Mãe e filho da Guarda detidos na Síria por pertencerem ao Daesh

FreedomHouse / Flickr

Bombardeamento em Aleppo, na Síria

Dylan Omar e a mãe, Catarina Almeida, oriundos da Guarda, encontram-se detidos na Síria, num campo para mulheres e filhos de jihadistas do Estado Islâmico, depois de terem sido capturados por forças curdas.

O Expresso apurou que o antigo guerrilheiro do Daesh, que tem 25 anos e que está actualmente numa cadeira de rodas, depois de ter sido ferido em combate, está retido num campo de detenção na Síria, juntamente com a mãe, Catarina Almeida, e com os seus filhos.

As crianças, cujas idades e número não são conhecidos, terão nascido já na Síria, para onde Dylan Omar viajou em 2014, para se juntar ao Estado Islâmico, proveniente de Trappes, uma localidade nos arredores da capital francesa, como nota o semanário.

Com o terrorista terá viajado a mãe, que está agora a cuidar dos netos no campo de detenção. A mulher terá sido radicalizada pelo companheiro de nacionalidade turca, que terá também influenciado Dylan Omar.

A família de quatro a cinco elementos foi capturada por forças curdas na Síria, mas não foram “abatidos, ao contrário de tantos outros fundamentalistas islâmicos ocidentais”, escreve o Expresso. O facto de Dylan se deslocar numa cadeira de rodas pode ter contribuído para esse cenário.

O futuro destes jihadistas capturados continua a ser uma incógnita e não há, nesta altura, nenhum tipo de protocolo “sobre como reagir ao regresso de ex-combatentes” aos seus países de origem, como nota ao Expresso José Luís Ferreira Trindade, o procurador do Ministério Público que trabalha no gabinete português da Eurojust em Haia, na Holanda.

“No que se refere às mulheres, não se pode dizer que a reacção preferencial passe apenas pela sua desradicalização, podendo antecipar-se a necessidade de submetê-las igualmente a reacções penais que passem pelo encarceramento”, frisa Ferreira Trindade.

Já quanto aos ex-combatentes “estão sujeitos a investigação de natureza criminal e eventuais condenações”, “mas não é possível afirmar que todos serão condenados com penas de prisão efectivas”, refere. Tudo dependerá do treino militar que receberam e do envolvimento que tiveram nas acções do Daesh, o que poderá ser complicado de apurar.

Mas há ainda que considerar as crianças que nasceram no seio do “califado” implementado pelo grupo terrorista. Algumas receberam treino militar e estiveram envolvidas em degolações, o que levanta muitos problemas em termos de reintegração.

  ZAP //

PARTILHAR

18 COMENTÁRIOS

  1. Pois que não venham para cá e que sejam sujeitos ao mesmo sofrimento que causaram aos outros. O ditado já é antigo: “Qem luta pela espada, morre pela espada!”

  2. Nao tenho nada contra em dar um tratamento adequado a quem cometeu crimes horrendos, mas tem que haver imparcialidade, tanto na captura e castigo a conbatentes do EI, como aos soldados americanos cometeram tantas ou mais atrocidades que o proprio EI. A lei e a justiça deve ser aplicada com peso e medida, se uns merecem a prisao e a morte, os outros também. A lei e a justiça nao podem ser cegas nem parciais. Qual a diferença entre os crimes do EI, e as atrocidades em abu grahbi, ns prisoes secretas dos eua espalhadas pelo mundo, pelo waterboarding, pelos assassinatos cometidos em civis nas suas casas, quando soldados amricanos entravam por elas dentro a disparar e só depois de todo o mundo morto é que perguntavam se estava alguemn e casa, pelo heli que no iraque disparava contra civis numa carrinha, e os pilotos diziam entre si que estavam a praticar tiro aos patos??????justiça para todos e nao só para alguns.

    • Esta “portuguesa” não foi vitima dos Estados Unidos. E se a senhora continua envenenada com o vírus do ISIS? Quer tê-la como vizinha?

  3. Como pode haver gente tão cruel para sujeitar os próprios filhos a semelhantes “experiências” ??
    Se quiseram ir para o inferno e matar outras pessoas, agora cumpram o castigo …
    Não há desradicalização alguma para essa gente.

  4. Deixem estar, a frança ira busca-los e fara todo o possivel para os receber e dar-lhes tudo o que precisam… é um pais tao generoso, nao é!

  5. Pelo amor à vida chamem tudo a esses merdas menos “ex combatentes”
    Combateram o quê?! Lutaram pelo bem?! Eles que se lixam não os queremos cá em Portugal. Gente lixo.

RESPONDER

Entre "bomba atómica" e "cozinhado" de última hora, Marcelo recebeu Rangel (para irritação de Rio)

O Presidente da República recebeu Paulo Rangel numa altura em que tenta ainda "cozinhar" um entendimento de última hora para aprovação do Orçamento de Estado para 2022, de modo a evitar a "bomba atómica" da …

Sarabia (2E) do Sporting disputa a bola com Ricielli (2D) do Famalicão durante jogo da Taça da Liga

Sporting 2-1 Famalicão | Leões roubaram a bola e não deram hipóteses

O Sporting venceu o Famalicão 2-1, em jogo do grupo B da Taça da Liga, no qual, apesar da diferença mínima, não deu hipóteses ao adversário e controlou-o desde o primeiro ao último minuto. Finalmente Rúben …

Cidade australiana está a dar terrenos de graça para atrair novos moradores

Uma cidade em Queensland, na Austrália, está a doar terrenos numa tentativa de aumentar a sua população de apenas 800 pessoas. Em declarações ao site news.com.au, as autoridades da cidade australiana de Quilpie explicaram que estão …

Princesa Mako e o marido Komuro Kei

Entre escândalos na imprensa e stress pós-traumático, nada deteve o amor da Princesa Mako pelo plebeu Kei Komuro

A monarca japonesa vai abandonar a vida real e viver nos EUA com o marido, um advogado plebeu que conheceu em 2012 na Universidade. A imprensa tem escrutinado a vida de Komuro Kei, que consideram …

Depressão: o relato de Vanessa Fernandes

Escrava do seu sucesso, a vencedora de uma medalha nos Jogos Olímpicos confessa que teria ficado destruída, caso não tivesse pedido ajuda. A ideia era sempre "ganhar e ser a melhor" mas, nos bastidores, Vanessa Fernandes …

Squid Game. Coreia do Norte ataca Coreia do Sul com base no novo sucesso da Netflix

A série "Squid Game", que é a mais vista de sempre na Netflix, tornou-se tão popular que nem a Coreia do Norte ficou indiferente — mas por maus motivos. Enquanto a série sul-coreana tem conquistado espectadores …

O jogador do Santa Clara, Chindris, festeja um golo contra o FC Porto

Santa Clara 3-1 FC Porto | Eficácia atira dragões para fora da Taça da Liga

O Santa Clara recebeu e venceu hoje o FC Porto por 3-1, atirando os portistas para fora da Taça da Liga, num jogo em que a eficácia açoriana fez a diferença. Os golos do triunfo açoriano …

O Presidente do Governo Regional da Madeira, Miguel Albuquerque

Albuquerque mostrou-se disponível para negociar o OE, mas Rio diz que "a Madeira não está à venda"

O presidente do Governo Regional da Madeira, Miguel Albuquerque, manifestou hoje disponibilidade para conversar com o Governo sobre o OE, mas Rui Rio garantiu que os deputados madeirenses não vão contrariar o partido. “Se for para …

Golpe de Estado no Sudão. Confrontos nas ruas causam sete mortos e 140 feridos

Milhares de sudaneses têm saído às ruas para protestarem a tomada do poder pelos militares. A comunidade internacional tem sido unânime na condenação ao golpe de Estado. Na sequência do golpe de Estado de segunda-feira, os …

Amnistia Internacional pede que EUA retirem acusações a Assange e a Londres que evite extraditá-lo

A Amnistia Internacional (AI) pediu aos Estados Unidos que retirem as acusações contra o fundador da Wikileaks, Julian Assange, e ao Reino Unido que evite extraditá-lo, pedido feito hoje antes do início, quarta-feira, de nova …