Comer maçãs pode ajudar a estimular a produção de novos neurónios

“Uma maça por dia, nem sabe o bem que lhe fazia”. Afinal, o velho ditado pode estar certo. Uma equipa de cientistas realizou um estudo em ratos e percebeu que os químicos presentes nesta fruta auxiliam na neurogénese e protegem contra a morte celular.

Como refere o ABC, além da sabedoria popular, existem muitos estudos que apontam para os benefícios das maçãs, mas agora a ciência vem corroborar os mitos.

Os compostos naturais encontrados no “fruto proibido” podem ajudar a estimular a produção de novos neurónios, o que pode ter implicações na aprendizagem e na memória, indica o estudo publicado na revista Stem Cell Reports.

Estudos realizados anteriormente já tinham demonstrado que fitonutrientes vegetais como o resveratrol (que é encontrado nas uvas vermelhas) ou a epigalocatequina (presente no chá verde) podem ter efeitos positivos em diferentes partes do corpo, incluindo no cérebro.

Agora, os investigadores Tara Louise Walker e Gerd Kempermann descobriram que as altas concentrações de fitonutrientes nas maçãs estimulam a geração de novas células cerebrais, um processo chamado neurogénese.

Para chegar a esta conclusão, a equipa cultivou células-tronco cerebrais de ratos em laboratório, às quais foram adicionados quercetina ou ácido diidroxibezóico (DHBA), fitonutrientes comummente encontrados em maçãs.

Desta forma a equipa observou que os cérebros dos ratos começaram a gerar mais neurónios e que também estavam mais protegidos contra a morte celular.

Outros testes realizados posteriormente mostraram que em diferentes estruturas do cérebro adulto dos ratos, associadas à aprendizagem e à memória, as células-tronco multiplicaram-se e geraram mais neurónios quando os animais receberam altas doses de quercetina.

No estudo, os efeitos na neurogénese foram comparáveis ​​aos observados após o exercício físico – conhecido por também ajudar a formar novos neurónios.

“Este estudo sugere que compostos de ocorrência natural em frutas, como quercetina, DHBA e, potencialmente, outros, podem agir para promover a neurogénese e a função cerebral quando administrados em altas concentrações”, afirmam os investigadores.

Ainda assim, os cientistas realçam que são necessários mais estudos para provar que esses fitonutrientes podem ajudar a melhorar a aprendizagem e a função cognitiva noutros animais, incluindo em humanos.

Ana Isabel Moura, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Alemanha. Funcionário de posto de combustível abatido a tiro por cliente que se recusou a usar máscara

Um homem de 49 anos matou um funcionário de um posto de combustível na Alemanha, após tentar comprar cerveja sem utilizar a máscara. No país, o uso deste equipamento de proteção é obrigatório para entrar …

Um violino gigante flutuou no Grande Canal de Veneza (ao som de Vivaldi)

No passado fim de semana, um violino gigante, com quase 12 metros de comprimento, desceu o Grande Canal de Veneza. A bordo estava um quarteto de cordas, que tocou Four Seasons de Vivaldi. O Noah's Violin …

Assembleia de credores aprova recuperação da Groundforce

Esta quarta-feira, os credores da Groundforce aprovaram a recuperação da empresa. Em causa está uma dívida de 154 milhões de euros. Os credores da Groundforce, reunidos esta quarta-feira em assembleia de credores, no tribunal de Monsanto, …

Europeus acreditam numa "guerra fria" entre os EUA e a China e Rússia

A maioria dos cidadãos da União Europeia (UE), 62%, considera que os Estados Unidos (EUA), com apoio das instituições comunitárias, estão numa nova "guerra fria" com a China, mas recusam envolvimento nacional, revelou um inquérito …

Desenho de Van Gogh esteve guardado mais de 100 anos. Agora, é exibido pela primeira vez

O Museu de Amesterdão, nos Países Baixos, ganhou um novo inquilino: Study for 'Worn Out', um desenho recém-descoberto de Vincent van Gogh. O holandês Vincent van Gogh ainda continua a impressionar o mundo inteiro com a …

No Afeganistão, as professoras estão prontas para desafiar o regime talibã

No Afeganistão, as professoras estão prontas para desafiar o regime talibã, com receio de que os avanços dos últimos 20 anos tenham sido conquistados em vão. A Vice falou com algumas professoras afegãs que garantem continuar …

Apenas um terço das crianças em 91 países tem acesso a uma alimentação adequada, alerta UNICEF

Apenas um terço das crianças com menos de dois anos em 91 países em desenvolvimento têm acesso aos alimentos que necessitam para um crescimento saudável, revelou um relatório da UNICEF, apontando que nenhum progresso foi …

Preços das casas voltaram a aumentar no segundo trimestre

Entre abril e junho, o índice de Preços da Habitação (IPHab) cresceu 6,6% em termos homólogos. A revelação foi feita esta quarta-feira pelo Instituto Nacional de Estatística (INE). O Índice de Preços da Habitação (IPHab) cresceu …

China anuncia fim de novas centrais a carvão no estrangeiro

Segundo os especialistas, o impacto da medida deverá depender da forma como será implementada, podendo ter um grande impacto na luta contra as alterações climáticas. Num anúncio bem recebido por ativistas e organizações ambientes, a China …

Roménia vai distribuir €200 mil a quem tiver vacinação completa contra a covid-19

A Roménia anunciou uma "lotaria de vacinação" que distribuirá prémios de até 200.000 euros entre aqueles que tiverem a vacinação completa, na tentativa de elevar a taxa de imunização, a segunda mais baixa da União …