Madeira acusa Costa de não cumprir promessa de 30 milhões

Gregório Cunha / EPA

O Governo regional da Madeira acusa o executivo de António Costa de não cumprir promessas no valor de 30,5 milhões de euros, revelando que o Governo travou o apoio financeiros às áreas ardidas no incêndio de 2016.

São 30,5 milhões de promessas por cumprir. O Governo da Madeira acusa o Governo de António Costa de não libertar as verbas prometidas para recuperar as áreas ardidas para colmatar os graves incêndios que atingiram a região, de acordo com, a notícia avançada pela Rádio Renascença.

O Governo regional sustenta a acusação através de uma carta assinada pelo Ministro do ambiente, datada de 8 de novembro de 2016, na qual é assegurado o reforço financeiro de mais de 30 milhões de euros do Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos (PO SEUR).

No documento a que a RR teve acesso, João Matos Fernandes assegura terem sido apuradas necessidades de intervenção “em diversos domínios para a redução de riscos, como limpeza e consolidação de escarpas/taludes”, e ainda a reposição de equipamentos de combate às chamas. Cenário que, de acordo com a missiva, determinou a publicação de dois avisos convite pelo PO SEUR no montante de 30,5 milhões.

Dois anos depois, zero

Pedro Bettencourt Calado, vice-presidente do governo regional da Madeira, lamenta que, quase 2 anos depois, a promessa não tenha sido cumprida, sobretudo no momento em que está a ser debatida a reprogramação de fundos comunitários. Razão pela qual, diz  “a Madeira teve de votar contra porque não foi contemplada qualquer verba”.

De acordo com o vice-presidente, a situação assume contornos de maior gravidade uma vez que vários projetos foram já iniciados e, sem dinheiro,“vão ter de ficar parados”, explicou em declarações à RR.

A reclamação do governo regional seguiu por carta a 21 de maio deste ano. A missiva descreve com pormenor todos os investimentos iniciados mas que estão sob ameaça de suspensão em resultado da falta de financiamento.

A região autónoma pede a Lisboa “atenção especial” e solicita a “reposição imediata” dos mais de 30 milhões. Contudo, o vice-presidente do executivo madeirense diz ter recebido como resposta a “indisponibilidade de verbas, sem mais justificação”.

Bettencourt Calado relembra ainda que o período eleitoral se aproxima, sublinhando que no mais recente congresso socialista, António Costa definiu como grande prioridade ter “mais ambição e vencer as eleições na Madeira”.

ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. 30 milhões aqui, uma ala pediátrica ali, um tempo não contabilizado acolá, umas não contratações acoli, etc. É um pássaro, é um avião, é o Sócrates, não… É o costinha e os quarenta ladrões.

  2. E depois dizem que atingem sempre o défice. Pudera: roubalheira num ministério, roubalheira noutro ministério e mais noutro…e mais noutro. É um Portugal de mínimos, espremido até ao tutano. Afinal aonde aonde é que está o prometido ciclo de vida nova ! Afinal, continua velha como dantes ou a piorar a cada dia que passa.

RESPONDER

Confrontos na Catalunha. PSOE desce e extrema-direita sobe nas intenções de voto

Segundo uma sondagem para o espanhol El Mundo, os socialistas ficariam com 121 deputados e 27% dos votos. O PP cresce e o Vox pode passar a terceira força política. De acordo com uma sondagem publicada …

Hackers bloquearam mais de 30 organismos públicos em 2019

Desde o início deste ano, mais de 30 organismos públicos foram alvo de ataques informáticos, escreve o Jornal de Notícias esta terça-feira. De acordo com o diário, os hackers atacam sistemas informáticos de câmaras municipais, juntas de …

Liderança da bancada do PSD: Negrão quis sair, Rio é "boa solução" a curto prazo

Fernando Negrão, que no último ano e meio liderou a bancada parlamentar do PSD, admitiu esta terça-feira não estava disponível para continuar no cargo. "Não estava disponível [para continuar à frente da bancada] porque foi …

José Maria Ricciardi diz que está disponível para "erguer o Sporting"

José Maria Ricciardi, um dos candidatos nas eleições de setembro de 2018, anunciou através das redes sociais que está disponível para "erguer o Sporting". Na página do Facebook "Ricciardi - Erguer o Sporting", José Maria Ricciardi …

Boris Johnson volta aos Comuns para aprovar Brexit em tempo recorde e sair dia 31 de outubro

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, vai tentar esta terça-feira aprovar a legislação necessária para poder garantir que o Reino Unido sai da União Europeia no dia 31 de outubro quer haja ou não consenso na …

Líbano. Governo corta metade dos salários de políticos em resposta aos protestos

Ao quinto dia de manifestações, o governo libanês respondeu com a aprovação de um pacote de emergência de reformas económicas que deixa cair a introdução de novos impostos e passa pela redução do défice. O primeiro-ministro …

Caso Griezmann. Barcelona paga 15 milhões pelo silêncio do Atlético (e fica com benefício futuro)

Escreve o jornal espanhol El Mundo que Barcelona e Atlético de Madrid já chegaram a acordo no "caso Griezmann". O clube catalão pagou 15 milhões de euros pelo silêncio dos colchoneros, ficando ainda com benefício …

Professor detido depois de ser acusado de agredir aluno “com enorme violência”

Um aluno do 8.º ano da Escola Secundária Rainha Dona Leonor, em Alvalade, em Lisboa, terá sido esta segunda-feira agredido por um professor durante uma aula. Segundo o relato da Associação de Encarregados de Educação dos …

Gabinetes dos novos membros do Governo custam 71 milhões de euros

O novo Governo terá 70 gabinetes no total, que representarão uma despesa anual de, pelo menos, 71 milhões de euros aos cofres públicos, mais sete milhões de euros do que o último. O primeiro-ministro, António Costa, …

Fim do cessar fogo na Síria. Turquia ameaça que milicianos curdos no terreno serão abatidos

O período de cessar-fogo de 120 horas acordado entre a Turquia e os Estados Unidos (EUA) para permitir que as milícias curdas saiam do nordeste da Síria termina esta terça-feira, pelas 19:00 (20:00 em Lisboa), …