A maior parte dos produtos de maquilhagem está contaminada com superbactérias perigosas

Nove em cada 10 produtos cosméticos atualmente em uso estão contaminados com superbactérias potencialmente prejudiciais, incluindo E. coli e Staphylococci. Beauty blender, rímel e brilho labial são os produtos que contêm os mais altos níveis de bactérias.

De acordo com investigadores da Universidade de Aston, no Reino Unido, estas bactérias podem causar doenças graves – desde infeções de pele e conjuntivite até envenenamento do sangue – se tiverem acesso ao corpo através dos olhos, boca ou quaisquer feridas na pele do rosto. Segundo o estudo publicado em outubro na revista científica Journal of Applied Microbiology, este risco é amplificado em indivíduos com sistema imunológico comprometido.

Para chegar às suas descobertas, os cientistas estudaram a contaminação microbiana de quase 470 produtos cosméticos que foram usados ​​por um consumidor, incluindo batom, brilho labial, delineador, rímel e beauty blender.

Os resultados revelaram que entre 79 e 90% dos produtos usados estavam contaminados com as bactérias Staphylococci, E. coli e C. freundii. Enquanto isso, também foram encontrados Enterobacteriaceae e diferentes tipos de fungos em mais de um quarto dos produtos. No entanto, o estudo não determinou com que frequência a exposição às bactérias resultou numa infeção.

Os beauty blenders, que parecem esponjas, são o habitat ideal para o crescimento de bactérias, uma vez que são utilizados para aplicar produtos como base líquida e são geralmente deixados húmidos após o uso. Assim, segundo os resultados, eram os produtos que continham os níveis mais altos de bactérias.

Os altos níveis de bactérias devem-se, em grande parte, na falta de limpeza regular dos produtos ou por serem usados fora da data de validade: 93% nunca foram limpos e 64% caíram ao chão em algum momento.

“As más práticas de higiene dos consumidores quando se trata de usar maquilhagem, especialmente beauty blenders, são muito preocupantes quando consideramos que encontramos bactérias como a E.coli – que está relacionada com a contaminação fecal – a reproduzir-se nos produtos que testamos” disse Amreen Bashir, autor do estudo, em comunicado.

Além disso, nas lojas, os beauty blenders são, segundo os investigadores, uma rota para contaminação e infecção. Os produtos não são limpos regularmente e estão expostos ao meio ambiente, sendo que as pessoas podem tocar e experimentar o produto.

“É preciso fazer mais para ajudar a educar os consumidores e a indústria de maquilhagem como um todo sobre a necessidade de lavar os produtos regularmente e secá-los completamente, bem como os riscos de usar a maquilhagem além do prazo de validade”, explicou Bashir.

Este é o primeiro estudo a analisar os beauty blenders, que têm sido cada vez mais populares nos últimos anos. Em 2016, de acordo com o IFLScience, foram vendidos mais de 6,5 milhões beauty blenders em todo o mundo. Os cientistas concluem que quem usa maquilhagem pode estar a colocar-se em risco sem saber.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Pela primeira vez em 45 anos, uma casa vitoriana "flutuou" pelas ruas de San Francisco

A manhã de 21 de fevereiro em San Francisco, nos Estados Unidos, foi um pouco diferente do normal: uma casa vitoriana passou a "flutuar" pelas ruas da cidade. De acordo com o BuzzFeed News, uma equipa …

Nação Cherokee pede à Jeep que deixe de usar o nome da tribo nos seus carros

"É hora de a Jeep reconsiderar chamar os seus SUVs Cherokee e Grand Cherokee". Pela primeira vez, a tribo norte-americana Nação Cherokee pediu diretamente à Jeep para parar de usar o seu nome nos seus …

PCP quer apoios a 100% para pais "imediatamente e com efeitos retroativos"

O secretário-geral do PCP pediu ao Governo, este sábado, apoios a 100% para os trabalhadores que estão em casa com os filhos, pagos "imediatamente e com efeitos retroativos", e defendeu um plano de desconfinamento "setor …

Naufrágio grego que levava partes do Partenon está a revelar os seus segredos

A última expedição de mergulhadores ao navio grego Mentor, que naufragou perto da ilha Citera em 1802, recuperou várias peças do cordame, moedas, a sola de couro de um sapato, uma fivela de metal, uma …

Chega vai reagir "muito veementemente" na rua à tentativa de ilegalização

O líder do Chega disse, este sábado, que o partido vai responder "muito veementemente" e com "presença na rua", já em março, à tentativa de ilegalização da estrutura promovida por Ana Gomes. "Quero deixar claro aqui, …

Procura-se candidato para dormir. Site oferece 1650 euros e uma noite num resort

Este pode ser, literalmente, um emprego de sonho: fazer dinheiro enquanto se dorme, incluindo uma noite num resort de 5 estrelas. O site Sleep Standards, que se dedica a dar informação sobre pesquisas e produtos relacionados …

Catarina Martins faz apelo a Costa. "Moratórias têm de ser estendidas já"

A coordenadora do Bloco de Esquerda fez um apelo direto ao primeiro-ministro, este sábado, para que não espere que "seja tarde demais" e decida já estender as moratórias, evitando assim uma vaga de despejos e …

Toronto apresenta providência cautelar contra projeto que constrói "casas" para os sem-abrigo

Um carpinteiro canadiano decidiu construir abrigos para as pessoas que vivem nas ruas de Toronto. A autarquia considerou que são perigosos e apresentou uma providência cautelar. De acordo com a empresa de media Vice, Khaleel Seivwright, carpinteiro …

Trinta anos depois, MI6 pede desculpa por ter banido espiões gays

Richard Moore pediu desculpa " pela forma como colegas e concidadãos LGBT+ foram tratados", tendo-lhes sido negada a oportunidade de servir o país no MI6. O chefe do MI6, o serviço secreto de inteligência do Reino …

Já foram administradas 837.887 vacinas em Portugal

Um total de 837.887 vacinas contra a covid-19 foram administradas em Portugal desde 27 de dezembro, quando foi dada a primeira dose, indicou o Ministério da Saúde este sábado. Num comunicado de balanço do processo de …