Madeira vai fazer vacinação massiva de pessoas ligadas ao turismo

A Madeira vai avançar na quinta-feira com a vacinação massiva de pessoas ligadas ao turismo porque as “perspetivas” são que a situação “comece a correr bem” em Junho para a região, disse esta quarta-feira o presidente do Governo Regional.

“Vamos fazer um esforço monumental no sentido de, ao longo deste mês, fazermos uma vacinação intensiva do pessoal ligado à hotelaria, animação turística, restauração, táxis, transportes”, declarou Miguel Albuquerque à margem da visita que efetuou ao Jardim Botânico da Madeira, que foi alvo de investimentos.

O chefe do executivo madeirense de coligação PSD/CDS adiantou que este processo, que vai começar “pelo pessoal da linha da frente” do sector, deve “abranger mais de 40 mil pessoas”, enunciando que cerca de 20 mil estão ligadas à hotelaria e restauração.

Um dos primeiros segmentos a ser vacinado será os carreiros do Monte, os homens que deslizam com os tradicionais carros de cesto, um dos principais atrativos turísticos da Madeira, que reiniciaram esta semana a sua atividade.

“Temos de aguardar a decisão que o Reino Unido vai tomar em junho, mas as perspetivas [do turismo] é que comece a correr bem para a Madeira” nesse mês, apontou o governante insular.

Questionado sobre a possibilidade de alargamento das medidas restritivas delineadas para combater a pandemia da covid-19, considerou as que foram tomadas em 26 de abril e entraram em vigor às 00h de 2 de Maio, têm corrido bem e que os “empresários e a população estão a cumprir” as regras definidas.

“Se continuarmos assim temos hipótese de ir melhorando a situação de restrição”, sublinhou, ressalvando ser necessário aguardar os resultados de dois ciclos de incubação (14 dias).

O Governo da Madeira anunciou em 26 de abril alargar o recolher obrigatório para o período entre as 23h e as 05h, incluindo aos fins-de-semana, a partir das 00h de 2 de maio.

Antes, a medida vigorava na região entre as 19h e as 5h durante a semana e entre as 18h e as 5h aos fins-de-semana e feriados.

Na altura, anunciou também que “residentes, estudantes e emigrantes – que entram na região por via aérea – mantêm a dupla testagem ao quinto dia, suspendendo-se a necessidade de isolamento profilático entre os dois testes”.

Os restaurantes e bares passaram a poder estar abertos até às 22h com uma lotação até 50%, com cinco pessoas por mesa, não sendo permitido nos bares “beber ao balcão ou de pé”.

Antes, a restauração, tal como as outras atividades comerciais, encerravam durante a semana às 18h e aos fins-de-semana às 17h, sendo que o horário de entrega de refeições ao domicílio decorre até às 22h, todos os dias.

Em relação a festas de casamentos e batizados, o Governo Regional impôs que a ocupação dos recintos corresponda a 50% da sua capacidade, medida também aplicada aos supermercados e lojas comerciais, bem como aos ginásios, onde passam a ser permitidas aulas de grupo no interior até cinco pessoas.

Por outro lado, os veículos utilizados em atividades de turismo passaram a poder transportar 100% da sua lotação, caso todos os ocupantes tenham sido vacinados ou sejam recuperados da doença covid-19, regra que também se aplica aos operadores marítimo-turísticos.

Em caso contrário, permanece o limite de dois terços da capacidade.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Os planetas formam-se em sopas orgânicas — e não há duas iguais

Uma série de novas imagens revela que os planetas formam-se em sopas orgânicas — e não há duas sopas iguais. Astrónomos mapearam os produtos químicos dentro dos berços planetários com detalhe extraordinário. Os mapas revelam a …

O Hawaii quer remover a sua "escadaria para o paraíso" - e a culpa é dos turistas

Em causa estão preocupações com a segurança e vandalismo, que têm aumentado com a explosão de popularidade da escadaria Ha‘ikū nas redes sociais. É caso para dizer que a Stairway to Heaven vai para o inferno …

Inventou o ZX Spectrum e mudou o mundo. Morreu Clive Sinclair

O empresário britânico e inventor do computador doméstico ZX Spectrum, Clive Sinclair, morreu hoje aos 81 anos na sua casa, em Londres (Reino Unido), devido a doença prolongada, informou a filha ao jornal “The Guardian”. Morreu …

Esta torre construída na Suécia não é gigante em altura, mas em sustentabilidade

Para além de ser feito de um material sustentável — fornecido por florestas locais com gestão consciente e transformado por uma serração nas proximidades, o Centro Cultural dispõe de múltiplas tecnologias que fazem dele mais …

Empresa canadiana debaixo de fogo por publicar anúncios de emprego destinados a não vacinados

Uma empresa de canoagem, sediada no Canadá, está debaixo de fogo depois de ter colocado anúncios de emprego destinados, exclusivamente, a pessoas não vacinadas contra a covid-19. "Por favor, NÃO se candidate se tiver tomado quaisquer …

Disparam ataques a jornalistas. Bruxelas insta países da UE a aumentar proteção

Os países da União Europeia (UE) foram instados por Bruxelas a tomar medidas para proteger os jornalistas, após um aumento no número de ataques a membros da imprensa. A Comissão Europeia exortou os governos a criarem …

Facebook e Google criticados por anúncios de "reversão do aborto"

O Facebook já veiculou anúncios de "reversão do aborto" 18,4 milhões de vezes desde janeiro de 2020, de acordo com um relatório do Center for Countering Digital Hate (CCDH), promovendo um procedimento "não comprovado, antiético" …

Líder militar dos EUA temeu que Trump iniciasse guerra nuclear com a China - e chegou a ligar aos chineses

As revelações aparecem em Peril, o novo livro de Bob Woodward e Robert Costa sobre os bastidores da Casa Branca. Trump já respondeu. O General Mark Milley, o chefe do Estado-Maior das Forças Armadas dos EUA, …

França suspende 3.000 profissionais de saúde que recusaram vacina contra covid-19

A França suspendeu 3.000 profissionais de saúde sem remuneração por se recusarem a tomar a vacina contra a covid-19, revelou o ministro responsável pela pasta, Olivier Véran. Segundo Véran, citado esta quinta-feira pelo Guardian, "várias dezenas" …

Austrália, Reino Unido e EUA assinam pacto de defesa para conter China

A Austrália, os Estados Unidos (EUA) e o Reino Unido anunciaram o "Pacto de Aukus", que visa frente às pretensões territoriais da China no Indo-Pacífico e envolverá a construção de uma frota de submarinos com …