pessoas recuperaram da doença, mais 597 relativamente ao último boletim da DGS.

O número de casos activos também subiu, havendo mais 365, num total de 31 243. Há também mais 111 contactos em vigilância, num total de de 21 580.

Relativamente à matriz de risco que monitoriza a evolução da situação epidemiológica no país, Portugal está cada vez mais na “zona amarela”, com subidas no r(t) e na incidência.

O índice de transmissibilidade está agora em 1,08, tanto a nível nacional, como no continente. Já a incidência de novos casos por 100 mil habitantes subiu de 92,4 para 94,8 a nível nacional e de 92,8 para 94,9 a nível continental.

  Adriana Peixoto, ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.